Fernando Machado

Blog

Tag plural

Anotações do Cotidiano

Hoje, às 19h, na Arte Plural Galeria, teremos o vernissage de Renato Valle com a exposição A revisão da pintura. A mostra comemorar os 40 anos de carreira artística do artista plastico, e um resgate de suas pinturas ao longo desses anos. O Renato trabalhou durante dois anos na produção da exposição, que conta com 19 pinturas. O texto crítico é de Bete Gouveia. A mostra ficará aberta ao publico até o dia 21 de dezembro.

Hoje tem Renato Valle na Arte Plural (Foto: Divulgação)

Na próxima quinta-feira, às 18h, a Urban Arts, da galerista Brisa Diniz, movimenta uma festa com o trabalho artístico de Perron Ramos e exposição de suas obras, bem como o lançamento do livro comemorativo dos 10 anos da loja. A galeria foi repaginada, com ambientes assinados por três escritórios de arquitetura: Manu Tenório, Carol Soter, Luana Fonteles e Renata Maaze, do Kub Desing.

Flashes

Faleceu ontem, o maestro Adelmo Apolônio, que atuava na Banda Sinfônica do Recife e era da Academia Pernambucana de Música.

Gabriela Ramos inaugurou nas Graças, o salão de estética Espaço Bela, que esta fazendo muito sucesso naquele bairro.

O carnavalesco Cassio Maia Duarte nos agradece a noticia que publicamos no blog sobre O Bonde. Gente fina é outra coisa.

O elegante presidente do INSS Renato Vieira (Foto: Instagram)

 

Sendo muito elogiado a nomeação do novo presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, que é genro de Sheila Wanderley.

O prefeito de Catende, Josebias Cavalcanti, anuncia, hoje, às 10h, detalhes da programação pré-carnavalesca do município.

Mistério do Planeta é a primeira mostra do ano da Arte Plural Galeria. Está aberta ao público até 21 de fevereiro.

Vivencial by Ana Farache

Hoje, às 19h, na Arte Plural Galeria, teremos o lançamento do livro Vivencial: imagens do afeto em tempos de ousadia, da fotógrafa e jornalista Ana Farache. A mostra contará com 30 imagens, em formato 30×40 e impressas em papel algodão, selecionadas dentre as 105 publicadas no livro. O escritor Jomard Muniz de Britto fará leitura de poemas e o ator Henrique Celibi, reviverá algumas encenações que fizeram parte do repertório do grupo criado nos anos 1970, em Olinda.

americo-barreto-henrique-celibi-pernalonga-capa

Americo Barreto, Henrique Celibi e Pernalonga, e a capa do livro (Fotos: Ana Farache)

O acervo de Ana Farache sobre o Vivencial é um dos mais significativos da trupe e tem sido referência e suporte para diversas pesquisas do movimento cultural pernambucano da época. São dezenas de fotografias realizadas entre 1979 e 1983, em película p&b, com utilização exclusiva da luz natural. Uma parte importante do acervo é formada por portraits, concebidos em absoluta cumplicidade entre os atores e a fotógrafa.

ana-farache-mario-lima_patricia-hoste_henrique-celibi

Mário Lima, Patrícis Hoste e Henrique Celibi (Foto: Ana Farache)

O livro Vivencial: imagens do afeto em tempos de ousadia, custa 40 reais, e tem a curadoria da fotógrafa Renata Victor, apresentações do escritor Jomard Muniz de Britto e da crítica de fotografia Simonetta Persichetti, da Faculdade Cásper Líbero (São Paulo). A obra traz ainda depoimentos de ex-integrantes do grupo que relembram suas experiências no Vivencial.

Flashes

A musa do frevo, Zezita Barbosa, viúva de Capiba, participa hoje do desfile do Bloco BB na Folia, dos funcionários do Banco do Brasil.

Katia McCarthy e Glicia Miranda estiveram, terça-feira, no Museu do Estado, para ver a exposição de Leon Santana.

Gracinha Pereira Gomes movimentou almoço, terça, em sua casa de Candeias, em torno de Ana Corintha de Almeida McMahan.

Hoje, Alceu Valença e sua A Luneta do Tempo fazendo show em Olinda.

João Bosco Mendonça será destaque da Escola de Samba Império da Tijuca, que desfile amanhã, no Sambódromo.

O comandante do CMNE, general Manoel Luiz Pafiadache retorna hoje de Brasília, onde participou da reunião do alto comando do Exercito.

A jornalista Gercina Primo está fugindo do carnaval e da Zica curtindo Miami e Orlando.

Ontem, o Diário de Pernambuco escreveu o plural de bliz como blitze e o Jornal do Commmercio, inovou escreveu blitzes. Crise brasileira chega até literatura.