Fernando Machado

Blog

Tag Brasil

Vem Pra Rua

Este evocava os quatro ministros do mal e esse cartaz louvava o Ministro Paulo Guedes (Fotos: Instagram)

O Brasil ontem provou que as pesquisas da Datafolha são manipuladas. Todo o Brasil fez passeata contra os ministros do Supremo Tribunal Federal que desrespeitam a nossa Constituição. A de São Paulo foi coisa para tocar nos inimigos do Brasil. A do Rio de Janeiro também foi sensacional. Tivemos em Fortaleza, em Salvador, Maceió, para citar apenas estas.

Esta senhora passa o Brasil a limpo e duas senhoritas limpava as togas do STF (Fotos: Instagram)

No Recife nem as chuvas tiraram a multidão de verde e amarelo da Avenida Boa Viagem. Muitas crianças, idosos, jovens etc. Um dos momentos mais emocionantes foi quando uma senhora do último andar do seu prédio fazia performance com uma imensa bandeira do Brasil. O público foi ao delírio. O pernambucano apresentou sua repulsa aos 11 ministros de variadas formas. Outras passeatas virão por ai.

Dois momentos de amor ao Brasil limpo e sadio (Fotos: Instagram)

Miss Brasil 2019

Assisti depois de muitos anos, por motivo de saúde, consegui assistir ao Miss Brasil de 2019, do principio ao fim. Detestei. Pois já tinha certeza que a mineira, Julia Horta, iria vencer o concurso. Foi a Miss Amizade; Miss Oratória, e Miss Be Emotiom com direito a ficar logo no Top5. Pelas fotos das outras misses que vão participar do Miss Universo, não terá chances. Aliás, o nível das candidatas ao Miss Brasil não era lá essas coisas.

A vitória de Julia Horta mostra como anda o Miss Brasil (Foto: AgNews)

Agora os concursos de misses não levam mais em conta a beleza de rosto e plástica. Julia Horta, representou Minas Gerais no Miss Brasil Mundo de 2015 (5º lugar), representou o Brasil no Reinado Internacional do Café (2º lugar), em 2016, representou a Zona da Mata Mineira no Miss Brasil Mundo (3º lugar), em 2017 e neste mesmo ano representou o Brasil no Miss Turismo Internacional (5º lugar).

Vânia Pinto: Miss Brasil de 1939

Há 80 anos, no Cassino da Urca, no Rio de Janeiro, Vânia Pinto do Distrito Federal, era eleita Miss Brasil de 1939. Em 2º lugar ficou Esilda Lisboa do Rio Grande do Sul e em 3º lugar Cleyde Escobar de São Paulo. O top 5 foi formado por Vânia Pinto do Distrito Federal, Neyde Tinco do Estado do Rio, Maria Thereza Valença Cavalcanti de Pernambuco, Esilda Lisboa do Rio Grande do Sul e Cleide Escobar de São Paulo. Participaram 17 candidatas.

As candidatas num click especial para os jornais da época (Foto: Divulgação)

Vânia Pinto e Maria Thereza Valença Cavalcanti (Fotos: Manchete e Acervo do blog)

As candidatas foram Enilda Braga de Alagoas, Sarah Benaon do Amazonas, Gladys Browne da Bahia, Maria Luiza Fontenelli do Ceará, Vânia Pinto do Distrito Federal, Elza Fernandes do Espírito Santo, Neyde Tinoco do Estado do Rio, Azélia Barreto do Mato Grosso, Juliane Bretas de Minas Gerais, Jaira Lafite do Paraná, Marluce Simões da Paraíba, Maria Thereza Valença Cavalcanti de Pernambuco, Vera Dantas do Rio Grande do Norte, Esilda Lisboa do Rio Grande do Sul, Zenaide Baptista do Piaui, Ascendina Santos de Santa Catarina e Cleyde Escobar de São Paulo.

Mister International de 2019

Seung Hwan Lee, Mister International de 2018 (Foto: Concurso)

Será no dia 24 de fevereiro, em Manila, nas Filipinas, escolha do Mister International de 2019, que foi fundado por Alan Sim em 2006. O vencedor será coroado pelo Mister International de 2018 Seung Hwan Lee da Coreia do Sul, que tem 23 anos e 1m83 de altura. O primeiro Mister International foi Wissam Hanna do Líbano, que tinha 25 anos e 1m83 de altura.

O deus de ébano Lebogang Rameetse da África do Sul (Foto: Concurso)

O deus dourado Harrison Luna da Austrália (Foto: Concurso)

O Brasil venceu o concurso por duas vezes. A primeira em 2007 com Alan Bianco Martini do Brasil (27 anos e 1m81) e a segunda em 2011 com César Curti do Brasil de 24 anos e 1m87 de altura. Este ano vão disputar o título 28 candidatos. Destacamos hoje Lebogang Rameetse (África do Sul), Harrison Luna (Austrália), Danilson Furtado (Brasil).

Danilson Furtado do Brasil (Foto: Concurso)