Fernando Machado

Blog

Tag restaurante

Anotações do Cotidiano

No próximo dia 23, entre 13 e 19h, será realizada a feijoada do Famiglia Giuliano. O bufê completo de feijoada + sobremesas + open bar de cerveja, caipirinha, caipirosca, batidas, água e refrigerante. O ingresso é o abadá, cujo primeiro lote é 185 reais. As vendas antecipadas no local restaurante. As atrações são Letícia Bastos, Escola de Samba Preto Velho e o DJ Korossy. A decoração é de Romildo Alves. Quem me informa é Tânia Konrad.

Rosa Maria e Beto Normal (Foto: Divulgação)

Amanhã, às 14h, o estilista Beto Normal lançará sua coleção no restaurante Tempero da Rosa, no Hotel Central, na Boa Vista. Batizada de Estou me guardando para quando o carnaval chegar, nome do documentário de Marcelo Gomes que participa do Festival de Berlim, a coleção aposta em peças que podem ser usadas no carnaval ou não. Na programação, muita música, drinques e quitutes preparados pela chef Rosa Maria, a dona da casa.

No Oleiro: Os Dois Nordestes

Rodrigo Oliveira, João Alberto e Claudemir Barros (Foto: Fernando Machado)

Milena e Manoel Ferreira (Foto: Fernando Machado)

O restaurante Oleiro Cozinha Artesanal, em Parnamirim, recebeu ontem, o festival gastronômico Os Dois Nordestes, sob o comando dos chefs Claudemir Barros e Rodrigo Oliveira, comemorando cinco meses daquele restaurante. O Chef convidado foi Rodrigo Oliveira, dono do Mocotó Restaurante, em São Paulo. Ele é paulista filho de pernambucano e o maior representante da cozinha pernambucana fora dos limites de Pernambuco.

Ed Machado, Carolina Laranjeiras e Bruno Albertim (Foto: Fernando Machado)

Erika Lacet e Duca Lapenda (Foto: Fernando Machado)

O Secretário de Cultura Gilberto Freyre Neto (Foto: Fernando Machado)

Quando foi anunciado este encontro de gastronomia as reservas se esgotaram em dois dias. O cardápio era de a gente comer rezando para Nossa Senhora Aparecida. Rodrigo apresentou dadinhos de tapioca com grãos e macadâmia, molho apimentado de manga e ceviche de peixe do dia, leite de umbu e coco fresco. Claudemir mostrou um mini carpaccio de brüllée de queijo de coalho defumado e mini chambaril vegetariano à base de caju.

Raissa Maciel, Gustavo Belarmino e Marina Simões (Foto: Fernando Machado)

Saburó e Katharina Matsumoto (Foto: Fernando Machado)

Sofia Mota e Claudemir Gomes (Foto: Fernando Machado)

Tivemos como entrada salpicão de siri, purê de mandioquinha defumada. Os pratos principais foram 2. Peixe recheado com camarão na palha, vatapá de jerimum e farofa de amendoim by o chef Claudemir Barros. E carne de sol artesanal, baião de dois cremoso pelo chef Rodrigo Oliveira. A sobremesa foi grifada pelo chef Rodrigo Oliveira e constou de frutas amarelas (crme de pequi, sorbet de butiá, compota de maracujá).  Informação importante: A executiva Sheila Wanderley passa essa semana em Brasília em reuniões com o Governo Federal. Mais poder impossível.

Thiago Vita e Silvia Lafayette (Foto: Fernando Machado)

Wanessa Lins e Wagner Ramos (Foto: Fernando Machado)

Aura lança Cardápio

Amanhã o restaurante Aura, localizado na Avenida Herculano Bandeira, 287, no Pina, estará lançando seu novo cardápio grifado pelo chef Julio Prouvot. O local é aconchegante e a comida é de fazer inveja a Marcus Gavius Apicius, um gourmet romano amante do luxo e refinado. Pois bem, no Aura, de FernandoOtávio Bandeira de Melo, dois executivos educados e vitoriosos.

Otavio Bandeira de Melo, Julio Prouvot e Fernando Bandeira de Melo (Foto: Fernando Machado)

Ontem eu tive o prazer de degustar o menu que será oficialmente apresentado amanhã por Prouvot. Os pratos têm a técnica francesa como base, mas também passeiam pelos ingredientes pernambucanos e, como disse, aquele toque apiciano. O Aura tem 60 lugares, abre para almoço de terça-feira até domingo e para jantar de terça-feira a sábado.

Edgard Homem, Wanessa Campos, Julio Prouvot e Mariana Moreira (Foto: Fernando Machado)

Degustamos o camarão rosa orgânico, falafel (origem árabe), steak tartare (carne crua picada na ponta da faca), aratu com brandade de mandioquinha e sagu crocante com páprica. Também foi servido um refrescante ceviche de peixe fresco, moqueca de guarajuba acompanhada de pirão e arroz com nozes. Inesquecível é o fettuccine artesenal com mariscos e agulhinha frita e o filé ao poivre com nhoque puxado na manteiga de tomilho.

O Chef Julio Prouvot (Foto: Fernando Bandeira de Melo)

A comida é servida em pratos de porcelana e de cerâmica, cujo mix dá aquele toque de refinamento. As sobremesas também são magníficas. Prove o fondant de chocolate com sorvete, terrine de chocolate com  avelã, torta espanhola de queijos, pão-de-ló com recheio de chocolate e sorvete de queijo do reino. Fernando, Otávio e Julio eu sai do Aura com aquele gostinho de quero mais.

 

Anotações do Cotidiano

O restaurante Tempero da Rosa, localizado Hotel Central, na Boa Vista, será repaginado pelas arquitetas Daniela Dambros e Patrícia Cretton. “Vamos recuperar, resgatar a história de parte desse edifício tão querido dos pernambucanos”, diz Daniela. Para quem não conhece, o Tempero da Rosa de Rosa Maria, serve uma culinária pernambucana de raiz. Anote: as quartas têm peixada e nas quintas cozido com pirão de costela. Rosa, a proprietária, cozinha há, apenas, 40 anos.

Daniel Dambros observando como será o novo vizoo ao lado de Rosa Maria (Foto: Divulgação)

Sábado a Ca’dore Comida Descomplicada comemorou seu aniversário de dois anos e para tornar o dia ainda mais especial, a primeira vila gastronômica de Curitiba preparou uma festa com diversas atrações. Para compartilhar a felicidade deste grande dia, a Ca’dore promoveu uma ação com pratos e outros produtos em dobro para os clientes aproveitarem o dia da melhor forma e com o melhor da gastronomia descomplicada. A animação ficou por conta das bandas Old Roosters e Tiago Martins Dui.