Fernando Machado

Blog

Tag piloto

De Volta para o Passado

Há 100 anos, nascia em São Paulo, o comediante Colé (Petronio Rosa de Santana) que morreu no dia 29 de agosto de 2000.

Há 90 anos, o polonês radicado nos Estados Unidos, Edwin Lowe (1910/1986), criava o jogo de bingo

Há 70 anos, chegava ao Recife, o corredor para participar do IV Circuito de Boa Viagem, o piloto Chico Landi.

Há 25 anos, o surfista Ludemilson Gomes de Lima morria na Praia de Boa Viagem, em Pernambuco, ao ser atacado por um tubarão.

 

De volta para o passado

Há 180 anos, nascia em Sergipe, o escritor Tobias Barreto de Menezes, que morreu no dia 26 de junho de 1889.

Há 115 anos, nascia em Pernambuco, Dom João Costa, que morreu no dia 6 de janeiro de 1959.

Há 110 anos, nascia em Pernambuco, o compositor Clídio Nigro, que morreu no dia 22 de setembro de 1982.

Há 95 anos, nascia no Pará, o engenheiro Guilherme Rossi, que morreu no dia 9 de novembro de 2004.

Há 40 anos, morria em Pernambuco, o compositor Gildo Branco (Astrogildo Américo Branco), que nasceu no dia 27 de julho de 1921.

Há 30 anos, morria no Rio de Janeiro, a cantora Nara Leão, que nasceu no dia 19 de janeiro de 1942.

Há 30 anos, morria em São Paulo, o piloto Chico Landi, que nasceu no dia 17 de julho de 1907.

Há 5 anos, morria no Pará, o cordelista Manoel Monteiro, que nasceu no dia 4 de fevereiro de 1937.

Robson Sampaio & Ayrton Senna

Pincei do livro O Recife e Outros Poemas, do jornalista e imortal da Academia Recifense de Letras, Robson Sampaio, por conta dos 25 anos da morte do piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna, essa poesia: “Frágil Homem de Aço! / Deus é o tempo, é a hora / Você, Senhor Velocidade! / Na última curva da Vida / Os deuses dormiam. / A morte, não! / A máquina insensível / Virou ferros contorcidos / E os anjos te encantaram… / Frágil Homem de Aço!”

 

Robson Sampaio e Ayrton Senna (Fotos: Fernando Machado/Divulgação)

– Deus é o tempo, é a hora / Você, Senhor Velocidade! / Semi-Deus das pistas / Semi-Deus alado / Ave ferida, ave arrebatada / Ídolo e sonho dos mortais…/ Frágil Homem de Aço! / Deus é o tempo, é a hora / Você, Senhor Velocidade! / A curva é o limite. / Deus dá, Deus tira. / E no circuito dos Céus / Na ultrapassagem de nuvens e estrelas / Você, Senhor Velocidade, / Fará todas as “Poles” e estará / No “Podium” da Eternidade…”.

De volta para o passado

Há 190 anos, nascia no Ceará, o romancista José de Alencar, que morreu no dia 12 de dezembro de 1877.

Há 105 anos, morria em Pernambuco, o pintor Jerônimo José Telles Junior, que nasceu no dia 11 de abril de 1851. Morava na Estrada dos Remédios.

Há 95 anos, nascia em Pernambuco, o padre Jaime Diniz, que morreu no dia 31 de maio de 1989.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o arquiteto Paulo Gondim Vaz de Oliveira, que morreu no dia 17 de setembro de 2017.

Há 85 anos, nascia no Paraná, o radialista Haroldo de Andrade, que morreu no dia 1 de março de 2008.

Há 70 anos, acontecia o circuito Recife Goiana. O vencedor foi José Bezerra (Zezinho), no 2º lugar ficou Francisco da Rocha Lima e em 3º lugar foi João Melo (Paraíba).

Há 25 anos, morria na Itália, o piloto de Fórmula 1, Ayrton Sena, que nasceu no dia 21 de março de 1960.