Fernando Machado

Blog

Tag cardápio

Mirella em Noite Cor de Rosa

Mirella Martins com sua equipe Romero Rafael, Anneliese Pires e Dayvison Nunes (Foto: Fernando Machado)

Gustavo Belarmino e Ewerton Farias (Foto: Fernando Machado)

A cor rosa significa romantismo, ternura, ingenuidade e está culturalmente associada ao universo feminino. Aliás, outras características como beleza, suavidade, pureza, fragilidade e delicadeza manifestadas pela cor rosa, geralmente, são também atribuídas às mulheres. Pois bem nesse clima a colunista social, Mirella Martins, comemorou quinta-feira, à noite, no Espaço de Eventos da Fábrica DeBron, em Prazeres, os 10 anos do Social 1.

Maria do Carmo Sobral e Mirella Martins (Foto: Fernando Machado)

Karla e Álvaro Dantas (Foto: Fernando Machado)

Foi uma festa linda, e concorrida, muita gente e animação. Cerca de 400 pessoas aplaudiram o discurso de Mirella que estava em grande noite num modelo cor rosa, by Cyntya Verçosa, bem no estilo Marilyn Monroe, com o look sereia. Subiram ao palco, além de Mirella, a banda Cheiro de Amor, os DJs Pepe Jordão e Lala K. A decoração foi grifada pela Verde Decor de Maria Odete Souto, Fabiano Reis e Sílvio Medeiros.

Mirella Martins, Antonio de Pádua e Lailah Bressani (Foto: Fernando Machado)

Emerson Pires, Erika Amorim e João Fernando Coutinho2 (Foto: Fernando Machado)

O espaço virou um grande lounge com sofás, cadeiras, mesinhas laterais e bistrô, com pufes em acrílico e lampiões de cobre com detalhes da cor que era a marca da festa. Nele repousavam cinco mesas: a doces by Lana Bandeira, a de sushis grifada pela Zen, a de hambúrgueres da Dom Black, além de um espaço da ICONE. Não esquecer que o bolo de quatro andares foi de Lucinha Cascão.

Lana Bandeira e o filho Henrique (Foto: Fernando Machado)

Eduardo Farias, Suellen Farias e Felipe Maia (Foto: Fernando Machado)

A ilha da Arcádia estava de a gente comer rezando para Nossa Senhora dos Prazeres. Os convidados puderam degustar ceviche de camarão e peixe branco, caponata, lâminas de lombo, pernil suíno fresco e rotoloni com recheio de creme cheese, e brie com molho aos quatro queijos e molho pomodoro, para citar apenas estes pratos. Uma noite bem ao significado da cor rosa. Mirella Martins deve ter dormido o sono dos vitoriosos. Parabéns, Estrela!

Juliana Lins (Foto: Fernando Machado)

Patrícia Batista (Foto: Fernando Machado)

DeBron inaugura Salão de Eventos

Raimundo Dantas, Thomé Calmon e Eduardo Farias (Foto: Fernando Machado)

Os empresários Eduardo Farias, Raimundo Dantas e Thomé Calmon inauguraram quinta-feira, em Prazeres, o Salão de Eventos, da Fábrica de Cerveja DeBron. O projeto que tem 500m² foi da arquiteta Patricia Jansen. O encontro foi dos mais concorridos e nove tipos de cervejas foram degustados.

Fábio Menelau, Nelson Bezerra e Nelson Bezerra Filho (Foto: Fernando Machado)

O coquetel foi assinado pelo Chef Rapha Vasconcellos e teve como pièce de résistance uma paella de cerveja. Também foi servido bacalhau com nata, camarão empanado com queijo defumado, casquinho de siri, busqueta de brie com geleia de damasco. Tudo isso regado com cerveja.

O chef Rapha Vasconcellos (Foto: Fernando Machado)

A animação ficou por conta do DJ Omni Boy e a Banda Malakoff. A coordenadora de evento do espaço é Natália Santos. É bom lembrar que o cervejeiro da De Bron é João Guimarães. A cerveja Imperial Stout, de cacau e rapadura, venceu o premio de melhor cerveja do mundo, em Londres, Grã-Bretanha, é uma das 5 cervejas sazonais da casa. Anotados, entre outros, João Alberto e Sheila Wanderley.

Anotações do Cotidiano

Raiolanda née Castelo Branco e Robert Perman movimentaram almoço, ontem, no seu apartamento de cobertura de Boa Viagem, em torno da família. O cardápio, grifado pela própria anfitriã, constou de feijoada, filé ao molho madeira e peru à Califórnia. Entre as presenças destacamos Roberta e Bruno Duarte, Eicka e Carlos Eduardo Barbosa, Riolanda e Pedro Hamilton Pacheco, Rainete Castelo Branco. E assim se passou a tarde, com os ouvidos atentos ao bom papo e a boca se fartando de gosto bom.

 

Raiolanda e Robert com as filhas Roberta e Ericka (Foto: Fernando Machado)

O elenco campeão do Santa Cruz Pirates na sede do tricolor (Foto: Divulgação)

O Santa Cruz Pirates cujo técnico é Léo Brecky, conquistou o título de campeão da Liga Nordestina de Futebol Americano e garantiu vaga na primeira divisão da modalidade. O titulo aconteceu no dia 6 de dezembro, em Petrolina, contra o Carrancas., com um placar de 26×20, na casa do adversário. Nos seis jogos disputados desde o início da parceria com o Santa Cruz, o Pirates venceu todos eles. Não esquecer ele conquistou em 2018, a Taça das Cidades.

A notável recepção da Libertad

A consulesa Maria Antonieta, o Cônsul Alejandro Lastra, o comandante Juan Carlos Romay e o secretário Gilberto Freyre Neto (Foto: Fernando Machado)

Ana Laura e Guido Stütz com os comandantes Diego Puchetta, Roberto Castro, Julio Cuitiño e Francisco Perez (Foto: Fernando Machado)

A última vez que o navio escola da Marinha de Guerra da Argentina Libertad esteve atracado no Porto do Recife foi em maio de 2016. Quinta-feira eu estive o prazer de participar, pela terceira vez, de uma notável recepção a bordo do veleiro. A primeira foi em 2011 e a segunda em 2016. Nesta 48ª viagem de instrução, o Libertad traz a bordo 286 tripulantes, sendo 50 mulheres, 90 Guardas-Marinhas argentinos, dois panamenhos e dois bolivianos, um brasileiro, um paraguaio, um equatoriano, um uruguaio, um mexicano e uma chilena.

O capitão dos Portos de Pernambuco Mauricio Bravo e Adido Naval da Argentina Diego Sanchez (Foto: Fernando Machado)

Taciana Moury, o brigadeiro Cesar Faria Guimarães e o Adido de Defesa Militar da Argentina Coronel Barcelo (Foto: Fernando Machado)

Libertad tem 103,7 metros de cumprimento e a altura do mastro grande é de 49,80 metros. Foi construído na Argentina e inaugurado no dia 28 de março de 1963. O atual comandante o Capitão de Navio Juan Carlos Romay. A fragata vem de uma viagem de instrução por Salvador da Bahia, Santa Cruz de Tenerife, Cádiz, Lisboa, Brest, Antuérpia, Londres, Dublin, Boston, Miami e Bridgetown. Hoje o Libertad retorna para Argentina, fazendo escala no Rio de Janeiro e depois Uruguai.

Girley Brazileiro e Sonia Fernandes (Foto: Fernando Machado)

Os guardas-marinhas Luiz Pascula, Lucas Arrieta e Bruno Ojeda (Foto: Fernando Machado)

Foi uma noitada onde os olhos se encheram guardas-marinhas bonitos, os ouvidos de bom papo e a boca se fartando de gosto bom. Tivemos três falas a do comandante do navio, Juan Carlos Romay, a do cônsul geral da Argentina Alejandro Funes Lastra, e a do secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto. Tivemos uma pequena mostra do nosso Carnaval com as participações dos passistas Fagner de Oliveira e Jade Vitória, além de uma orquestra de frevo.

Claudio Portela, Eunice Couto, Suely e Sergio Esteban (Foto: Fernando Machado)

Os guardas-marinhoas Souza Cavalcanti do Brasil, Cristian Moraes do Equador, Sofia Ulloa do Chile, Arturo Jimenez do México e Nestor Ayala do Paraguai (Foto: Fernando Machado)

Os passistas frevaram ao som Cabelo de Fogo do Maestro Nunes, Voltei Recife de Luiz Bandeira, Madeira que Cupim Não Rói de Capiba, Vassourinhas de Matias da Rocha e Joana Batista Ramos, finalizando com Último Dia de Levino Ferreira. Sem dúvida uma maravilha. Depois tivemos um casal dançando tango. O coquetel também foi servido no convés do Libertad  e se comer rezando para Nossa Senhora Lojan. É bom lembrar que a bordo estava o capelão, padre David Uchoa.

A consulesa da Argentina Maria Antonieta Lastra e a guarda marinha Betania Caggiano Blanco (Foto: Fernando Machado)

O padre David Uchoa entre os guardas marinhas Mauro Cruz e Eliane Chauqui (Foto: Fernando Machado)

O cardápio grifado pelos suboficiais Marcos Viera e Sebastião Gollordo, contou de maravilhosas empanadas, vihel tonet, islã de fiambres, pinchos de carne com verduras, pernil de porco, fritos de pollo (frango), canapés. Para sobremesa, cheescake, bronnies com doce de leite, mousse de chocolate, flan caseiro. Tudo isso acompanhado de vinho Gascon da Malbec, e prosecco argentino Norton Especial. Uma banda composta de oficiais do Libertad, fez o fundo musical.

O maestro José Renato Accioly e a diretora do Conservatório Pernambucano de Música Roseane Hazin (Foto: Fernando Machado)

Os passistas Fagner Oliveira e Jade Vitoria (Foto: Fernando Machado)