Fernando Machado

Blog

Tag Marinheiros

Fatos Diversos

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco homenageou, semana passada, os arquitetos e urbanistas Gildo Montenegro e Zildo Caldas pela longa trajetória acadêmica dos profissionais.

Juliano Dubeaux, Gildo Montenegro, Rafael Amaral Tenório, Roberto Salomão e Zildo Caldas (Foto: Divulgação)

No próximo dia 25, às 10h, na Escola de Aprendizes de Marinheiros, teremos a cerimônia militar alusiva aos 162 anos de criação desta escola, cujo comandante é o capitão de fragata André Luiz Dias Sêda.

 

Anotações do Cotidiano

O oftalmologista Álvaro Dantas esteve semana passada em São Paulo, por um dia, a fim de participar no Maksoud Plaza, do Congresso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia. Álvaro ministrou a palestra O que preciso saber sobre SMILE, que é a última geração em cirurgia de correção de grau a laser.

No próximo dia 26, na Escola de Aprendizes de Marinheiros de Pernambuco, às 10h, vamos ter a solenidade de passagem de comando daquela unidade militar. O atual comandante capitão de fragata Omar Salles Almeida passa as funções para o capitão de fragata André Luiz Dias Sêda.

Notícias da Caserna

Está no Recife em viagem de inspeção, até o próximo sábado, uma comitiva de cadetes da tradicional Academia Militar de West Point, nos Estados Unidos. Na agenda visita ao Comando Militar do Nordeste. O grupo é formando por seis cadetes, quatro homens e duas mulheres. Daqui eles seguem até Natal, no Rio Grande do Norte.

No próximo dia 13 na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco, vai acontecer uma reunião da turma que serviu no período do Comandante Armando Leitão e do imediato Wilson Rocha. , estiveram à frente da instituição. Deverá prestigiar o encontro o staff da época. Nos informa Áurea Rosa Melo, que era secretária da EAM-PE na época.

 

A EAM-PE tem novo Comandante

Sem pompa e circunstancia tivemos terça-feira, à tarde, a cerimônia de passagem de comando da Escola de Aprendizes de Marinheiros de Pernambuco, no campo de futebol da escola. O calor era tanto que uma marinheira desmaiou. Tivemos a execução do Hino do Brasil, via som, pois a Banda da EAM-PE ainda está em formação. A cerimônia muito rápida foi presidida pelo vice-almirante Renato Rodrigues de Aguiar Freire, comandante do III Distrito Naval.

Carolina e Omar Salles Almeida e a filha Larissa (Foto: Fernando Machado)

Almirante Renato Aguiar Freire e Ayla (Foto: Fernando Machado)

O Capitão-de-Fragata Marcos Valle de Moura passou as funções para o também Capitão-de-Fragata Omar Salles Almeida. Como os novos marinheiros, chegaram recentemente, apenas uma pequena tropa estava no estádio. Saí da solenidade frustrado, pois não ouvi a execução do Cisne Branco, um dos hinos mais bonitos que conheço. Tivemos leitura das portarias de exoneração e nomeação do comandante Moura e Omar, assinada pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira.

Marcos Valle de Moura e a esposa Isabelle entre os filhos Felipe e Tiago (Foto: Fernando Machado)

O Capitão dos Portos Mauricio Bravo entre Guilherme Lima e Roberto Moliterno (Foto: Fernando Machado)

Tivemos as falas do comandante da EAM-PE que saia, Marcos Valle de Moura e a do que entrava Omar Salles Almeida, além é claro, a do comandante do III DN, vice-almirante Renato Freire. O speech do Fragata Marcos foi entremeado de emoção e saudades. Encerrou cantando o hino da escola que não foi executado na cerimônia: “Adeus o Escola querida / adeus vou à pátria servir / adeus camaradas gentis / adeus, adeus, adeus eu vou partir”. Até os pássaros que sempre sobrevoam aqueles eventos não deram sinal de vida.

O general Fernando Ferreira e a executiva Maria Inês Pessoa (Foto: Fernando Machado)

Zilma Figueiredo, Áurea Rosa Melo e a capitã corveta Isabelle Moura (Foto: Fernando Machado)

Depois aconteceu um lanche na Praça d’Armas da EAM-PE, grifado pelos responsáveis da gastronomia da escola, sob a supervisão do mestre das armas, Freitas. O cardápio constou de vários tipos de quiches. O capitão de fragata Marcos Valle de Moura servir no Ministério da Defesa, que está acabando a história das Forças Armadas em Pernambuco, desde os terríveis governos do PT. É bom lembrar que o atual ministro é pernambucano. O blog se nega a citar o seu nome, pela sua falta de pernambucanidade.

  • 1 2 9