Fernando Machado

Blog

Tag literatura

Pausa Poética

“Quem, na medida guarda a viva sombra / pesando espelho ou seduzindo o todo? / Quem mais que sombra e medição é causa em si? / Quem em si, causando é imune?” Ladjane Bandeira (1927/1999)

Pausa Poética

01“Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor”. Goethe (1749/1831)

Pausa Poética

“Quando tenho Arlequim, / quero Pierrô tristonho, / pois um dá-me prazer, / o outro dá-me o sonho!” Menotti Del Picchia (1892/1988)

Pausa Poética

“A arte existe porque a vida não basta”. Ferreira Gullar (1930/2016)