Fernando Machado

Blog

Tag quilombo

Notícias da Bahia

Quilombo Lagoa Santa, na região do Baixo Sul da Bahia, foi a inspiração para o Inverno 2019 da marca Soul Dila, leia-se o porta voz Marcelo Ladeiro, batizada de Semear, a coleção já conta compreview disponível nas lojas físicas na Bahia e Sergipe e no e-commerce, com entrega em todo o Brasil. A região baiana é conhecida pelas biojoias e peças de artesanato produzidas a partir da palmeira de piaçava, abundante nas roças locais.

A cultura negra está na moda Semear (Foto: Peu Fernandes)

O deus de ébano Joy Sanches deu mais beleza a moda Soul Dila (Foto: Peu Fernandes)

A matéria prima, planta fibrosa com nome de origem tupi, é fonte de renda da população, que vende a palha também para a produção de vassouras. Enquanto os homens coletam o material, 15 jovens e senhoras do povoado mantêm viva a técnica do trançado, que mistura a ancestralidade dos índios e da cultura negra. A comunidade, reconhecida como terra de remanescentes quilombolas desde 2015.

Notícias da Paraíba

Com repertório de dança polonesa, oração judia e uma sinfonia nacionalista tcheca, a Orquestra Sinfônica da Paraíba apresenta hoje, às 20h30, o 10º concerto oficial da Temporada 2015. A apresentação acontece na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, tendo como solista o violoncelista Nilson Galvão Santos Jr. A orquestra será regida pelo maestro português Osvaldo Ferreira. Eles vão mostrar duas obras sinfônicas inéditas nos palcos paraibanos. O concerto desta noite terá sua renda destinada ao tratamento médico do flautista Geraldo Dias da Rocha Junior, professor do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que luta contra um câncer.

pb-osvaldo-ferreira-karin-broocke

O maestro português Oswaldo Ferreira (Foto: Karin Broocke)

Até o próximo dia 18, mulheres do Quilombo Paratibe podem se capacitar participando das aulas do curso de informática básica oferecido gratuitamente pela Prefeitura de João Pessoa. A ação faz parte do projeto Mulheres Conectadas, que tem por objetivo promover o conhecimento e a inclusão digital das cidadãs quilombolas. De acordo com Regina Bonfá, coordenadora desse setor, o curso vai beneficiar as mulheres quilombolas abrindo as portas para o mercado de trabalho. Para o curso foi disponibilizado o ônibus da Estação Digital da Secitec, com instrutores capacitados. O curso tem duração de duas horas diárias e há turmas no período da manhã e tarde. Ao final, cada participante recebe um certificado.