Fernando Machado

Blog

Tag monde

Fatos Diversos

Hoje, em Poço da Panela, será inaugurado o Le Monde Cozinha do Mundo, leia-se Daniel Dantas, que aposta na cozinha de diferentes países. Os pratos serão assinados pelo chef Rapha Vasconcelos. O restaurante abrir no estilo soft opening, para celebrar o Dia dos Namorados.

Hoje, às 20h, será inaugurado o Espaço BKB, o primeiro café-bar-escola do Recife, resultado de uma parceria do Kaffe Torrefação e Treinamento e a Cervejaria Babylon. Estão no projeto a barista Lidiane Santos, o chef Cesar Santos, o professor Robson LustosaGilberto Freyre Neto.

Réquiem para Ruth Magalhães

Em Pernambuco, atualmente, somente o grand monde sabe quem é a socialite Ruth Magalhães. Ela acontecia na época do café soçaite, quando brilhava nos salões do Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Paris, Londres e Nova Iorque. Para Ibrahim Sued, o papa do colunismo social, Ruth era uma das locomotivas da sociedade brasileira. Era viúva de Paulo Germano Magalhães, filho do ex-governador Agamenon Magalhães e dona Antonieta.

A locomotiva da sociedade brasileira Ruth Magalhães (Foto: Acervo Pessoal)

Paulo Germano foi deputado federal. Ruth do alto dos seus 94 anos, morava no Rio de Janeiro há muitas décadas. Pois bem, é com muita tristeza que o blog comunica seu falecimento sexta-feira. O velório aconteceu ontem, por conta de que um dos seus filhos que mora nos Estados Unidos e veio para enterro realizado, no Cemitério Memorial do Carmo, na Cidade Maravilhosa.

Valeu Miss Gatis!

Miss Gladys Adele Gatis em dois tempos (Fotos: Diário da Manhã)

Há 60 anos, morria no Recife, a primeira bailarina e coreografa da cidade, a inglesa Gladys Adele Gatis, ou simplesmente Miss Gatis. Nasceu na Inglaterra provavelmente em 1887. Chegou ao Recife provavelmente em 1919. Quando morreu no dia 4 de junho de 1957, os jornais publicaram o anuncio fúnebre pago pela família. Veja o que é a vida ela brilhou tanto e faleceu no ostracismo. Tentei de tudo descobrir sua idade, mas, nem a família sabia. Até no Cemitério dos Ingleses fui, apenas uma placa com o dia e o ano que morreu.

As alunas de Miss Gatis, ao lado Solange Souza Leão, no Teatro de Santa Isabel, em 1922 (Fotos: Diário da Manhã)

As garotas do nosso grand monde foram suas alunas e morreu e continua desconhecida, até mesmo das pessoas que vivem do teatro da dança clássica na capital pernambucana. Miss Gatis morava na Rua Góes Carvalho, 394, em Parnamirim, e estudou balé no Royal Ballet of London. No dia 23 de abril de 1922, Miss Gladys Adele Gatis apresentava no teatro de Santa Isabel, seu primeiro festival de danças com suas alunas. No dia 19 de abril de 1927 ela apresentava no Teatro de Santa Isabel, o balé The Mask of Time com suas alunas. Miss Gatis receba esta homenagem de um fã. Valeu, Miss Gatis!

As alunas no Festival de Dança no Santa Isabel em 1927 (Foto: Diário da Manhã)

O casamento de Joana e Felipe

Parte do grand monde recifense estará, hoje, 20h, na Capela da Imaculada Nossa Senhora da Conceição, na Oficina Francisco Brennand, na Várzea. Estamos nos referindo ao de Joana e Felipe. Os noivos são filhos de Lêda Maria Albuquerque e Paulo Roberto Nery Franco, Maria Helena Bandeira Santos de Melo e Victor Tadeu Bandeira de Melo.

O bufê é da Arcádia, com um detalhe, não será servido frutos do mar, porque a noiva tem alergia. A música é com a orquestra de Alexandre Lemos, com 30 músicos e um coral de 20 vozes, sob a regência do maestro Dierson Torres. O fundo musical foi escolhido pela avó materna, grande conhecedora de música, Lucia Helena Santos. A decoração tem projeto de Zezinho e Turibio Santos e a execução de Fabiano Reis e Silvio Medeiros.

  • 1 2