Fernando Machado

Blog

Tag comida

Fatos Diversos

A chef Paula Trindade fará imersão de três meses na Itália para aprofundar estudos sobre alimentação saudável na Scuola di Cucina Vegetariana Indipendente, em Milão, com o mais importante chef italiano de comida natural Pietro Leemann. Paula é chef do Provo Sabor e Saúde, que oferece cursos de gastronomia no Recife, Gravatá e Caruaru.

O VI Prêmio Alcir Lacerda, promovido pelo curso Superior de Tecnologia em Fotografia, leia-se a fotografa Renata Victor, será entregue no próximo dia 19, às 16h, no Museu da Cidade do Recife. Vai recebê-lo Ana Farache e Lula Cardoso Ayres (in memorian). Na ocasião será vendido o livro de Lula sobre fotografias organizado por Betty Lacerda.

Flashes

Hoje, às 19h, no Catamaran, serão conhecidos os vencedores do Comida di Buteco 2017. Informa a jornalista Ana Lins.

Mary Queiroz quando esteve em São Paulo visitou a amiga de sua mãe, Carolina, Lila Martins, esposa do ex governador Egidio Martins.

Quem esteve em João Pessoa, semana passada, foi Nelbe Chateaubriand. Em dezembro virá visitar os amigos do Recife.

Hoje, às 19h30, o Conservatório Pernambucano de Música promove o um concerto com o pianista Benjamim Taubkin, no Cesta de Música.

O pianista Benjamim Taubkin (Foto: Divulgação)

Hoje, às 18h, na Alepe, acontece reunião solene em comemoração ao Dia Nacional do Defensor Público, por proposta do deputado Joaquim Lira.

A Banda Sinfônica do Recife realizará, hoje, às 20h, seu terceiro concerto oficial de 2017, no Teatro de Santa Isabel.

Um lembrete, hoje, no Marante Plaza Hotel, no Pina, às 20h, para o vernissage da coletiva de pinturas. Entre os expositores está o artista plástico Germano.

Em parceria com a OAB-PE e a CAAPE o Tacaruna está arrecadando donativos para as vítimas das inundações em Caruaru, Barreiros e Palmares.

Comida di Buteco 2017

Igor Augusto e Olinda Rodrigues com Byll de Olinda, o homenageado do restaurante (Foto: Fernando Machado)

Começa amanhã e vai até o dia 14 de maio o calendário nacional de eventos tendo o buteco como protagonista no grande espetáculo criativo da cozinha de raiz no Brasil. Vai começar o Concurso Comida di Buteco, que pretende levar quase cinco milhões de apaixonados por butecos às urnas dos mais de 500 concorrentes, em 20 cidades, para eleger o Melhor Buteco do Brasil. No Recife o evento acontece de amanhã até o dia 7 de maio, em 25 botecos do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Olinda.

Ariani Pavan e Ana Lins (Foto: Fernando Machado)

O concurso Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a culinária de raiz e os butecos espontâneos ou tradicionais. Com a missão de transformar vidas por intermédio da cozinha de raiz – Buteco Extensão de sua casa ele completa, em 2017, 18 edições e se consolida como uma das mais importantes plataformas de fomento, valorização e exposição do buteco e da cozinha brasileira, importante ícone de qualquer cultura nacional.

Carolina Almeida do Gordinhas Bar (Foto: Fernando Machado)

Em 2017, pelo segundo ano consecutivo, os petiscos terão o preço máximo de R$ 25,90, desafiando os butecos a serem criativos e acessíveis, não perdendo uma de suas características mais importantes: serem democráticos. Ontem, à noite aconteceu a coletiva para imprensa, no A Venda de Seu Biu, em Olinda. Um local muito bonito e decoração artesanal. Nas paredes obras dos artistas plásticos Tarciso Andrade e Bozó Bacamarte. Muito criativo e bonito o candelabro que caia do teto, feito de garrafas de cerveja.

Eraldo José Pirão da Confraria do Perninha (Foto: Fernando Machado)

A hostess foi Ariani Pavan que falou do objetivo do Comida di Buteco. Depois foi exibido um vídeo do concurso de 2016. Finalmente Olinda e Igor Augusto Rodrigues da Venda de Seu Biu, na Rua São Bento, 239, Varadouro, Olinda, apresentaram seu prato ao premio. Foi a Língua de Seu Biu (uma língua marinada na cerveja, servido com torradas de alho. O segundo a mostrar seu trabalho foi Eraldo José Pirão, da Confraria do Zé Perninha, na Rua Delmiro Monteiro da Purificação, 1415, Jardim Atlântico, Olinda, que mostrou o Mungunzá do Perninha.

Marcelo Pancada e Wilson Lima do Empório Baiano (Foto: Fernando Machado)

O terceiro foram Marcelo Pancada e Wilson Lima, do Empório Baiano, localizado na Rua Manoel de Carvalho, 471, Aflitos, no Recife, que apresentou o prato Baiãozinho Rendado (baiãozinho de dez servido em uma cesta de queijo parmesão. O quarto prato apresentado foi Construindo a Roda do Prefeito (croquete de bode, servido no licor de cana de açúcar e gengibre), do Gordinhas Bar, leia-se Ana Carolina Almeida Fernandes, na Rua Santa Cruz, Box 38, no Mercado Boa Vista, Recife.

Roberta e Eduardo Gouveia da Pettisqueria Gouveia (Foto: Fernando Machado)

Encerrando tivemos a Pettisqueria Gouveia, de Roberta e Eduardo Gouveia, localizado na Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite, 382, Bairro Nobo, Olinda, apresentou casquinho de caranguejo servido em massa comestível acompanhado de farofa de milho. Foi uma noitada de muito bom gosto, com comidas criativas e saborosas. A briga pelo titulo vai ser muito grande pois ainda concorrem 20 butecos. A cerveja oficial do Comida de Buteco 2017 é a Amstel.

Nadja e José almoçam com amigos

a-josé-claudio-jose-dos-santos

José Claudio e José dos Santos (Foto: Fernando Machado)

a-carlos-augusto-lira-vitoria-regia-andrade-elisio-moura-murilo-santiago

Carlos Augusto Lira, Vitoria Regia Andrade, Elisio Moura e Murilo Santiago (Foto: Fernando Machado)

Nadja e José dos Santos receberam, ontem, um pequeno grupo de amigos para almoço, na sua residência das Graças, que é um verdadeiro santuário verde. Fernando Campello com seu violão levou alguns convidados a exercitarem a voz. Os cantores do efêmero foram o pintor José Claudio, a chef Beth Ithamar, os arquitetos Carlos Augusto Lira, Elisio Moura e Murilo Santiago. O repertório foi apenas hits da MPB.

a-carol-loyo-carlos-eduardo-cunha-barreto

Carol Loyo e Carlos Eduardo Cunha Barreto (Foto: Fernando Machado)

a-fernando-campello-tania

Fernando e Tania Campello (Foto: Fernando Machado)

E como não existe coisa mais chique do que comida caseira, a anfitriã pilotou o fogão e preparou o cardápio de fazer inveja Marcus Gavius Apicius (25 a.C./37 d.C.). E claro que os convidados tentaram esquecer que existe no dicionário a palavra dieta. Somente para dar água na boca citaríamos uma salada mista de uva, maçã, com legumes ao vapor e folha nobres, cabrito guisado à Vânia, com faroja de jerimum, peixe ao forno carne assada de panela. A sensação foi uma dobradinha de forno.

a-joão-fogliano-beth-ithamar-tito-fernandes-araujo

João Fogliano, Beth Ithamar e Tito Fernandes Araújo (Foto: Fernando Machado)

a-marcos-carla-arraes

Marcos Arraes e Carla (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa bolo de fruta, bolo de mandioca, pudim, torta de limão e grude. Este festival gastronômico foi regado a vinho chileno e italiano e a uísque escocês. O encontro ficou com aquele gosto de quero mais, pois o tempo passou e a gente ficou com os olhos se enchendo de bom gosto e a boca se fartando de gosto bom. Nadja e José santeiro são excelentes anfitriões.

a-mane-tatu-leo-da-silva

Mané Tatu e sua mãe Leo (Foto: Fernando Machado)

a-rita-gomes-pena-nadja-pena-dos-santos

As irmãs Rita Gomes Pena e Nadja dos Santos (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 6