Fernando Machado

Blog

Tag mortes

Notícias da Bahia

O VIII Forró no Parque, comandado por Zelito Miranda virou itinerante. No próximo domingo é a vez do Museu de Arte Moderna, receber uma edição da festa. O evento acontece a partir das 11h e terá Del Feliz como convidado. O espaço será transformado em um grande arraiá, com comidas e bebidas típicas, quadrilhas e claro, muito forró temperado.

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que o número de óbitos registrados em decorrência ao consumo de cigarro em todo planeta chaga a 10 mil mortes por dia. Todavia o Ministério da Saúde destaca Salvador como a capital brasileira com o menor índice de fumantes, com uma incidência de 5,2% da população acima de 18 anos com a prática.

Notícias de Alagoas

Alagoas foi o Estado do país que mais reduziu o número de mortes por 100 mil habitantes. O dado é do X Anuário Estatístico da Segurança Pública divulgado esta semana, que representa o exercício do ano de 2015. A queda é de 20,8%. O governador Renan Filho comemorou o reconhecimento, lembrando que Alagoas era o Estado mais violento do Brasil. Este reconhecimento se deve ao trabalho que, por exemplo, resultou em um setembro de 2016 com um dado histórico – 30,9% de recuo da violência, em comparação ao mesmo período do ano passado. Alagoas registrou o menor índice de homicídios na história do Estado, desde que começou a se mensurar estes dados em 2012.

maruinho-vasconcelos

O presidente da ABIH-AL, Maurinho Vasconcelos (Foto: Fernando Machado)

Terça-feira, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas, Maurinho Vasconcelos, participou do lançamento do XI Natal Solidário, um projeto do Pajuçara Social, núcleo de responsabilidade social do Pajuçara Sistema de Comunicação. O projeto visa arrecadar donativos para crianças carentes de Alagoas. Este ano a meta é arrecadar 10 toneladas de donativos, quatro a mais do que as seis toneladas arrecadadas no ano passado. Segundo Maurinho, envolver os diversos setores da sociedade é muito importante para o sucesso do projeto. O Natal Solidário deste ano espera atender mil famílias.

Notícias de Alagoas

Alagoas foi o Estado do país que mais reduziu o número de mortes por 100 mil habitantes. O dado é do X Anuário Estatístico da Segurança Pública divulgado esta semana, que representa o exercício do ano de 2015. A queda é de 20,8%. O governador Renan Filho comemorou o reconhecimento, lembrando que Alagoas era o Estado mais violento do Brasil. Este reconhecimento se deve ao trabalho que, por exemplo, resultou em um setembro de 2016 com um dado histórico – 30,9% de recuo da violência, em comparação ao mesmo período do ano passado. Alagoas registrou o menor índice de homicídios na história do Estado, desde que começou a se mensurar estes dados em 2012.

Terça-feira, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas, Maurinho Vasconcelos, participou do lançamento do XI Natal Solidário, um projeto do Pajuçara Social, núcleo de responsabilidade social do Pajuçara Sistema de Comunicação. O projeto visa arrecadar donativos para crianças carentes de Alagoas. Este ano a meta é arrecadar 10 toneladas de donativos, quatro a mais do que as seis toneladas arrecadadas no ano passado. Segundo Maurinho, envolver os diversos setores da sociedade é muito importante para o sucesso do projeto. O Natal Solidário deste ano espera atender mil famílias.

Notícias da Bahia

Considerado um dos santos mais populares do país, Santo Antônio é bastante celebrado na Bahia, no mês de junho, onde também é padroeiro de algumas cidades. Além das festas no seu dia, 13, as homenagens começam nesta segunda-feira, com as tradicionais trezenas e tríduos. Dentre os principais destinos baianos que celebram o santo, estão Salvador, Santo Antônio de Jesus, Campo Formoso, Canudos e Jequié, que oferecem a moradores e visitantes uma intensa programação religiosa.

Dez mil mortes por dia. Esse é o número de óbitos registrados em decorrência do consumo de cigarro em todo planeta, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. O estudo indica ainda que o tabaco é a principal causa de morte no mundo, seguida pelo álcool e pela inalação indireta do fumo, ou seja, que atinge aquele indivíduo que convive com fumantes. Apesar dos números alarmantes, o Ministério da Saúde destaca Salvador como a capital brasileira com o menor índice de fumantes, onde 5,2% da população adulta declara fazer uso do cigarro.