Fernando Machado

Blog

Tag literarios

Anotações do Cotidiano

O presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, nos convida para a posse do novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, que acontece hoje. Às 10h, temos uma missa na Ordem Terceira de São Francisco e às 15h, sessão solene no Palácio da Justiça. Estão na nova diretoria Cândido de Moraes (1º vice-presidente), Antenor Soares Junior (2º vice-presidente), e Fernando Cerqueira dos Santos (Corregedor Geral da Justiça).

Os Prêmios Literários Cidade de Manaus estão com as inscrições abertas até o próximo dia 28. Haverá premiações para os gêneros: romance, novela, contos, poesia, crônicas, texto teatral, ensaios, jornalismo literário, entre outros. Há premiação é nacional e local. O resultado está previsto para 1º de junho. As fichas de inscrição podem ser obtidas na sede do Conselho Municipal de Cultura, na Avenida André Araújo, 2.767, Aleixo ou pelo site http://concultura.manaus.am.gov.br/premio-literario-cidade-de-manaus.

Anotações do Cotidiano

Os vencedores do Concurso Literário da Academia Pernambucana de Letras de 2015 foram: Prêmio Antonio de Brito Alves (Ensaio) – Flávio Brayner, Prêmio Edmir Domingues (Poesia) Sonia Maria Marques, Premio Elita Ferreira (Literatura Infantil) Paulo Santos de Oliveira, Prêmio Waldemar Lopes (Soneto) Paulo de Andrade Almeida, e Premio Amaro Quintas (História de Pernambuco) Paulo Santos de Oliveira. Não houve premiação para o Prêmio Vânia Souto Carvalho (Ficção).

Por conta do XXII Janeiro de Grandes Espetáculos, temos amanhã, às 14h, na Caixa Cultural Recife o debate O Protagonismo da Pessoa Com Deficiência Nas Artes. A roda de diálogo faz parte do programa Unlimited – Arte sem Limites do British Council Brasil e propõe uma reflexão sobre os processos de formação, de criação artística da pessoa com deficiência e da produção cultural que emerge nesse contexto. Participarão da mesa redonda Paula Lopez, Liliane Rebelo e artistas convidados. A mediadora será Andreza Nóbrega.

Prêmios Literários Cidade do Recife

O concurso Prêmios Literários Cidade do Recife 2009 tem os seguinte vencedores. O Elpídio Câmara, da Categoria Teatro, foi para “Artimanhas de Malazartes” (Rogério Rangel Costa). A Menção Honrosa para “A Saga de Vicente – Depois do fim do Mundo” (Gustavo Caldeira Ministério). O Jordão Emerenciano, da Categoria Ensaio, foi para “Recife Mascate – A Aventura empreendedora lusa na primeira metade do século XX” (Luiz Eduardo Carvalheira de Mendonça). As Menções Honrosas foram para as “Morte das Pretinhas: Informatização no jornalismo diário”, (Ronize Aline Matos e Abreu); “Make It New: A Modernidade pop no jornalismo pernambucano e ascensão do movimento mangue beat” (Ana Carolina Leão do Ó) e “Delmiro Gouveia: Era uma Vez no Sertão…” (Alberto Cosme Gonçalves).

Já o Eugênio Coimbra Junior, da categoria Poesia, venceu “Máquinas na Pista” (Marcus Vinícius T. Queiroga Pereira). Ficaram com as Menções Honrosas “Mínima Voz” (Conrado Vito Rodrigues Falbo), “Livro dos Líquidos” (Biagio Picorelli Filho) e “Manufatura” (Heitor Plínio Cardoso Sales de Araújo). No Lucilo Varejão de Ficção a vencedora foi “Illuminata” (Luzilá Gonçalves Ferreira). As Menções Honrosas foram para “Aurora Club” (Paulo Afonso Correia de Paiva), “Onde o homem?” (Diogo de Oliveira Reis) e “Pantins e Buruçus” (Rogério Rangel Costa).