Fernando Machado

Blog

Tag preço

Anotações do Cotidiano

Mais uma vez, os serviços na área de saúde bucal, desenvolvidos pela Prefeitura, em Petrolina, são destaques em evento no Recife. Terça-feira saiu à lista dos projetos vencedores na Mostra de Experiências Exitosas da Odontologia no SUS, organizada pelo Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco. O projeto Sorrisinho, que é desenvolvido em algumas escolas do município, ficou no primeiro lugar.

O Moda Center Santa Cruz, reúne mais de 10 mil pontos comerciais, abre aos domingos e segundas-feiras, das 6h às 18h, para receber clientes de todas as regiões do país que vão a Santa Cruz do Capibaribe adquirir produtos com alta qualidade e preço competitivo. Quem vier ao Moda Center, vai encontrar as novidades das coleções de verão 2020 das marcas. Informa o gerente geral, George Pinto.

 

Flashes

O homem que o mais honesto do Brasil, Lula, foi recebido no aeroporto de Fortaleza, aclamado por muita vaias.

By the way: O PT já aumentou o preço das apostas da Dupla Sena. Os salários dos servidores não vão subir este ano.

Marilu Fontes é destaque na Revista Terra, que será lançada amanhã, na Novo Projeto Parnamirim. A capa é Reynaldo Fonseca.

Amanhã, às 19h, no RioMar, a Moura Dubeux, inaugura seu espaço Meu Lugar MD e lança seu site blog.

Mirella Gusmão e Olavo Andrade Lima anotados, ontem, fazendo Cooper, no calçadão de Boa Viagem.

O competente jornalista Philipe Rodrigues, que trabalhou no Diário de Pernambuco, vai atuar em mês no Jornal do Commercio.

Festival Sabores do Mundo: Portugal

Consagrado pela sua cozinha contemporânea, com destaque para criações com acento asiático, o Budhakan Cuisine, em Boa Viagem, iniciou, no dia 23 de fevereiro, uma programação de menus temáticos, na qual o chef Thiago Freitas nos leva a uma viagem pelos sabores de algumas das principais culturas do mundo. Para começar, um mergulho na tradicional gastronomia portuguesa, com seus perfumes, texturas e ingredientes únicos. O Festival Sabores do Mundo – Portugal é servido apenas de terça a quinta, no formato menu fechado. No cardápio, uma opção de entrada, duas de prato principal e uma de sobremesa. O menu custará R$ 89.

a-gabriela-autran

Gabriela Autran degusta as variações de texturas de bacalhau (Foto: Fernando Machado)

Para acompanhar o menu fechado, novidade na carta de vinhos do Budhakan: o português JP Azeitão, da Bacalhôa, será oferecido com o preço especial de R$ 54,90. Produzido na península de Setúbal, o vinho harmoniza com pratos leves de carne e de bacalhau, podendo ser servido mais fresco que os tintos usuais. Batizada de Degustação do Porto, a entrada explora nuances do bacalhau, que vem para a mesa na forma do tradicional bolinho, de um gratin – com bacalhau e mandioquinha – e como minilombo. A intenção é experimentar diferentes texturas, explorando a versatilidade do peixe conservado seco e salgado.

a-rachel-mota

Rachel Motta optou como prato principal o de Algarve (Foto: Fernando Machado)

Como pratos principais, o chef Thiago Freitas escolheu porco e cordeiro, optando por fugir do que tradicionalmente é praticado no Nordeste, quando o bacalhau reina como o destaque das ceias e almoços. Com nome que remete à região sul de Portugal, o Algarve  é composto por lombo de barriga de porco, cozido a baixa temperatura, guarnecido por glace de fava verde, caldo verde português e migalhas crocantes de torresmo defumado. Mais uma vez, diferentes texturas são exploradas, tendo a carne de suíno, muito consumida no país em preparos tradicionais, como principal iguaria.

a-bruno-guimarães

Bruno Guimarães preferiu o prato do Douro (Foto: Fernando Machado)

O cordeiro, outro clássico português, bastante vinculado à Páscoa naquele país, é a principal iguaria do Douro, a segunda opção principal do menu. Trata-se de um lombo de cordeiro, recheado com farofa de castanhas brasileiras, ao vinho e alho. Para acompanhar, arroz cremoso de açafrão e minissalada de laranja Bahia cristalizada. Os doces são praticamente sinônimo de Portugal. Ovos, açúcar e amêndoas fazem a festa dos que visitam o país e dos locais em preparos consagrados como o pastel de nata, toucinho do céu, leite-creme, arroz-doce e tantos outros tipos famosos. Para o festival Sabores do Mundo, Thiago Freitas criou o Céu de Santa Clara, com uma versão do conhecido pastel de santa clara servido com sorvete e crumbley.

Acabou o Cozido no Azú

Hábito cultural pernambucano aos sábados, o cozido é uma instituição da gastronomia local. Encerrando a sua temporada no cardápio do Azú, o restaurante do Cabanga oferece hoje a última edição. Após essa data, o prato só poderá ser pedido mediante reserva, e sem preço especial. Em uma das edições desta temporada, o chef César Santos marcou presença como convidado especial.

cesar-santos-cozido

O chef César Santos em tempo de cozido pernambucano (Foto: Divulgação)

O  cozido  completo (para duas pessoas, R$ 60) chega à mesa em panela de barro e com todos os acompanhamentos a que se tem direito. Sábados e domingos, o Azú abre, exclusivamente, para sócios do Clube e convidados, a partir das 11h. De terça a sexta, o acesso é permitido também ao público externo – ótima chance de experimentar as receitas exclusivas dos chefs Biba Fernandes e Jeff Colas.

  • 1 2