Fernando Machado

Blog

Tag harpista

De volta para o passado

Há 115 anos, acontecia a inauguração do Monumento de Nossa Senhora da Conceição.

 

Há 105 anos, nascia o desembargador Aderson Antão de Carvalho, que morreu no dia 26 de agosto de 1998.

Há 100 anos, a harpista Lea Llobera, fazia recital no Hotel do Parque, às 16h, para a imprensa. À noite se apresentou no Teatro de Santa Isabel.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o executivo Edson Mororó Moura, que morreu no dia 15 de janeiro de 2009.

Há 75 anos, nascia em Pernambucano, a cartunista Conceição Cahu, que morreu no dia 18 de dezembro de 2006.

Há 60 anos, casam na Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, em Salvador, Maria Euthymia Manso e Tacito Pimentel.

Há 25 anos, morria nos Estados Unidos, o compositor Tom Jobim, que nasceu no dia 25 de novembro de 1927.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o repentista Galo Preto, que nasceu no dia 8 de outubro de 1935. (Foto: Roberta Guimarães)

Há 10 anos, morria em Alagoas, a major Elza Cansanção de Medeiros, que nasceu no dia 21 de outubro de 1921.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, Frei Luciano Maciel Pinheiro, que nasceu no dia 12 de setembro de 1922.

De volta para o passado

Há 468 anos, era na Bahia, a cidade de Salvador.

Há 300 anos, era fuzilado na Bahia, o Padre Roma (José Inácio Ribeiro de Abreu e Lima) que nasceu em 1768.

Há 110 anos, nascia no Rio de Janeiro, o cantor/compositor Braguinha (Carlos Alberto Ferreira), que morreu no dia 24 de dezembro de 2006.

Há 85 anos, morria na Paraíba, Anthenor Navarro, que nasceu no dia 31 de agosto de 1879. (Foto: Diário da Manhã)

Há 75 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, às 16h, o primeiro concerto da Orquestra Sinfônica Popular.

Há 65 anos, estreava na Radio Jornal do Commercio, Colé e Alda Santos.

Há 65 anos, nascia no Rio de Janeiro, o ator Jorge Lafond (Jorge Luiz Souza Lima), que morreu no dia 11 de agosto de 2003.

Há 65 anos, estreava no Teatro de Santa Isabel, o harpista espanhol Nicanor Zabaleta, que ficou hospedado no Grande Hotel.

De volta para o passado

william_shakespeare_1609

Há 400 anos, nascia na Inglaterra, o William Shakespeare, que morreu no dia 23 de abril de 1664.

casa-de-detenção-1918

Há 161 anos, o governador Francisco Antônio Ribeiro inaugurava a Casa de Detenção do Recife, cujo projeto foi do engenheiro José Mamede Alves Ferreira. Ela foi desativada em 1973.

sacadura-cabral

Há 135 anos, nascia em Portugal, o aviador Sacadura Cabral, que morreu no dia 11 de novembro de 1924.

Há 100 anos, acontecia no Cine Teatro Helvética, Baile Carnavalesco, promovido pelo Jornal do Recife. Maria Dulce de A. Cunha ganhou o premio de fantasia mais rica; Maria Djanira Carneiro Pereira ganhou como a mais original e a melhor dançaria foi Maria Eunice Gama.

gustavo-colaco-dias

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o industrial Gustavo Colaço Dias, que morreu no dia 5 de setembro de 2104.

leaa-bach-pianista-internacionmal-dm04abril1936

Há 80 anos, se apresentava no Clube Português do Recife, a harpista espanhola Léa Bach.

Há 55 anos, Sonia Amorim era eleita o Brotinho Alvirrubro de 1971, durante a Vesperal dos Brotinhos. Participaram do concurso Ivanda Bezerra de Albuquerque, Ligia Regis Lins e Flávia Maria Farias.

gustavo-krause-leonardo-silva

Há 37 anos, o prefeito Gustavo Krause inaugurava a Fundação de Cultura da Cidade do Recife. O primeiro presidente foi o jornalista Leonardo Dantas Silva.

antonio-de-brito-alves3

Há 25 anos, morria em Pernambuco, o advogado Antônio de Brito Alves, que nasceu no dia 15 de junho de 1921.

II Virtuosi Sem Fronteiras

Entre os dias 14 e 17 de março, no Teatro de Santa Isabel, será realizado o II Virtuosi Sem Fronteiras. No primeiro dia, às 20h, sobe ao palco do teatro, o pianista, arranjador, compositor e multiinstrumentista André Mehmari. Paralelamente o Virtuosi oferece oficina de violoncelo com Dimos Goudaroulis, oficina de piano com André Mehmari e percussão com Eduardo Contrera. No dia 15, às 20h, teremos um concerto com o violoncelista Dimos Goudaroulis.


A harpista Cristina Braga no Virtuosi (Foto: Cortesia)

Na segunda parte do programa, o violoncelista apresenta A Arte do Instante – música de câmara improvisada ao lado do percussionista Eduardo Contrera. No dia 16 será a vez da harpista Cristina Braga e encerrando o Virtuosi Sem Fronteiras sobe ao palco do Santa Isabel o saxofonista Leo Gandelman. Na segunda parte, o saxofonista se apresenta como solista da Orquestra Jovem de Pernambuco sob a regência de Rafael Garcia.