Fernando Machado

Blog

Tag galerista

Anotações do Cotidiano

Hoje, às 19h, na Arte Plural Galeria, teremos o vernissage de Renato Valle com a exposição A revisão da pintura. A mostra comemorar os 40 anos de carreira artística do artista plastico, e um resgate de suas pinturas ao longo desses anos. O Renato trabalhou durante dois anos na produção da exposição, que conta com 19 pinturas. O texto crítico é de Bete Gouveia. A mostra ficará aberta ao publico até o dia 21 de dezembro.

Hoje tem Renato Valle na Arte Plural (Foto: Divulgação)

Na próxima quinta-feira, às 18h, a Urban Arts, da galerista Brisa Diniz, movimenta uma festa com o trabalho artístico de Perron Ramos e exposição de suas obras, bem como o lançamento do livro comemorativo dos 10 anos da loja. A galeria foi repaginada, com ambientes assinados por três escritórios de arquitetura: Manu Tenório, Carol Soter, Luana Fonteles e Renata Maaze, do Kub Desing.

Parabéns

Hoje, 07, Dia de São Pedro de Córdova e de Santo Antônio Maria Gianelli, e da Liberdade de Imprensa, aniversariam o escritor Aguinaldo Silva, os executivos Atalarico Moreda e Mônica Brito Azevedo, a galerista Lucia Santos,

A executiva Anuska Azevedo (Foto: Face)

O arquiteto Saulo Barros (Foto: Face)

Fatos Diversos

O chef Fernando Fonseca, Reserva Restaurante, do Sheraton Reserva do Paiva, criou sete pratos para o Recife Restaurant Week, que acontece de 17 de maio a 9 de junho. Aberto apenas para o jantar, o espaço segue a temática do ano do campo à mesa, e todas as opções possuem ingredientes orgânicos de produtores locais.

No próximo dia 30, a galerista Lúcia Santos abre as portas de sua Amparo 60 para o vernissage, da exposição A Beleza do Tempo, do artista pernambucano Derlon. A mostra, que faz parte das comemorações dos 20 anos da galeria. Derlon vai pintar um grande mural no corredor da sobreloja do Edifício Califórnia.

Carlos Ranulpho: O Mercador da Beleza

Maria José das Neves e João Ranulpho (Fotos: Reprodução do livro)

Hoje, às 19h, vamos ter na Galeria Ranulpho, no Recife Antigo, o lançamento do livro Carlos Ranulpho – O Mercador de Beleza, escrito pelo competente jornalista Marcelo Pereira. Paralelamente acontece uma exposição intitulada Uma História de Arte. Na obra Marcelo nos leva para tour pelo mundo deste colecionador e galerista. Começa falando sobre o seu pai, J. Ranulpho, caricaturista e desenhista e que era fã de Luiz Carlos Prestes e por isso, recebeu o nome Carlos.

Filipe entre os pais Carlos Ranulpho e Maria Dulce (Foto: Reprodução do livro)

Carlos Ranulpho de Albuquerque nasceu na Rua da Praia, no Recife, em 28 de abril de 1929, filho de João Ranulpho Lopes de Albuquerque e Maria José das Neves. Antes de ser marchand, Ranulpho foi comerciante, sua primeira loja foi na Rua da Aurora, a It Presentes, depois virou Ranulpho Joalheiros. Seu primeiro trabalho como marchand foi com o artista plástico cearense Chico Silva. Os maiores nomes das artes plásticas como Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro, Wellington Virgolino, para citar apenas nomes, passaram pela sua galeria.

O biografo e jornalista Marcelo Pereira (Foto: Heudes Régis)

Nesta viagem sentimental Marcelo Pereira coloca com maestria dados importantes da vida de Carlos Ranulpho, como o casamento com Maria Dulce, seu filho Filipe (ambos já falecidos), dos vernissages que mexiam com a sociedade pernambucana. Em abril de 1975 ele inaugurou a Galeria na Rua dos Navegantes, em Boa Viagem e em 2001 a atual, na Rua do Bom Jesus, onde acontecerá a festa de hoje. Adorei o livro, com suas imagens que me levaram ao Recife do glamour.

  • 1 2 6