Fernando Machado

Blog

Tag chef

Flashes

Anotadas almoçando no Ilha da Costa I, as jornalistas Lúcia Noya com as médicas Fernanda Noya, Lúcia Peixoto e Vera Freire.

Acontece hoje, às 19h, o ultimo painel da Faculdade Egas Moniz sobre Uma Nova Pós-Graduação para um Novo Mercado.

O chef Caio Veríssimo criou um menu especial, para a Pousada dos Quatro Cantos, em Olinda, para o Carnaval: galinhada e bobó de frango.

O chef Caio Veríssimo (Foto: Divulgação)

P cantor Marcelo Falcão (Foto: Divulgação)

Marcelo Falcão estréia no dia 6 de abril, no Classic Hall, na sua primeira turnê, Viver, em carreira solo. Depois ganha o Brasil.

Francisco Cunha, sócio da TGI, ministra hoje palestra na Aula Magna da Faculdade Damas, leia-se a diretora Maria Arcione Vieira.

Será encerrada no próximo domingo, na Caixa Cultural Recife, a exposição Farnese de Andrade – Arqueologia Existencial.

No Oleiro: Os Dois Nordestes

Rodrigo Oliveira, João Alberto e Claudemir Barros (Foto: Fernando Machado)

Milena e Manoel Ferreira (Foto: Fernando Machado)

O restaurante Oleiro Cozinha Artesanal, em Parnamirim, recebeu ontem, o festival gastronômico Os Dois Nordestes, sob o comando dos chefs Claudemir Barros e Rodrigo Oliveira, comemorando cinco meses daquele restaurante. O Chef convidado foi Rodrigo Oliveira, dono do Mocotó Restaurante, em São Paulo. Ele é paulista filho de pernambucano e o maior representante da cozinha pernambucana fora dos limites de Pernambuco.

Ed Machado, Carolina Laranjeiras e Bruno Albertim (Foto: Fernando Machado)

Erika Lacet e Duca Lapenda (Foto: Fernando Machado)

O Secretário de Cultura Gilberto Freyre Neto (Foto: Fernando Machado)

Quando foi anunciado este encontro de gastronomia as reservas se esgotaram em dois dias. O cardápio era de a gente comer rezando para Nossa Senhora Aparecida. Rodrigo apresentou dadinhos de tapioca com grãos e macadâmia, molho apimentado de manga e ceviche de peixe do dia, leite de umbu e coco fresco. Claudemir mostrou um mini carpaccio de brüllée de queijo de coalho defumado e mini chambaril vegetariano à base de caju.

Raissa Maciel, Gustavo Belarmino e Marina Simões (Foto: Fernando Machado)

Saburó e Katharina Matsumoto (Foto: Fernando Machado)

Sofia Mota e Claudemir Gomes (Foto: Fernando Machado)

Tivemos como entrada salpicão de siri, purê de mandioquinha defumada. Os pratos principais foram 2. Peixe recheado com camarão na palha, vatapá de jerimum e farofa de amendoim by o chef Claudemir Barros. E carne de sol artesanal, baião de dois cremoso pelo chef Rodrigo Oliveira. A sobremesa foi grifada pelo chef Rodrigo Oliveira e constou de frutas amarelas (crme de pequi, sorbet de butiá, compota de maracujá).  Informação importante: A executiva Sheila Wanderley passa essa semana em Brasília em reuniões com o Governo Federal. Mais poder impossível.

Thiago Vita e Silvia Lafayette (Foto: Fernando Machado)

Wanessa Lins e Wagner Ramos (Foto: Fernando Machado)

Aura lança Cardápio

Amanhã o restaurante Aura, localizado na Avenida Herculano Bandeira, 287, no Pina, estará lançando seu novo cardápio grifado pelo chef Julio Prouvot. O local é aconchegante e a comida é de fazer inveja a Marcus Gavius Apicius, um gourmet romano amante do luxo e refinado. Pois bem, no Aura, de FernandoOtávio Bandeira de Melo, dois executivos educados e vitoriosos.

Otavio Bandeira de Melo, Julio Prouvot e Fernando Bandeira de Melo (Foto: Fernando Machado)

Ontem eu tive o prazer de degustar o menu que será oficialmente apresentado amanhã por Prouvot. Os pratos têm a técnica francesa como base, mas também passeiam pelos ingredientes pernambucanos e, como disse, aquele toque apiciano. O Aura tem 60 lugares, abre para almoço de terça-feira até domingo e para jantar de terça-feira a sábado.

Edgard Homem, Wanessa Campos, Julio Prouvot e Mariana Moreira (Foto: Fernando Machado)

Degustamos o camarão rosa orgânico, falafel (origem árabe), steak tartare (carne crua picada na ponta da faca), aratu com brandade de mandioquinha e sagu crocante com páprica. Também foi servido um refrescante ceviche de peixe fresco, moqueca de guarajuba acompanhada de pirão e arroz com nozes. Inesquecível é o fettuccine artesenal com mariscos e agulhinha frita e o filé ao poivre com nhoque puxado na manteiga de tomilho.

O Chef Julio Prouvot (Foto: Fernando Bandeira de Melo)

A comida é servida em pratos de porcelana e de cerâmica, cujo mix dá aquele toque de refinamento. As sobremesas também são magníficas. Prove o fondant de chocolate com sorvete, terrine de chocolate com  avelã, torta espanhola de queijos, pão-de-ló com recheio de chocolate e sorvete de queijo do reino. Fernando, Otávio e Julio eu sai do Aura com aquele gostinho de quero mais.