Fernando Machado

Blog

Tag casou

Parabéns, Hotel Central!

Há 90 anos, o engenheiro e comerciante grego Constantin Aristide Sfezzo inaugurava na Rua da Intendência, atualmente Avenida Manoel Borba, o Hotel Central, cujo projeto foi do arquiteto Giacomo Palumbo. À noite tivemos um baile a rigor e no comando estava o gerente era George Kyrillos. O hotel era o que havia de mais chique para a época.

A maquete do Hotel Central publicada na Revista A Pilheria em 1937

O engenheiro veio ao Recife em 1922, segundo a historiadora Virgínia Pernambucano de Melo, para fundar e dirigir a filial da White Martins no estado. Um ano depois, casou com a pernambucana Judith Adele von Sohsten. O Hotel Central tinha sete andares e 72 quartos, de luxo com telefone e tudo. No térreo dois terraços, barbearia, bar, central telefônica, salão de beleza e um hall.

O arquiteto Giacomo Palumbo (Foto: Divulgação)

No sétimo andar tinha uma vista deslumbrante da cidade e do mar e em 1930, ele tornou-se ponto de observação para a primeira passagem do Graf Zeppelin pelo Recife. Em 1932, Constantin retornou à Europa e à distância administrava o empreendimento até 1951, quando vendeu ao comerciante Domingos Magalhães, o avô do proprietário, Kerginaldo Magalhães.

A soprano Bidu Sayão (Foto: Internet)

Depois, o hotel foi arrendado consecutivamente, o que o deixou dilapidado. Por ordem judicial Kerginaldo retomou o negócio da família. Com a construção dos espigões o Hotel Central, o primeiro arranha-céu da cidade perdeu o privilégio da vista. O elevador é em ferro entrelaçado e foi importado nos Estados Unidos. Os banheiros preservam louças sanitárias compradas na Alemanha e os azulejos decorados de Portugal.

As misses Fernanda Gonçalves de Portugal, Alice Diplaraku da Grécia e Beatrice Lee dos Estados Unidos (Fotos: Divulgação)

Entre os que se hospedaram no Hotel Central destacaríamos a soprano Bidu Sayão (22.7.1935), o violinista russo Leo Charneawsky (7.11.1936), a atriz Annabela (13.12.1938), o ator Lew Ayres(01.6.1940) e o aviador Jean Mermoz (1.6.1940). Não podemos esquecer o chá dançante que aconteceu no dia 16 de agosto de 1930, com a participação de 19 misses internacionais que seguiam até o Rio de Janeiro, para participar do Miss Universo, no dia 7 de setembro.

Corpo Consular

A cônsul de Politica e Economia do consulado dos Estados Unidos no Nordeste, Paloma Gonzalez, se casou no final da tarde de segunda-feira, com o norte-americano Brian Cohn, numa cerimônia linda na Praia dos Carneiros. Paloma estava impecável num modelo Pronoivas. Hoje, eles seguem em lua-de-mel até a África do Sul e Seychelles.

brian-cohn-paloma-gonzalez

Brian Cohn e Paloma Gonzalez na hora do sim (Foto: Luka Santos)

No próximo dia primeiro de dezembro, no Buffet Les Anis, em Setubal, vamos ter a recepção em torno do aniversário natalício do Imperador do Japão. Na verdade a Data Nacional do Japão é o aniversário do Imperador Hirohito é dia 23 de dezembro, mas se comemora antes. Quem nos convida é o cônsul Yasuheiro Mitsui.

Quanto mais Marilyn Monroe, Melhor

e-marilyn-monroe2

E Deus criou Marilyn Monroe (Foto: Divulgação)

Hoje esta coluna acordou pensando nela. Onde ela chegava havia murmúrio geral. Ela transpirava sexy-appeal. Os críticos de cinema deitavam e rolavam sobre sua vida, pois como o titulo do seu filme Nunca Fui Santa. Ela carregava o peso da realeza, sem nunca ter sido de família nobre. Brilhou como um diamante, não foi a toa que filmou Os Homens Preferem as Loiras. As inimigas diziam sobre ela O Pecado Mora ao Lado. Este monstro sagrado que me refiro nasceu no dia 1 de junho de 1926, ou seja há 90 anos, como Norma Jeane Mortenson.

e-marilyn-nua-criança

Marilyn na foto do calendário e aos 5 anos de idade (Fotos: Divulgação)

Era filha de Gladys Pearl Monroe (1902/1984) e Edward Montenson, segundo sua identidade. Sobre o pai biológico nada se sabe, apenas que foi o segundo casamento de sua mãe. Isso ocorreu  em 1924, todavia Gladys separou-se dele, antes de engravidar de Norma Jeane. Gladys casou pela primeira vez, em 1917, com John Newton Baker. Comenta-se que Gladys e John tiverem dois filhos Robert e Berniece. Irmãos por parte de mãe da futura diva do cinema. Uma dúvida paira no ar se Edward foi realmente o pai de Norma Jeanne. Pois às vezes seu nome era Norma Jeane Mortenson ou Norma Jeane Baker.

e-marilyn-james-dougherty- arthur-miller

Marilyn  com o primeiro marido James Dougherty e com o terceiro Arthur Miller (Fotos: Divulgação)

Como sua mãe tinha problemas mentais e financeiros, Norma passou parte do seu tempo vivendo com pais adotivos. Aos 8 anos de idade foi abusada sexualmente por Erwin Goddard, marido de Grace. Para fugir de famílias adotivas, Norma casou com o filho de um vizinho dos Goddard, James Dougherty em 19 de junho de 1942, até 1946. Na época Norma Jeane tinha 16 anos e o marido 21 anos. Tem biografo que acredita ter sido um casamento arranjado por Grace Goddard.

e-joe-dimagio-marilyn

O segundo marido, Joe DiMaggio nunca esqueceu de Marilyn (Foto: Divulgação)

Em 1943, Dougherty se alistou na Marinha e foi servir na Ilha de Santa Catlina, onde permaneceu até ser levado para o Oceano Pacifico em abril de 1944. Depois de Dougherty ter ido para o Pacífico, Norma Jeane foi morar com os pais dele, quando começou a trabalhar numa fábrica que auxiliava na II Guerra Mundial. No final de 1944, Norma passou a modelar para o fotografo David Conover. Por ser muito sexy posava para revistas masculinas, como pin-up. Em 1946 incursionou no mundo do cinema e teve seu nome trocado para Marilyn Monroe.

e-marilyn-monroe-chapeu2

Eu diria que nunca houve uma mulher com Marilyn Monroe (Foto: Getty)

A partir de 1953 sua carreira na telona começou a deslanchar. Em 14 de maio de 1954 ela casou com o famoso jogador de beisebol Joe DiMaggio (1954/1955). Em 29 de junho de 1956 casou pela terceira vez com o dramaturgo Arthur Miller até 1961. Em 5 de agosto de 1962 Marilyn Monroe foi encontrada morta no quarto de sua residência, em Beverlly Hills, em Hollywood. Para uns devido a overdose, para outros suicídio e tem aqueles que acham a CIA tramou sua morte, por ter se envolvido com o presidente John Kennedy. A verdade é que morria a atriz e nascia o mito.

e-marilyn-7-years-itch

Marilyn e Tom Ewell no O Pecado Mora ao lado (Foto: Divulgação)

A filmografia de MM consta Dangerous Years (1947), Scudda Hoo! Scudda Hay! (1948), Ladies of the Chorus (1948), Love Happy (1949), A Ticket to Tomahawk (1950), The Asphalt Jungle (1950), All About Eve (1950), The Fireball (1950), Right Cross (1951), Home Town Story (1951), As Young As You Feel (1951), Love Nest (1951), Let’s Make It Legal (1951), Clash by Night (1952), We’re Not Married! (1952), Don’t Bother to Knock (1952), Monkey Business (1952), O. Henry’s Full House (1952), Niagara (1953), Gentlemen Prefer Blondes (1953), How to Marry a Millionaire (1953), River of No Return (1954), There’s No Business Like Show Business (1954), The Seven Year Itch (1955), Bus Stop (1956), The Prince and the Showgirl (1957), Some Like It Hot (1959), Let’s Make Love (1960), The Misfits (1961), Something’s Got to Give (1962).

e-marilyn-monroe

MM no seu último filme que não terminou: Something’s Got to Give (Foto: Divulgação)

Nos tempos das passarelas

Essa noticia da Avenida Adalgisa Colombo está dando o que falar. Um leitor do blog faz a seguinte observação sobre a nota publicada anunciando a homenagem que a Miss Brasil de 1958, Adalgisa Colombo, receberá das autoridades do Rio de Janeiro uma avenida com seu nome: Fernando, mesmo se no Recife os postes tivessem nomes, os políticos não se lembrariam de homenagear as nossas misses que deram sua contribuição divulgando o nosso estado. São uns ingratos.

adalgisa-colombo-=mayebe-brandt

Adalgisa Colombo (1940/2013) e Mayebe Brandt (1961/1982 )

Miss Venezuela e Miss Mundo de 1955, Suzana Düigin foi modelo de Cardin. Miss Filipinas, Yvonne de Los Reyes, é tia da Miss Filipinas de 1970, Simonete de Los Reyes. A Miss Universo de 1970, Marisol Malaret casou três vezes: Butch James, Corky Stroman e Frank Cué. Miss Venezuela de 1980, Mayebe Brandt suicidou-se com o revolver, que ganhou de presente das Forças Armadas. Miss Ceará de 1970, Taniamara Arruda Tavares é irmã da Miss Maranhão de 1966, Sandra Mara Arruda Tavares.

  • 1 2 4