Fernando Machado

Blog

Tag olimpicos

Fatos Diversos

“Daqui a nove meses a cidade do Rio de Janeiro vão nascer muitos bebês Olímpicos de descendências de pais mais remotos do planeta”, confessa a jornalista paraibana radicada em Batom Rouge, na Louisiana, nos Estados Unidos, Katia McCarthy.

Na próxima terça-feira, às 19h, teremos vernissage no Instituto Ricardo Brennand, para a exposição inédita Fiel ao Natural: A paisagem de Facchinetti, Mostra fica em cartaz até o dia 16 de outubro. A escolha das obras é de Valéria Piccoli, curadora da Pinacoteca de São Paulo.

Jogos Olímpicos Rio 2016

Três momentos inesquecíveis da abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Foram o desfile de Gisele Bündchen ao som Garota de Ipanema, de Tom Jobim. O segundo foi Luiz Melodia cantando Aquele Abraço, que onde presta uma homenagem ao Velho Guerreiro, “Alô, alô, seu Chacrinha / Velho guerreiro / Alô, alô, Terezinha / Rio de Janeiro / Alô, alô, seu Chacrinha / Velho palhaço / Alô, alô, Terezinha / Aquele abraço!” e, claro “O Rio de Janeiro continua lindo / O Rio de Janeiro continua sendo / O Rio de Janeiro, fevereiro e março”.

j-yane-marques-afp

Yane Marques surgiu em ritmo de frevo (Foto: AFP)

2016 Rio Olympics - Opening ceremony - Maracana - Rio de Janeiro, Brazil - 05/08/2016. Performers take part in the opening ceremony. REUTERS/Stefan Wermuth FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS.

Dona Santa e o blog adoraram o maracatu estilizado no Maracanã (Foto: Reuters)

A terceira foi a entrada da delegação brasileira, num traje clássico, bem talhado, porém com estamparia pouco sofisticada, tendo como trilha sonora o segundo hino da nossa terra que Aquarela do Brasil, composta por Ary Barroso em 1933. A quarta foi a beleza de alguns integrantes, salpicadas nas diversas delegações. Os trajes mais bonitos foram as da delegação Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália, e também as dos países africanos com suas roupas exóticas, mas belíssimas.

2016 Rio Olympics - Opening ceremony - Maracana - Rio de Janeiro, Brazil - 05/08/2016. Flagbearer Michael Phelps (USA) of United States of America leads his contingent during the opening ceremony. REUTERS/Dylan Martinez FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS.

Michael Phelps arrasou puxando a delegação norte-americana (Foto: Reuters)

j-camarões-reuters

O exotismo dos trajes da delegação de Camarões (Foto: Reuters)

E finalmente o porta-bandeira da Republica do Tonga, Pita Taufatofua, que do alto dos 33 anos, 1m91, e dos 100kg que apesar de ser uma ilha minúscula na Oceania, deu toque de grandeza ao seu país e ao mesmo homenageou o nosso clima tropical, e me fez lembrar a famosa canção de Caetano Veloso, Menino do Rio. Todavia garanto que as mulheres carentes e tribo alegre devem ter saído do Maracanã, cantando a musica de Toquinho: A Tonga da mironga do kabulê.

2016 Rio Olympics - Opening ceremony - Maracana - Rio de Janeiro, Brazil - 05/08/2016. Brazilian top model Gisele Bundchen takes part in the opening ceremony. REUTERS/Damir Sagolj FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS

Olha que coisa mais linda: Gisele Bündchen by Alexander Herchcovitch (Foto: Reuters)

j-pita-taufatofua-taekwondo-tonga

Olha que malavilha, o porta-bandeira de Tonga, Pita Taufatofua, do taekwondo (Foto: Divulgação)

Para quem não lembra eis a letra “Eu caio de bossa / Eu sou quem eu sou / Eu saio da fossa / Xingando em nagô / Você que ouve e não fala / Você que olha e não vê / Eu vou lhe dar uma pala / Você vai ter que aprender / A tonga da mironga do kabuletê”. / Você que fuma e não traga / E que não paga pra ver / Vou lhe rogar uma praga / Eu vou é mandar você / Pra tonga da mironga do kabuletê”. Viva Pita Taufatofua! Ouça a letra: https://www.youtube.com/watch?v=iiW2ImJLW0c 

Jogos Olímpicos 2016

O presidente Barack Obama anunciou os nomes delegação presidencial para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016, nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro. A delegação será chefiada pelo Secretário de Estado John Kerry. Os membros da comitiva são a embaixadora Liliana Ayalde, Mari Carmen Aponte, Elizabeth Allen, Ellie Schafer e o mito da natação Mark Spitz, que ganhou nove medalhas de ouro olímpicas (1968 e 1972), uma medalha de prata olímpica (1968) e uma medalha de bronze olímpica (1968).

mark-spitz-sunga-medalhas

O monstro sagrada das piscinas Mark Spitz (Fotos: Divulgação)

j-eygló-gústafsdóttir-felipe-goettenauer1

A diva natação islandesa Eygló Gústafsdóttir (Foto: Felipe Goettenauer)

As delegações olímpicas de natação de Belarus, Gabão, Islandia e Polonia, que estiveram em Sergipe para a fase de aclimatação, participaram semana passada, de um treino coletivo no Parque Aquático Zé Peixe, em Aracaju. Já às vésperas da partida para o Rio de Janeiro, as equipes elogiaram o centro de treinamento e a recepção dos sergipanos. Um dos grandes nomes da equipe islandesa, Eygló Gústafsdóttir, disse ter se apaixonado pela cultura sergipana e não excluiu a possibilidade de retornar ao estado.

Notícias da Bahia

Os estudantes do Colégio Estadual Berilo Vilas Boas, em São José do Jacuípe (a 292 quilômetros de Salvador), estão participando de um projeto de xadrez que vem estimulando o aprendizado na disciplina de Matemática. Para a prática do xadrez, a unidade de ensino criou uma sala específica onde os alunos jogam entre si e desenvolvem habilidades, como o raciocínio lógico e a concentração. O espaço, tematicamente decorado, contém mesas e tabuleiros disponíveis para a prática do esporte. O idealizador da iniciativa é o professor de Matemática José Reinaldo de Oliveira.

Com os Jogos Olímpicos no Brasil, o Pelourinho se prepara para receber os visitantes da cidade nos dias das partidas de futebol em Salvador, mostrando a cultura e alguns dos ritmos musicais que pulsam com vigor na capital baiana. A programação valoriza a diversidade cultural baiana com manifestações populares, percussão, música afro, samba, reggae, axé e pop rock. Na próxima quinta-feira, primeiro dia dos jogos em Salvador, o Largo do Pelourinho se torna palco, a partir das 16h, da grande Torcida Olodum, que faz a festa dos amantes do esporte e da percussão do tradicional bloco afro.