Fernando Machado

Blog

Tag jovens

Jovens Embaixadores 2019

A Missão Diplomática dos Estados Unidos divulgou, na terça-feira, os nomes dos 50 estudantes selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2019. A viagem dos Jovens Embaixadores para os EUA será de 11 de janeiro a 2 de fevereiro de 2019. Durante essas três semanas, eles passarão pela capital dos EUA, Washington, D.C., e depois, em grupos embarcarão para diferentes cidades americanas, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA, líderes de ONGs, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. Desde ranking tivemos 12 nordestinos. Sendo quatro da Bahia Cassandra Falck de Matos Salvador, Rafael Ladeia Alexandrino Salvador, Yasmin Matos de Vasconcelos Camaçari e Rafael Ladeia Alexandrino Salvador.

Três de Pernambuco Julianny Rebeca Dos Santos Araújo Jaboatão dos Guararapes, Karlle Tathyana de Almeida Santos Recife e Maria Eugênia Alves e Silva Garanhuns; dois da Paraíba Matheus Henrique Santos Monteiro Campina Grande e Thalita Cecília da Silva Barreto João Pessoa; um de Alagoas Beatriz Fidelis Paulino União dos Palmares; um do Ceará Antônio Rogério Bié de Moura
Santa Quitéria e do Rio Grande do Norte Thaynara de Azevedo Luciano Parelhas.

 

Nossa Bandeira Jamais será Vermelha

Participei ontem à noite, na Avenida Boa Viagem, de uma comemoração emocionante. O que presenciei ontem me fez fazer uma viagem aos anos quarenta quando terminou a II Guerra Mundial. As famílias e os amigos se abraçando e muitas pessoas chorando, quando surgiu no telão o resultado da vitória de Jair Bolsonaro para Presidente do Brasil. Eu sai do II Jardim às 21h, pelo calçadão, ainda tinha gente chegando para comemorar.

Quando a Record anuncia o resultado final (Foto: Fernando Machado)

Uma carreata de veículos que não terminava. Jovens e crianças enrolados com a Bandeira do Brasil. Somente via isso nas Copas do Mundo. E coube ao Capitão unir os brasileiros. Conseguiu trazer de volta a brasilidade, que estava fora de moda. Uma lua esplendida testemunhou que todo poder emana do povo. E não esquecer que ontem era o Dia de São Judas Tadeu, o santo dos aflitos e das causas impossíveis. Não esquecer a queima de fogos de artifícios. Linda demais.

Ninguém segura a juventude do Brasil (Foto: Fernando Machado)

A partir de janeiro vamos ter um novo Brasil, sem mentiras, sem corrupções, com democracia e sem anarquia. O Brasil deverá ser passado alimpo. E lembrando a canção de Dom, da dupla Dom e Ravel, embalada para a Copa de 70: “Eu te amo, meu Brasil, eu te amo / Meu coração é verde, amarelo, branco, azul-anil / Eu te amo, meu Brasil, eu te amo / Ninguém segura a juventude do Brasil”. E como escreveu Nelson Ferreira “Quando o povo decide / Não há quem dê jeito”.

Sônia Maria Campos:  7ª mais bela do Mundo

Há 59 anos, acontecia no Lyceum Ballroom, em Londres, na Inglaterra, a escolha da Miss Mundo de 1958. Participaram do evento 22 candidatas. No top 7 ficaram Sonia Maria Campos (Brasil), Eileen Elizabeth Sheridan (Inglaterra), Lucienne Struve (Holanda), Gunilla Harriet Margareta Wågström (Suécia),   Vinnie Ingemann (Dinamarca), Claudine Ogger (França) e Penelope Coelen (África do Sul).

Penelope Coelen no trono e com traje típico (Fotos: Divulgação)

Top 12 foi formado por Penelope Coelen (África do Sul), Dagmar Herner (Alemanha), Sonia Maria Campos (Brasil), Marilyn Anne Keddie (Canadá), Vinnie Ingemann (Dinamarca), Nancy Anne Corcoran (Estados Unidos), Claudine Oger (França), Lucienne Struve (Holanda), Eileen Elizabeth Sheridan (Inglaterra), Elisabetta Velinsky (Itália), Ase Qjeldvik (Noruega), Gunilla Harriet Margareta Wågström (Suécia).

Sônia Maria Campos as misses Nancy Anne Cocoran dos Estados Unidos e Hisako Okuse do Japão (Fotos: UPI/O Cruzeiro)

Participaram do Miss Mundo de 1958 as jovens Penelope Coelen (África do Sul), Dagmar Herner(Alemanha), Michele Gouthals (Bélgica), Sonia Maria Campos (Brasil), Marilyn Anne Keddie (Canadá), Vinnie Ingemann (Dinamarca), Nancy Anne Corcoran (Estados Unidos), Claudine Oger (França), Mary Panaoutsopoulou (Grécia), Lucienne Struve (Holanda), Eileen Elizabeth Sheridan (Inglaterra), Susan Riddell (Irlanda), Hjordis Sigurvinsdóttir (Islandia).

Gunilla Wågström, Claudine Oger, Penelepe Coelen, Vinnie Ingemann e  Lucienne Struve (Foto: Divulgação)

Ainda Rachel Shafrir (Israel), Elisabetta Velinsky (Itália), Hisako Okuse(Japão), Jocelyne Lambin (Marrocos), Ase Qjeldvik (Noruega), Gunilla Harriet Margareta Wågström(Suécia), Denise Orlando (Tunísia), Sunay Uslu (Turquia) e Ida Margarita Pieri (Venezuela). O Brasil, com a pernambucana Sônia Maria Campos participava pela primeira vez do concurso. A Miss França, Claudine Oger, virou atriz de cinema, com o nome de Claudine Auger. Inclusive atuou em James Bond.

 

Veja o desfile no https://www.youtube.com/watch?v=pLf8wB0Vw0A.

Anotações do Cotidiano

A Embaixada dos Estados Unidos informa que as inscrições para o X Programa Jovens Embaixadores, intercâmbio estudantil de três semanas nos Estados Unidos, vão até 12 de agosto. A Embaixada promoverá um Facebook Live, no dia 1 de agosto, às 16h, quando os interessados poderão tirar dúvidas com a coordenação do programa sobre o processo, os documentos necessários e muito mais. Informações no www.facebook.com/jovensembaixadores.

De acordo com o último Censo da Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas, realizado em 2016, o Brasil é um dos campeões em procedimentos íntimos. Só de plásticas vaginais foram realizadas mais de 25 mil cirurgias. Alinhada à demanda, a ginecologista Regina Didier, inaugurou, nas Graças, a primeira clínica de estética íntima com procedimentos realizados por uma ginecologista no Recife.