Fernando Machado

Blog

Tag restaurante

Parabéns, Therezinha Monte!

Ana Bentes, Therezinha Montre e Haroldo Costa (Foto: Divulgação)

Segunda-feira, à noite, aconteceu o lançamento do livro Alma de Cabrocha – uma autobiografia Cheia de Samba de Therezinha Monte. A obra revela os bastidores das escolas de samba, em especial a Unidos do Cambuçu, que a jornalista Therezinha presidiu por 16 anos. A movimentada noite de autógrafos aconteceu no restaurante Fiorentina, no Leme. Além do lançamento  Therezinha comemorou seu aniversário.

Maria Pompeu, Gilberto Scofield e Fátima Martins (Fotos: Divulgação)

Os tradicionais parabéns para você foi puxado por Isabelita dos Patins, com Confete, Confete, Confete. Claro que não faltou corte de bolo. Entre os que foram prestigiar a Dama de Ferro da Unidos do Cabuçu, destacariamos Duh Moraes, Maria Pompeu, Haroldo Costa, Maria Augusta, Mauríio Mattos, Anna Bentes, Hamilton Vaz Pereira,Thereza Mayo, Monique Lafond, Marica Tiburi e Sérgio e Costa Silva.

Monique Lafond, Fernando Resky e Therezinha Monte (Fotos: Divulgação)

O Oleiro aterrissa em Parnamrim

Rivandro França, Sofia Mota, Claudemir Barros e Manoel Fernandes (Foto: Fernando Machado)

Parnamrim tem agora um restaurante de comidas regionais chique. Estamos nos referindo ao Oleiro Cozinha Artesanal, dos chefs Claudemir Barros e Tiago Vita, além do executivo Manoel Fernandes. O local é muito bonito e o destaque na decoração são peças de barros de vários artistas de Caruaru, Olinda, Tracunhaém para citar apenas estas cidades. O Oleiro tem projeto da arquiteta Milena Fernandes.

Sheila Wanderley e João Alberto Sobral (Foto: Fernando Machado)

Tudo é servido em cumbuca de barro. Sem dúvida um requinte. O cardápio é de a gente comer de joelhos. Como entrada, temos tartar de atum de sol, carpaccio brûlée de queijo de coalho defumado, dadinho de batata doce, cogumelos gratinados com castanha de caju e pães artesanais, polvo com umbu e couve flor acompanhado de farofa de cebola roxa e camarão com vinagrete de caju, maxixe, xuxu, e chips de batata doce.

Augusto e Cacau Acioli (Foto: Fernando Machado)

Nos pratos principais estão, entre outros, salada de carpaccio de beterraba, queijo de cabra, geléia de cajá e folhas verdes; salada de camarão com espaguete de legumes, pupunha e manga, azeite de maracujá, castanhas do Pará e folhas; peixe do dia recheado com camarão grelhado na palha, vatapá de jerimum e farofa de amendoim, sinfonia do mar ao coco com arroz sertanejo, ossobuco cozido lentamente no próprio molho, purê de fruta pão e chá verde.

O sommelier Otoniel Abílio (Foto: Fernando Machado)

As sobremesas são grifadas pela Chef Sofia Mota e consta de torta de banana nanica com sorvete, brûlée de caju na cumbuca de barro, Romeu e Julieta, bolo de bacia quebra-queixo e sorvete de limão com cana caiana, além de creme de cupuaçu, suspiro de chocolate com café, castanha do Pará e café torrado. O espaço cabe 75 pessoas. O importante não tem música alta e então os freqüentadores podem conversar animadamente.

De volta para o passado

Há 95 anos, nascia em Pernambuco, o executivo Hilton Cunha, que morreu no dia 6 de fevereiro de 1998.

Há 75 anos, a executiva Lola Maddack Pinho Oliveira, inaugurava na Rua da Aurora, o restaurante Silver Star.

Há 55 anos, acontecia um crime que mexeu com o Recife. O bancário José Bonifácio Xavier, o Boni, de 20 anos, era assassinado no Edf. California, por Nelson, com 25 peixeiradas. O soldado do 14 RI, Jammerson José Fraga (Fiusa) estava envolvido no assassinado.

Há 30 anos, morria em Portugal, o cantor Francisco José, que nasceu no dia 16 de agosto de 1924.

Há 25 anos, morria em Pernambuco, Walter Rachid Elias, que nasceu no dia 28 de fevereiro de 1985.

Há 20 aos, morria em Pernambuco, o delegado Djair Lopes Diniz, que nasceu no dia 11 de novembro de 1944.

Há 15 anos, morria em Pernambuco, a jornalista Alba Lucia Bradley.

Há 15 anos, morria em Pernambuco, o dentista Edson da Silva Neto, que nasceu no dia 28 de abril de 1928.

Há 15 anos, morria em Minas Gerais, o jogador Bigode (João Ferreira), que nasceu no dia 4 de abril de 1922.

Parabéns, Isabelita dos Patins!

Isabelita dos Patins diante da torta (Foto: Rodrigo Fidalgo)

O restaurante Capelinha, em Vila Isabel, no Rio de Janeiro, terça-feira virou um templo de drags quens, graças aos 70 anos da famosa Isabelita dos Patins. Algumas divinas divas fizeram questão de prestigiar a argentina quase brasileira, Isabelita dos Patins, ou Jorge Iglesias. Jane Di Castro fez um show, revivendo as musicas de Núbia Lafayette. E depois puxou um coral de 50 vozes para os tradicionais parabéns pra você.

Camille K, Isabelita dos Patins, Jane di Castro e Juju Maravilha (Foto: Rodrigo Fidalgo)

Isabelita dos Patins e Adele de Fátima (Foto: Rodrigo Fidalgo)

O chef Fernando Luizcuida, dono do local a presenteou com uma torta remetendo ao mundo da aniversariante. Como sempre faz não a cortou, pois no dia seguinte leva para uma creche que assiste, no Morro do Macaco. Um gesto lindo. Isabelita agradeceu a todos, e não esqueceu de lembrar Emilinha Borba, Emilio Santiago, Elke Maravilha, Marilia Pêra, Lola Batalhão, etc.

Rogerio Alves, Isabelita dos Patins e Fátima Martins (Foto: Rodrigo Fidalgo)