Um almoço inesquecível

A acadêmica Marly Mota recebeu, sábado, em seu bonito apartamento de Casa Forte, em grande estilo, para almoço en petit comité, ao lado do filho Mauricio, em torno das despedidas de Luciana e Damião Gaspar de Oliveira, que residem no Rio de Janeiro e vieram exclusivamente prestigiar a posse da anfitriã na Academia Pernambucana de Letras. Luciana, née Mota, e Damião retornam hoje para a Cidade Maravilhosa.

m-marly-tereza-sofia
Marly com a filha Tereza e a neta Sofia (Fotos: Fernando Machado)

O encontro além de classudo e elegante por instante virou história. Por exemplo, fui ao túnel do tempo e lembrei quando o escritor Mauro Mota era vivo e aos sábados, ao lado de Marly, recebia para almoço a intelectualidade pernambucana. Então bateu aquela brisa de saudosismo. O menu continua dos deuses, apenas estava faltando ele. E como os imortais não morrem o autor da Elegias foi o prato de resistência.

m-damiao-luciana-renato
Os Gaspar de Oliveira Damião, Luciana e Renato

Antes de ser servido o almoço os convidados puderam conversar sobre fatos que marcaram o mundo social e intelectual do glamoroso Recife de antigamente. Falamos de Gilberto Freyre, de Marcos Vilaça, de Gomes Maranhão, de Carlos Penna, de Miguel Arraes, e por ai foi. A violência papo atual em todos os encontros sociais não teve vez.

m-serginho-flavia-lucia-sergio-maria-digna-leonardo-neves-mirella
Serginho, Flávia Lúcia, Sérgio, Maria Digna e Mirella Mota com Leonardo Neves

Três gerações estavam presentes e puderam entender porque aquele Recife recebeu todos os focos nas memórias da homenageada, Luciana, e das senhoras Cristina Guimarães Ribeiro e Inah Coimbra. Luciana conheceu todos os grandes nomes da literatura e da sociedade recifense. Tereza Mota, com a filhota Sofia, contou vários causos de sua época de criança. Era constante acompanhar Marly e Mauro nas palestras e nos saraus. Mesmo assim aprontava como qualquer criança.

m-cristina-inah-marly
Cristina Guimarães Ribeiro, Inah Coimbra e Marly Mota

Eduardo, ao lado da mulher Luciana, dos filhos Mauro e Francisco, sogra Águeda Martins e da francesa Julie Fournereali, que passa temporada em sua casa devido a um intercâmbio estudanti, fez um passeio pelos fatos engraçados do pai, Mauro Mota. Sérgio e Flávia Lúcia, à côté Mirella, Serginho e Maria Digna, ainda o futuro genro Leonardo Neves, resgataram outros momentos do clã Mota.

m-mesa
Marly, Águeda, Julie, Luciana Mota, Luciana Gaspar, Tereza e Inah curtindo as sobremesas

E quando Marly convidou o grupo para sentar à mesa, a gente já esperava o festival gastronômico que seria servido. Fazia parte do cardápio ensopado de bacalhau, medalhão de chester, galinha assada, com batata noisette, carne de sol com feijão verde acompanhado de molho vinagrete e um filé de carne com vargens na manteiga.

m-mauro-luciana-sergio-francisco-mota
Luciana e Eduardo com os filhos Mauro e Francisco

Para sobremesas outras maravilhas. Tapioca molhada, servido numa peça linda de cristal; bolo de frutas by Asfora, sorvete de requeijão com calda quente de goiaba ao vinho, by Tereza Mota (que era de comer de joelhos) e o tradicional bolo de rolo. Quando sai da penthouse da nova imortal da APL estava revigorado de cultura e gastronomia.