Fernando Machado

Blog

Tag fantasias

Baile Municipal de 1980

Há 40 anos, acontecia no Clube Português, o Baile Municipal de 1980. A decoração foi Ary Nóbrega. E a animação ficou com conta das Orquestras José Menezes e Guedes Peixoto, além do Grupo Folclórico de Olinda. Entre os convidados Sônia Maria Campos (Miss Pernambuco de 1958), os colunistas sociais Fernando Zerlottini, Tavares de Miranda com Nini, Reynaldo Loy, Daniel Más, Baby Garroux, Mara e Gilberto Amaral, Sonia Pinheiro, Elvira Raulino, Mauro Junior, Cândida Palmeira, Flavio Torres, Adalberto Rodrigues e Josué Junior.

O cearense Isidoro Santos com Sagração de Delfino de Ouro (Foto: Museu da Cidade do Recife)

Mucio Catão desfilou de Aitolá Khomeini junto com Consuelo. Fantasia Folclórica venceu Jorge Danel com o Manto de Ogum, em originalidade venceu Jaime Melo com a Vitória do Bem, Fantasia Pernambucana venceu Diva Pachco a escultura de Pedra de Nova Jerusalém, em luxo venceu Isabela Dantas com o Anjo Azul, em 2º lugar ficaram Vera Lucia Couto Miss GB com Fantasia de Rubi e Isidoro Santos com Sagração de Delfino de Ouro. O Hors Concurs foi para Jesus Henrique com O Sol da Meia Noite.

Baile Municipal de 1985

Sílvia e o prefeito Joaquim Francisco de Freitas Cavalcanti (Foto: MCR)

Há 35 anos, acontecia no Português, o Baile Municipal de 1985, que foi organizado pela primeira dama Sílvia Couceiro Cavalcanti. Na categoria Beleza Masculina venceu Izidoro Neto dos Santos com As Bodas de Simbad. Na de Beleza Feminina venceu Almerinda Machado com Visão Encantada do Carnaval.

Izidoro Neto dos Santos o grande campeão (Foto: MCR)

Na de Originalidade venceu Dimas Coelho com Lendas do Potengi. Na Folclórica venceu Ricardo Oliveira Montenegro com Boneca de Maracatu. Pernambucana venceu Xuruca Pacheco (Carrossel, um sonho que gira). Foi criado um Prêmio Especial para Consuelo (Miss Mae West, a bomba de Hollywood).

O rei das passarelas Almir da Paixão (Foto: MCR)

Na categoria Hors concours tivemos venceu o campeoníssimo Almir da Paixão com Exaltação a Mauricio de Nassau, Jaime Melo com Marajó, Mustafá, Resplendor do Oriente, Mucio Catão com Calígula) e Diva Pacheco com Sertão, Paraíso de Fé. Os desfilantes eram notáveis. Apresentavam fantasias mesmos e não alegoria. Esse tempo ficará apenas na saudade.

Baile Municipal de 1979

O prefeito Antonio Farias, Helena e Demazinho Gomes (Foto: Manchete)

Os atores na passarela e a capa da Manchete com Rosamaria Murtinho, Adalgisa Colombo, Martha Rocha e Lilian Sonia (Fotos: Manchete)

Há 40 anos, acontecia no Clube Português do Recife, o Baile Municipal. Vieram para a previa Chiquinho Scarpa, Mara Amaral, Martha Rocha, Adalgisa Colombo Teruskin, Silvia Fraga, Alice Halfin, Suely e Ricardo Stambosky, Lucia e José Rodolfo Camara, Helio Souto, Eva Wilma. Os artistas da Tupi Eva Vilma, Helio Souto, Ednei Giovanezzi, Denise Del Vecchio, Rejane Ritcher, Felipe Donavan.

O eterno campeão Almir da Paixão com sua maravilhosa fantasias (Foto: Divulgação)

Leina Crespi, Teresinha Sodré e Regina Collor de Melo (Foto: Manchete)

Para as danças tocaram as Orquestras de José Menezes e de Guedes Peixoto. Apresentação foi de José Maria Marques. No desfile de fantasias na categoria originalidade pernambucana venceu Almir da Paixão com Este Nosso Nordeste e no 2º ficou Edilson Gonçalves (Festa no Circo). No luxo masculino ganhou Luiz Carlos de Carvalho (O Sonho de Aritana)e no 2º Izidoro Santos (Um Rei Negro chamado Petroleo).

Moema Jafet, Silvinha Fraga e Wanda Klabin (Foto: Manchete)

Fernando Villachan e a Miss Brasil Martha Rocha (Foto: Manchete)

No luxo feminino venceu Isabela Dantas (Minha Mangueira Querida) e Jane Bezerra em 2º lugar com Frenesi. Em originalidade nacional venceu Ivete Garrido (Chinatown) e no 2º lugr Pinah (Sejas Mar ou Beija Flor). No luxo de Pernambuco venceu Heraldo Oliveira (Sonho de uma noite de Bagdá) e no 2º lugar Silva Neto (O Segredo das Minas de Prata).

Os desfilantes cariocas Silva Neto, Isabela Dantas e Jesus Henriques (Foto: Manchete)

Suely Stambowsky, Claudio Cavalcanti, Rosamaria Murtinho, Regina Vieira de Melo Moura e Patricia Medeiros (Foto:Manchete)

Ainda tivemos outra categoria Nordestina. Francisco Gurgel do Amaral venceu com A Doce Lenda do Pássaro Azul) e em 2º lugar ficou Di Carlo com No Reino de Netuno. Em originalidade venceu Carlos Costa Rego com Anahn, Deus do Sol e 2º lugar Expedito com Zumbi em Noite de Gesta. Como Hors Concours tivemos Jaime Melo com Exu, o mensageiro de Orixá e Jesus Henriques com O canto do cisne do Lago Azul.

Elisabete Savala e Marcelo Picchi (Foto: Manchete)

Chiquinho Scarpa e Alice Bueno de Freitas (Foto: Manchete)

I Baile dos Artistas

Há 35 anos acontecia o I Baile dos Artistas, sob a coordenação de Marcus Siqueira e Marcelo Peixoto, tendo como inspiradora a diva Helena Pessoa de Queiroz Gomes. Em tempo: Helena foi a Madrinha do Baile dos Artistas, até adoecer. A prévia aconteceu no Batutas de São José, na época localizado no Cais de Santa Rita.

Helena e Demazinho Gomes (Foto: Divulgação)

Para as danças tocou a Orquestra e Coral de Batutas de São José. A Rainha das Atrizes foi a atriz Diva Pacheco, a Rainha dos Artistas a artista plástica Maria Carmen e o Príncipe dos Artistas Luiz Mauricio Carvalheira.

Martha Rocha, Miss Brasil de 1954 (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora que escolheu as fantasias foi composta pela consulesa dos Estados Unidos Lucia Hoffenberg, Clarissa Gonçalves de Lima, Maria Julia Nogueira, Dedé de Castro, Zamir Caldas, Dalci José e Valdi CoutinhoWellington VirgulinoPai Edu e Jaime Melo.

Adalgisa Colombo, Miss Brasil de 1958 (Foto: Manchete)

Entre os que participaram do baile destacamos Martha Rocha (Miss Brasil de 1954), Adalgisa Colombo (Miss Brasil de 1958), Laura Bandeira, Helena e Demazinho Gomes, Berta e Antenor Navarro, o colunista social carioca Carlos Swann, leia-se Fernando Zerllotini e Fernando Villa Chan.