Fernando Machado

Blog

Tag padres

Parabéns, Danilo, Ivanilson, José, Renan, Renato, Valdenor e Walter!

A Igreja Católica ganhou sete padres, segunda-feira, numa cerimônia recheada de emoções na Catedral Metropolitana, em Olinda. Cerca de duas mil pessoas prestigiaram a solenidade de ordenação presbiteral dos novos sacerdotes do Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora da Graça, leia-se o padre João Bosco Costa Lima. A celebração foi presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido.

Dom Fernando Saburido e os novos sacerdotes (Foto: Pedro Coimbra)

O grupo de neossacerdotes, Danilo Rogério Pereira de Vasconcelos, Ivanilson Silva de Araújo, José Vila Nova Brainer Segundo, Renan Maurício da Silva, Renato Matheus Sales de Deus e Melo, Valdenor José do Nascimento e Walter Luiz Barbosa de Lima, escolheu como lema da ordenação sacerdotal Eis que nós deixamos tudo e te seguimos (Mc, 10,28).

 

Fatos Diversos

Monsenhor Mauricio Diniz ofereceu um almoço, quinta-feira, na sua residência de Vitória de Santo Antão, em torno das despedidas de Dom Antônio Tourinho Neto. Participaram do encontro, entre outros, os Padres Paulo Sérgio Vieira, Augusto César, Murilo Bentinho, Rosivaldo Pontes, Manoel, Héctor, André, Domingo, Florentino, Carlos André, além de diáconos e seminaristas.

Em tempos de matrícula escolar, os pais precisam estar atentos com a saúde dos filhos, principalmente nos olhos. “O aluno pode se tornar disperso pelo simples fato de não conseguir ver o quadro, então ela vai querer brincar, conversar, mas não vai querer copiar as coisas escritas na lousa, já que não são nítidas ao olho delas”, explicou a oftalmologista pediátrica do Instituto de Olhos Fernando Ventura, Kátia Dantas.

Parabéns, Frei ou Padre Rinaldo!

Dom Antônio Tourinho, padre Rinaldo e dom Fernando Saburido (Foto: Fernando Machado)

O ex-governador João Lyra Filho e Leila Queiroz (Foto: Fernando Machado)

A Igreja da Madre Deus com seu estilo Maneirista datada 1720, cujo altar-mor é deslumbrante todo recheado de talhas barrocas do século XVIII, é a mais antiga do Recife. Quando a Igreja do Corpo Santo, a primeira instalada no Recife Antigo, foi demolida, em 1913, todo seu acervo de imagens foi transferido para a Madre Deus. O seu lavabo de mármore de Estremoz é considerado um dos mais bonitos do Brasil. No seu retabulo o destaque fica para a imagem de Nossa Senhora Mãe de Deus também século XVIII. Os fundos do templo ficam debruçados para o Rio Capibaribe.

A primeira dama de Pernambuco Ana Luisa Camara e Adriana Figueira (Foto: Fernando Machado)

Foi erguida na época em que a Congregação do Oratório de São Filipe Néri, uma ordem religiosa fundada em Pernambuco ainda no século XVII, tinha grande prestígio na sociedade. No século XIX a ordem foi extinta, deixando a Madre de Deus como uma herança ao Recife, assim como o Convento de São Felipe Néri, ou Convento dos Oratorianos; já sediou a Alfândega do Recife e atualmente é o Shopping Paço Alfândega. Em 1971, a Madre de Deus foi danificada por um incêndio, precisando passar por reformas nas décadas seguintes.

Geraldo Julio de Mello Filho, frei Rinaldo e Cristina Quirino de Mello (Foto: Divulgação)

Sua beleza, entretanto, permanece imaculada. No seu interior, é possível encontrar pinturas sacras, mobiliário em jacarandá e a imagem do Senhor do Bom Jesus dos Passos. Pois bem, foi nesse cenário hollywoodiano que aconteceu, ontem, às 11h, as comemorações da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, e dos 15 anos de ordenação do Frei ou Padre Rinaldo Pereira dos Santos, pároco daquele templo.

João Alberto, Sheila Wanderley e a desembargadora federal Margarida Cantarelli (Foto: Fernando Machado)

O ministério musical, por sinal esplendido, foi formado por Evandro Lopes (violão), Getúlio Lemos (teclado), Lito Pereira (contrabaixo) e Lilia Barreto (vocalista). Os sinos da Madre Deus começaram a tocar e ao som “De alegria vibrei no Senhor / Pois vestiu-me com sua justiça / Adornou-me com jóias bonitas / Como esposa do Rei me elevou”, ingressou pela nave central o cortejo formado por Dom Fernando Saburido, Dom Antônio Tourinho, padres, freis, diáconos, seminaristas e claro Frei Rinaldo.

Dom Tourinho, frei França e dom Fernando Saburido (Foto: Fernando Machado)

A primeira leitura foi proclamada pelo diácono Raul Mariz, o Salmo Responsorial foi cantado pelo seminarista Vinicius Costa, e a segunda leitura proclamada por Eveline Cross. A Proclamação do Evangelho coube ao diácono Antônio e a homilia a Dom Fernando Saburido, que presidiu a cerimônia religiosa e depois transferiu para o Padre Rinaldo. Tendo como trilha sonora “Viva a mãe de Deus e nossa / Sem pecado conceida! / Viva a Virgem Imaculada / A Senhora Aparecida!” entra pela nave central a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Angela Mota e Eduardo Jorge Pragana (Foto: Fernando Machado)

Essa imagem faz parte do acervo de Padre Rinaldo. Foi um presente que recebeu há 15 anos, no dia de sua ordenação. A missa foi linda demais, e prestigiada, aliás não é nenhuma surpresa, Padre Rinaldo é muito competente e querido. O prefeito do Recife, Geraldo Julio de Melo Filho e a primeira dama Cristina, foram abraçá-lo, mas não ficaram para a missa. Não esquecer que os comentaristas foram os seminaristas Rodolfo e Vila Nova.

José dos Santos e Nadja (Foto: Fernando Machado)

Outra surpresa foi quando as crianças do Instituto de Música Dom da Paz apresentaram três números. Encerrada a missa solene Padre Rinaldo convidou os fiéis para o corte do bolo, por sinal muito gostoso feito pela paroquiana Izabete Amara. Depois Frei Rinaldo, ao lado dos pais Rozemiro e Risonete Pereira, recebeu um pequeno os sacerdotes para um almoço no salão paroquial. O bufê foi da Arcádia e no cardápio estrogonofe de carne e risoto de frango.

Frei Rinaldo com os pais Rozemiro e Risonete Santos (Foto: Fernando Machado)

Ângela Souza e fre Ademir (Foto: Fernando Machado)

Parabéns 

Hoje, 08, Dia de Santo Efrem, aniversariam a ex primeira dama do Recife Luzia Jeane de Oliveira e Silva, Padres João Carlos e Zezinho, as senhoras Fátima Barbosa e Terezinha Campos, os executivos José Américo Mendonça e José Chaves,

A arquiteta Karla Azevedo (Foto: Divulgação)

  • 1 2 8