Fernando Machado

Blog

Tag mama

Lucilo Maranhão Diagnósticos & Outubro Rosa

Lucilo Maranhão Neto, Beatriz, Ricardo Maranhão Filho, Norma e Ricardo Maranhão (Foto: Fernando Machado)

Dos mais concorridos e prestigiados o jantar beneficente que aconteceu no Restaurante Chicama, no Cabanga Iate Clube, promovido pelo Lucilo Maranhão Diagnósticos. A renda foi destinada para a Casa Rosa, ONG que fornece apoio às mulheres com câncer de mama, que tem à frente Bruna Trajano, Cristina Maranhão e Kadja Camilo, e também para o IMIP, leia-se Silvia Rissin, da Fundação Alice Figueira.

Amanda Campos e Fabiana Andrade Lima (Foto: Fernando Machado)

Beatriz Castro e Paula Melo (Foto: Fernando Machado)

Biba Fernandes e Eduarda Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

Tivemos três falas: das médicas radiologistas Norma Maranhão, da filha Maria Beatriz e da sommelier Eduarda Figueiredo, do Women’s Wine. O fundo musical ficou por conta da cantora Larissa Lisboa e banda. Na ocasião os artistas plásticos Bruno Alheiros, Heitor Dutra e Paula Boechat, lançaram uma edição limitada de lenços com estampas alusivas ao Outubro Rosa. Os lenços têm três estampas diferentes e serão vendidos nas lojas A Maison e Josefinna.

Eduardo Monteiro e Claudia Portela (Foto: Fernando Machado)

Heitor Dutra, Paula Boachat e Bruno Alheiros (Foto: Fernando Machado)

Manoel Ferreira e Norma Maranhão (Foto: Fernando Machado)

A decoração vistosa foi grifada pela Join Eventos. Na entrada uma mesa de doces de Lana Bandeira e uma peça com janelas giratórias remetendo aos patrocinadores. Sobre as mesas arranjos de flores. O jantar foi grifado pelos chefs Biba Fernandes e Lícia Maranhão. No cardápio cebiche de pescado, casquinho de mariscos com farofa de coentro, escondidinho de carne de sol e cubos de filé gorgonzola com mini batatas.

Murilo e Ana Cristina Guimarães (Foto: Fernando Machado)

Roberta Jungman e dona Maria do Carmo Monteiro (Foto: Fernando Machado)

A diva Sarita Martins e a filha Mirella (Foto: Fernando Machado)

O prato de resistência foi panelada, composta por arroz cremoso com linguiça, carne de sol desfiada, bacon, queijo coalho, feijão verde, banana da terra e ají. Tudo isso regado a vinho do Women’s Wine. Os convidados eram recebidos por Norma em grande noite by One Up, a filha Beatriz, Ricardo Maranhão, Lucilo Maranhão Neto e Ricardo Maranhão Filho. O tema da noite foi a importância do diagnóstico precoce é preciso.

Silvia Rissin, Norma Maranhão e Cristina Maranhão (Foto: Fernando Machado)

Câncer de Mama no alvo da moda

Hering dá continuidade às comemorações dos 25 anos da campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda, realizada em parceria com o IBCC Oncologia, trazendo duas fortes mulheres para representar a causa. Isabeli Fontana e Ana Claudia Michels protagonizam a nova campanha e simbolizam o coletivo de mulheres fortes que se dedicam à conscientização em torno do tema. Com preços a partir de R$49,99, as peças da coleção estão à venda nas lojas Hering desde o dia 1º de outubro.

Ana Claudia Michels e Isabeli Fontana (Foto: Divulgação)

A cada produto vendido, R$ 6,50 são revertidos para a Instituição. Pioneira em desmistificar paradigmas relacionados ao câncer de mama, a Hering parceira da campanha do IBCC há mais de 2 décadas, trouxe a discussão sobre a doença para um espectro mais amplo e fez da moda um artifício para a conscientização. Cada vez mais atual e pertinente, a parceria com o IBCC Oncologia completa 25 anos em 2020 e continua gerando impacto positivo em prol da saúde e do bem-estar.

 

Gisella Amaral: A dama do bem-querer

Uma nuvem de tristeza encobriu nosso blog, ontem, quando chegou a notícia do falecimento, no Rio de Janeira, da diva Gisella Amaral. Ela que lutava contra um câncer há muito tempo, era muito católica e sempre se reunia com as amigas cariocas para rezar o terço. Era uma lady, na verdadeira acepção do termo. Gisella era filha de uma pernambucana, dona Elvira que conheceu seu pai, o carioca Alfredo Amaral, casaram e foram morar no Rio de Janeiro.

Thereza Lapa, Cristina Cunha, Luis Augusto de Britto, Gisella e Sonia Amaral numa previa de carnaval em 1957 (Foto: Acervo de TLCA)

Gisella nasceu no Rio de Janeiro dia 26 de junho de 1940. Estudou com uma amiga/irmã Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque no Colégio Sacré-Coeur de Marie do Rio de Janeiro. E foi por intermédio da amiga Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque conheci a dama do bem-querer, no dia 12 de outubro de 2010, quando veio até o Recife divulgar o Câncer de Mama, promovido pela Roche e era a Madrinha Nacional.

Gisella Amaral com o marido Ricardo (Foto: Instagram)

A festa aconteceu na Arcádia de Boa Viagem e teve como madrinhas as senhoras Margot Monteiro, Lilian Nejaim Bandeira de Mello, Maria Celina Mota e Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque. Domingo Theresa falou com Gisella via Zap e sentiu que seria a ultima vez, no final ela mandou esta frase: “Tequinha, eu cansei de viver”.

Gisella Amaral e o filho Ricardo ng (Foto: Lu Lacerda

A blogueira Lu Lacerda escreveu: “E assim partiu Gisella, deixando o Rio de luto. Era o símbolo do bem-querer!” Gisella era formada em Enfermagem e Jornalismo, mas especializou-se em servir ao próximo. Ela foi casada com o empresário Ricardo Amaral foi mãe de dois filhos Ricardo e Bernardo e avó de três netas.

Flashes

Seguiu ontem até os Estados Unidos, a jornalista Katia McCartney. No roteiro Baton Rouge, Nova Orleans e Nova Iorque.

Quem esteve semana passada no Recife, foi o novo embaixador da França no Brasil, Michael Miraillet.

Hoje, às 19h, no Instituto Cervantes, será exibido o filme Tempo de Silencio, dirigido pelo cineasta Vicente Aranda.

O advogado e jornalista Ricardo Guerra passou esta semana em Manaus, no Amazonas, em viagem de negócios.

A oncologista Cristiana Tavares, profere palestra segunda-feira, no Seminário sobre Câncer de Mama, na OAB.

A vaca que os arquitetos Turibio e Zezinho Santos, criaram para a Cow Parede, em Boa Viagem, está linda. Tem flores e colares de perolas.

 

  • 1 2 5