Fernando Machado

Blog

Tag frevo

Anotações do Cotidiano

Amanhã, às 15hs, o Observatório do Frevo, no Paço do Frevo, realiza um encontro teórico-prático com a temática Lourival Oliveira na música frevo: contextos e releituras sobre as composições e arranjos utilizados pelo maestro e compositor de frevos de rua que este ano completaria 100 anos. A roda de conversa no Paço será comandada pelos pesquisadores, Jailson Raulino e Henrique Albino. A mediação será pelo pesquisador Sérgio Gaia, coordenador de música do Paço.

Henrique Albino e Lourival Oliveira (Fotos: Divulgação)

Amanhã, às 19h, no auditório do Sebrae, na Ilha do Retiro,pelo Projeto Sebrae Finanças & Economia em Foco, vamos ter a palestra Pense Positivo: O Poder da Determinação com Geraldo Rufino. É com esse mote que Geraldo Rufino falará sobre a força de vontade que o fez persistir e torna-se, de ex-catador de lixo, office boy, empresário e fundador da JR Diesel, maior empresa brasileira de reciclagem automotiva. A entrada é 30 reais.

Fatos Diversos

O enxadrista Yago de Moura Santiago, Mestre Internacional de Xadrez pela Federação Internacional de Xadrez, estará hoje, às 14h, no Salão de Jogos, projetado pelos arquitetos Thiago Fernandes e Talita Sousa, na Mostra DeAaZ Decor, no Paço Alfândega.

Yago de Moura Santiago hoje no Paço Alfandega (Fotos: Divulgação)

Começam hoje, às 19h, no Compaz Ariano Suassuna, localizado no Cordeiro, as semifinais do Festival Nacional do Frevo. O evento promovido pela Prefeitura do Recife vai premiar as melhores composições de frevo, entre 274 inscritas.

Notícias da Paraíba

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba realiza nestes sábado e domingo mais uma edição do projeto Interatos – mostra e formação permanente de teatro, dança e circo. A programação deste mês traz espetáculos de dança e teatro além de um debate sobre circo. A primeira atividade é gratuita e acontece no sábado, às 16h, no Circo das Estrelas, em João Pessoa. No domingo, serão apresentados dois espetáculos em diferentes locais. Às 17h, o grupo Arretado se apresenta no jardim do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo e às 20h, o grupo Os Cogitadores se apresenta no porão do Theatro Santa Roza.

O frevo e a música jamaicana vão se misturar na programação do AnimaCentro de amanhã, no Pôr do Sol do Hotel Globo, no Centro Histórico de João Pessoa. O evento recebe o grupo instrumental “Parahyba Ska Jazz Foundation” a partir das 16h. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio de sua Fundação Cultural. A entrada é gratuita. De acordo com Pricila Camboim, coordenadora do AnimaCentro, o projeto segue fortalecendo a cultura e valorizando os artistas locais com o programa, distribuindo a programação pelos espaços do Centro Histórico.

Duda, Getúlio por Carlos Eduardo  

Maestro Duda e Mida (Foto: Fernando Machado)

Getúlio Cavalcanti e as pastoras do Bloco da Saudade (Foto: Fernando Machado)

Márcia Souto Carvalho entre as pastoras do Bloco da Saudade (Foto: Fernando Machado)

O Paço do Frevo foi inaugurado no dia 9 de fevereiro de 2014 e fica localizado na Praça do Arsenal, no Recife Antigo. No prédio que é lindo, funcionou do Século XIX até 1973 a Western Telegraph Company Limited, e é tombado pelo IPHAN desde 1998. Foi recuperado com um investimento na ordem de R$ 11,7 milhões, graças a uma iniciativa da Prefeitura do Recife, com criação e realização da Fundação Roberto Marinho. Do edifício original resta pouca coisa mas seu estilo neoclássico ficou perpetuado.

Os paraibanos André e Luzimar Monteiro prestigiando o frevo (Foto: Fernando Machado)

Carlos Eduardo Amaral e Roziane Fernandes (Foto: Fernando Machado)

O Santuário do Frevo cuja curadoria é de Bia Lessa tem quatro pisos. Quando a gente entra nele lembra logo de Nelson Ferreira, Capiba e Luiz Bandeira. Pois foi nesse cenário que tivemos o lançamento dos livros Getulio Cavalcanti – Ultimo Regresso e Maestro Duda – Uma Visão Nordestina escritos pelo jornalista e pesquisador de musica Carlos Eduardo Amaral. Primeiro aconteceu no terceiro andar, que é uma verdadeira maravilha, a parte oficial.

Eduardo Sarmento com as pastoras do Bloco da Saudade (Foto: Fernando Machado)

O host Kiryl Muniz (Foto: Fernando Machado)

O horário previsto para começar era às 15h, mas tudo começou quase uma hora depois. O mestre de Cerimônias foi o competente Kiryl Muniz. Tivemos algumas falas. A primeira foi a de Eduardo Sarmento (Gerente Geral do Paço do Frevo), a segunda foi a do compositor Getulio Cavalcanti e a última do Maestro Duda, que convidou sua orquestra, que orquestra, que executou três peças. A primeira foi Hino Pernambuquinho, depois Duda no Frevo e encerrou com o nosso hino: Vassourinhas.

Léa Lucas um ícone do nosso carnaval (Foto: Fernando Machado)

Mariza Pontes e Leny Amorim (Foto: Fernando Machado)

O publico foi ao delírio. Vassourinhas já fantástica imagina tocada pela Orquestra Maestro Duda. Foi um momento de muita magia. Depois os convidados desceram até o térreo, onde funciona a loja, o café e o Centro de Documentação Guerra Peixe, além da parte administrativa, para os autógrafos. Sentaram a mesa Maestro Duda, Carlos Eduardo e Getúlio. Queremos agradecer ao Gerente Geral Eduardo Sarmento e a produtora do Museu Naara Santos, pela ajuda que nos deu para a elaboração do texto.

Naara Santos (Foto: Fernando Machado)

Mida mulher do Maestro Duda e Rose, mulher de Getúlio Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

Silvio Cajueiro e Luiz Antonio Senna Junior (Foto: Fernando Machado)