Fernando Machado

Blog

Tag peça

De Volta para o Passado

Há 160 anos nascia no Rio de Janeiro, o artista plástico Antônio Parreiras, que morreu no dia 18 de outubro de 1937.

Francisco Manuel da Silva e Joaquim Osório Duque de Estrada (Fotos: Internet)

Há 130 anos, era oficializado o Hino Nacional do Brasil, composto por Joaquim Osório Duque de Estrada e Francisco Manuel da Silva.

Há 100 anos, nascia na Itália, o cineasta Federico Fellini, que morreu no dia 31 de outubro de 1993.

Há 100 anos, Alfredo Botelho fundava no Recife, o Club Carteiros em Folia.

Há 75 anos, no Santa Isabel a peça Qué matá Papai, Oião? com a Cia Brasileira de teatro Musical. No elenco Hilda Fernandes.

Há 65 anos, passava, via Alitalia, a atriz Silvana Pampanini. Ia participar do Festival Internacional de Cinema em Punta del Este. Ela recebeu um disco da Rosenblit de Carnaval, entregue por José Kreime.

Há 30 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Bárbara Stanwyck, que nasceu no dia 16 de julho de 1917.

Há 65 anos, chegava ao Recife o escritor Malba Tahan.

De Volta para o Passado

Há 150 anos, era inaugurado o Canal de Suez, obra do engenheiro Fernando Lesseps.

Há 95 anos, no Teatro do Parque, a Cia de Comedia Viriato Correia, com a peça Zuzu. No elenco Augusto Anibla, Manuel Mattos e Otilia Amorim.

Há 85 anos, na Casa Laubitsch e Hirth, na Rua do Hospício, acontecia vernissage do artista plástico Di Cavalcanti e Noemia Mourão.

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, Festival do artista Roberto Andrade, com a peça A Divina Canção. No elenco Luiz Maranhão, Augusto Monteiro e Maria França.

Há 60 anos, morria no Rio Grande do Sul, o maestro Heitor Villa-Lobos, que nasceu no dia 5 de março de 1887.

Há 55 anos, acontecia no Teatro do Parque, o vernissage do artista plástico Mario Nunes.

Há 40 anos, a executiva Helena Lundgren inaugurava, na Praia de Jatiúca,  em Maceió, o Hotel Alteza.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o diretor de televisão Adel Barros Correia, que nasceu no dia 15 de março de 1930.

Flashes

Pedro Salustiano participou, sábado, em Condado, dos festejos de um ano da Associação de Grupos de Cavalo Marinho.

O pagodeiro Dilsinho, grava seu 2° DVD, Open House, no dia 19 de dezembro, no Recife. A criação é de Hid Saib.

Não será surpresa para a coluna se o sucessor da presidente Margarida Cantarelli, na APL seja o acadêmico Lucilio Verejão Filho.

Almoçando no Le Monde Bistrô, o presidente o médico Giovanni Rattacaso Filho e Magali, com os amigos de São Paulo, Marcelo Garcia e Simone.

A peça Tango em Trapos, a convite do SESC de Piedade, se apresenta quarta-feira, às 16h, em frente ao Cine Teatro Samuel Campelo, em Jaboatão Centro.

Verônica Moura reúne quarta-feira, às 19h, no Hotel Ramada, 32 empresas de diversas áreas quando o assunto é casamento.

Conforme este blog já informou devido à entronização do novo Imperador, este ano não terá recepção da Data Nacional do Japão.

De volta para o passado

Há 470 anos, Tomé de Souza, I Governador Geral do Brasil, fundava a cidade de Salvador.

Há 150 anos, nascia na Índia, o líder pacifista Mohandas Gandhi, que morreu no dia 30 de janeiro de 1948.

Há 95 anos, acontecia vernissage do artista plástico Mario Tullio no Teatro de Santa Isabel.

Há 95 anos, acontecia vernissage do artista plástico Carlos Melichar, no Gabinete Português de Leitura.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, a senhora Cândida Cairutas, que morreu no dia 5 de abril de 2015.

Há 95 anos, nascia no Rio de Janeiro, o arquiteto Acácio Gil Borsoi, que morreu no dia 4 de novembro de 2009.

Os atores Barreto Junior e Lenita Lopes (Fotos: Diário da Manhã)

Há 85 anos, a Cia de Barreto Junior encenava a peça O Homem da América, no Teatro de Santa Isabel. No elenco Lenita Lopes, Luiza de Oliveira, Luiz Carneiro, Murillo Araujo e Ary Guimarães.

Há 55 anos, morria em Pernambuco, o radialista Mário Libanio, que nasceu no dia 8 de setembro de 1893.