Fernando Machado

Blog

Tag novela

De Volta para o Passado

Há 100 anos, o figurinista Agripino Branco, que há 40 anos atendia na Rua da Imperatriz, se transfere para a Rua da Aurora, 9.

Há 90 anos, o hidroavião Jahu partia do Recife com destino a Salvador.

Há 65 anos, começava na Radio Jornal do Commercio, a novela O Direito de Nascer de Felix Caignot, tradução de Eurico Silva.

Há 50 anos, morria na França, a atriz Françoise Dorleac, que nasceu no dia 21 de março de 1942.

Simone, Solange, Celice Marques e Márcia (Foto: Manchete)

Há 33 anos, Celice Pinto Marques da Silva, do Pará, era eleita Miss Brasil de 1982. Em 2º lugar Solange Frazão (São Paulo), em 3º lugar ficaram Márcia Carvalho (Rio) e Simone Valença Duque (Pernambuco) e 4º  lugar ficou Mônica Teixeira (Minas Gerais).

Há 10 anos, morria nos Estados Unidos, a estilista belga Liz Claiborne, que nasceu no dia 31 de março de 1929.

Esquinas do Mundo

Das mais concorridas e prestigiados, segunda-feira, o lançamento do livro José Aparecido de Oliveira – O Melhor Mineiro do Mundo, grifado por Petrônio Souza Gonçalves, que aconteceu na La Fiorentina, no Leme, no Rio de Janeiro. A biografia comemora os 10 anos de morte do jornalista mineiro. A atriz Fernanda Montenegro, ficou visivelmente emocionada ao ler trechos do livro. Por lá os filhos, José Fernando Aparecido e Maria Cecília de Oliveira, além da sobrinha Rosara Oliveira Maneira está produzindo um documentário sobre o tio.

Petronio, Fernanda, José Aparecido e Rosara em tempo de O Melhor Mineiro do Mundo (Foto: Cristina Granato)

Mateus Solano e Camila Queiroz no Pega Pega (Foto: Adriana Garcia/Gshow)

Aconteceu, ontem, no Hotel Carioca Palace, que remete ao Copacabana Palace, erguido dentro dos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro com dois mil m², o lançamento da próxima novela das sete, intitulada Pega Pega, que estréia na telinha em junho. A comedia romântica foi escrita por Claudia Souto e direção artística de Luiz Henrique Rios. No elenco Vanessa Giácomo, Mateus Solano, Camila Queiroz, Marcelo Serrado e Irene Ravache.

Novo Mundo vem ai

O ator Allan Souza Lima vive o índio Ubirajara (Foto: Gshow)

A novela Novo Mundo estreia na TV Globo no próximo dia 22, às 18h20, substituindo Sol Nascente. A nova novela vai resgatar a época de Dom Pedro I e dona Maria Leopoldina levando o telepesctador a uma viagem romântica marcada por paixão, entrega, um envolvimento direto com a arte, com a cultura, ambição e sequências de ação. O enredo será em torno de Anna Millman e Joaquim Martinho, os protagonistas interpretados por Isabelle Drummond e Chay Suede, respectivamente.

Isabelle Drummond como Anna Milmann (Foto: Mauticio Fidalgo)

Ela é a professora de português de Leopoldina, que será vivida por Leticia Colin, e ele é um ator que passou sua infância no Brasil. Os dois se conhecem ainda na Europa, mas vêm para as terras tupiniquins por causa da união da futura imperatriz do Brasil com Dom Pedro, papel de Caio Castro. Essa viagem ao Novo Mundo dá origem ao romance, que se entrelaça à luta do país pela independência. A trama é baseada em um período histórico e carrega seus personagens fictícios.

Chay Suede será Joaquim Martinho (Foto: Raquel Cunha)

Novo Mundo foi escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, e tem a direção artística de Vinícius Coimbra, é ambientada no Brasil do início do século XIX, entre 1817 e 1822. No elenco temos Isabelle Drummond, Chay Suede, Caio Castro, Letícia Colin, Julia Lemmertz, Leo Jaime, Débora Olivieri, Rodrigo Simas, Giullia Buscacio, Rodrigo Simas, Vivianne Pasmanter, Guilherme Piva, Luisa Micheletti, Rômulo Estrela, Agatha Moreira, Gabriel Braga Nunes, Ingrid Guimarães, entre outros.

Dom João VI é vivido por Léo Jaime (Foto: César Alves)

De volta para o passado

Há 90 anos, concerto no Teatro de Santa Isabel do pianista Alberto Figueiredo.

Há 80 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, concerto da pianista Undine de Mello, para o governador Carlos de Lima Cavalcanti.

Há 80 anos, acontecia, no Hotel Avenida, a posse Manoel Leão como primeiro Presidente do Automóvel Clube de Pernambuco. Ele foi saudado por Prudenciano de Oliveira Lemos. Falaram o comandante Noronha Filho, o prefeito interino do Recife, Renato Silveira e o próprio presidente.

Há 65 anos, era apresentado na Rádio Jornal do Commercio, o último capitulo da novela O Sheik.

Há 60 anos, foram escolhidos os Melhores do Teatro de 1956 em Pernambuco. Autor (Nelson Rodrigues com Vestido de Noiva), espetáculo (Bodas de Sangue de Garcia Lorca), Cenografo Aloisio Magalhães, atriz Diná Rosa Borges, ator Elpídio Camara, direção Bibi Ferreira (Bodas de Sangue), Espetáculo visitante Dulcina de Moraes e Odilon Azevedo (Chuva Maugham), Revelação masculina Leonel Albuquerque e revelação feminina Maria da Penha Leite Ramos e melhor autor pernambucano Aristóteles Soares.

Há 60 anos, nascia no Paraná, o cartunista Glauco Vilas Boas, que morreu no dia 12 de março de 2010.

Há 45 anos, o acadêmico Mauro Mota era nomeado pelo governador diretor do Arquivo Publico de Pernambuco.

Há 40 anos, morria no Rio de Janeiro, o jogador José Perácio Berjun, que nasceu no dia 2 de novembro de 1917.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o atleta Leandro Fabio Milanez Barbosa, que nasceu no dia 8 de dezembro de 1995.