Fernando Machado

Blog

Tag jornal

De volta para o passado

Há 125 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Aníbal Fernandes, que morreu no dia 12 de janeiro de 1962.

Há 80 anos, chegava ao Porto do Recife, o Navio Escola Sagres, da Marinha de Portugal. No comando o capitão tenente Eduardo Pereira Viana. A bordo 315 homens.

Há 80 anos, o Hotel Central, de George Kyrillos, é fechado por conta de crise financeira.

Há 70 anos, acontecia a colação de grau da Escola de Bela Artes, da primeira arquiteta Honorina Souza Lima e da Escultora Aurora Lima.

Há 40 anos, João Alberto na sua coluna do DP, escolhia pela primeira vez, a Mulher Mais Elegante do Ano: Tereza Pessoa de Queiroz Gamet.

Há 40 anos, era lançado o jornal Correio de Pernambuco, que fechou em 31 de agosto de 1980. O colunista social era Dalci José Brigido (1945/2011).

De volta para o passado

Há 95 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, a Companhia Billoro, com a ópera Carmen, de Bizet.

Há 85 anos, acontecia o concerto da pianista Anna Carolina no Teatro de Santa Isabel.

Há 80 anos, o Jornal Pequeno, escolhia os jogadores mais simpáticos de Pernambuco. Venceu Fernando Carvalheira do Náutico, no 2º lugar ficou Magri do Sport e no 3º lugar Tará do Santa Cruz.

E assim se passaram 50 anos

Quando o Jornal Nacional foi ao ar no dia 1º de Janeiro de 1969, a Diva da Imprensa de Pernambuco, Jô Mazzarolo brincava de boneca na sua terra natal, Alegrete, no Rio Grande do Sul. Domingo quando ele comemorou 50 anos, estava na festa que aconteceu no Macuge, restaurante localizado no Jóquei, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, como profissional de primeira Linha. Naquela noite de segunda-feira, entrava no ar a primeira edição do Jornal Nacional, tendo como âncoras Hilton Gomes (1924/1999) e Cid Moreira.

Herbert Fiuza, Márcio Bonfim sendo muito cumprimentado pela atuação no JN e Jô Mazzarolo (Foto: Instagram)

Domingo, Hilton não estava, mas, Cid Moreira representou a bancada daquele jornalismo e foi festejado por Jô Mazzarolo. Ela também pode cumprimentar Alice Maria, Sérgio ChapelinWilliam Bonner pelo cinquentário do Jornal Nacional. Na ocasião foi lançado o livro JN – 50 anos de telefornalismo pela Editora Globo. Nas 457 páginas, puderam ler os depoimentos de fundadores da Globo, de diretores e de jornalistas que fazem o Jornal Nacional.

De volta para o passado

Há 80 anos, começava a II Guerra Mundial, que terminou no dia 2 de setembro de 1945.

Há 60 anos, subia ao palco do Teatro de Santa Isabel, a atriz Cacilda Becker com a peça Maria Stuart.

Há 50 anos, estreava na TV Globo, o Jornal Nacional.

Um sucesso a apresentação do People Village (Foto: Fernando Machado)

Há seis anos, este cronista participava do Brazilian Day, em Nova York, a convite do secretário de Turismo Alberto Feitosa.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, a socialite Zilda Bandeira Pinheiro de Oliveira, que nasceu no dia 8 de novembro de 1913.

Há cinco anos, morria o desportista Pedro Paula Barreto, que nasceu no dia 7 de setembro de 1946.