Fernando Machado

Blog

Tag altar

As bençãos de Tássia e Paulo   

Era a hora do Angelus quando Tássia linda num modelo criado pela figurinista Bernadeth Barbosa, entrou pela nave central da capela ecumênica do Palatino Eventos, em Aldeia, ao lado do pai, Luiz Sérgio Almeida Castelo Branco, ao som da Marcha Nupcial de Mendelssohn as bençãos religiosas. Antes entraram os 10 padrinhos do noivo e na sequencia os 10 padrinhos da noiva, ao som de Sweet Child O’mine de Axl Rose, e Yellow – Cold Play da banda inglesa Yellow, respectivamente.

Tássia e seu pai, Luiz Sérgio, seguindo para o templo (Foto: Fernando Machado)

A avó paterna Rosa Mineiro Dias by Paulo Carvalho e a tia avó paterna Tereza Sampaio ingressaram na capela ouvindo Fascinação de Carlos Galhardo inspirada na original Fascination de Fermo Dante Marchetti e Maurice de Féraudy. A mãe da noiva, Cleyde Nancy Veras Castelo Branco by Bernadeth Barbosa e o pai do noivo, João Luiz Dias Perez by Ricardo Almeida surgiram pela nave central ao som de Sunshine On My Shoulders de John Denver.

Paulo Marcelo ao lado dos pais João Luiz e Ana Claudia antes da cerimonia começar (Foto: Fernando Machado)

O noivo, Paulo Marcelo Dias Perez by Ricardo Almeida e sua mãe, Ana Claudia Lins Perez by Paulo Carvalho vieram embalados com a canção I Don’t Want to Miss a Thing de Aerosmith. Quando Paulo se encontrou com Tássia, no altar e diante do padre Jorge Dias, que veio especialmente de São José do Egito, para celebrar a benção matrimonial, o quinteto da Orquestra Perfil atacou de Eu Sei Que Vou Te Amar de Vinicius de Moraes.

Rosa Mineiro Dias estava muito feliz (Foto: Fernando Machado)

O casamento na verdade tinha acontecido na Paróquia de São Judas Tadeu, em São José do Egito, terra da noiva, no dia 12 de março. E teve como celebrante também padre Jorge Dias. No Recife tivemos a benção e a recepção, que escreverei no blog amanhã. A capela estava com uma decoração linda, que remetia a um jardim de rosas, lírios, alstroemérias e orquídeas, grifada pela Divina Flor Decorações. Do teto caiam lustres de cristais.

Paulo Marcelo e Tássia ouvindo o padre Jorge Dias (Foto: Fernando Machado)

Terminada a liturgia religiosa, o oficiante convidou um dos padrinhos por parte do noivo, seu primo Pedro Paulo Dantas Perez e um por parte da noiva, o médico João Veras para saudarem Tássia e Paulo. João Veras procurou na literatura de cordel homenagear os nubentes. Também saudaram os pais dos noivos, João Luiz Dias Perez à côté Ana Claudia, Luiz Sergio Almeida Castelo Branco ao lado de Cleyde. Sem dúvida uma inovação em casamentos.

Padre Jorge Dias abençoando Paulo e Tássia (Foto: Fernando Machado)

Tássia e Paulo deixaram a capela, visivelmente emocionados, por um corredor formado pelos convidados, ouvindo Need is Love dos Beatles e sob uma chuva de velas brancas Sparkles. Foi lindo demais.  Parabenizo o cerimonial impecável da Criativas cerimonial e o quinteto da Orquestra Perfil que deu um show no ministério musical. Amanhã o blog escreverá sobre a bela recepção que aconteceu no Palatino Eventos, de Aldeia.

Casamentão da Paróquia de Santo Antonio

a-noivos

Padre Hewerton ao lado dos noivos (Foto: Fernando Machado)

Domingo assisti a um casamento que me emocionou muito, pela simplicidade. Não tinha produção hollywoodiana. Não tinha vestidos de grifes. Não tinha cerimonial famoso. Estamos nos referindo ao casamento coletivo daqueles que agradam Nosso Senhor. A cerimônia aconteceu na Paróquia de Santo Antônio na Vila de Tamandaré, nos arredores de Estância. A cerimônia religiosa foi presidida pelo meu amigo, padre Hewerton di Castro, que estava muito contente, pois era o primeiro casamentão organizado por ele.

a-nave-central

A nave central e sua decoração simples mas bonita (Foto: Fernando Machado)

a-edmilson-antonio-de-carvalho-maria-do-carmo

Edmilson Antônio de Carvalho e Maria do Carmo (Foto: Fernando Machado)

Os 17 casais entraram pela nave central, que estava decorada por Padre Hewerton e Mateus Click, ao som da Ave Maria de Schubert. Cantado pela banda Guerreiros de Fé. Muitas noivas estavam visivelmente emocionadas. Marinalva Cavalcanti e Braz José da Cunha são os mais velhos, Maria do Carmo e Edmilson Antônio de Carvalho viviam juntos há 32 anos, Josefa Eraldina Araujo da Silva e Edson Franco dos Santos Junior há um ano. Thiago Michel Siqueira Dias e Rosangela Souza de Santana estavam debutando na vida matrimonial. O bolo foi feito por Rita de Cássia.

a-diego-jorge-bezerra-lima-claudia-allyne-gomes-de-melo

Diego Jorge Carvalho Bezerra de Lima e Claudia Allyne (Foto: Fernando Machado)

a-thiago-michel-siqueira-dias-rosangela-sousa-de-santana

Thiago Michel Siqueira Dias e Rosângela de Santana (Foto: Fernando Machado)

A primeira leitura foi lida por Livete Maciel Feijó, o salmo foi cantado por Heverton Carvalho e a aclamação do Evangelho, também cantada, por Padre Hewerton. O Padre Hewerton lembrou aos noivos que casar não é para ser felix e sim para fazer o outro feliz e depois regeu um coral formado pelos noivos cantando Oceano de Djavan. “Vem me fazer feliz / Porque eu te amo / Você deságua em mim / E eu oceano / Esqueço que amar é quase uma dor / Só sei / Viver / Se for / Por você”.

a-joedson-de-souza-lins-elaine-cristina-da-silva-lins

Joeldson de Souza Lins e Elaine Cristina da Silva Lins (Foto: Fernando Machado)

a-padre-hewerton-di-castro

Padre Hewerton di Castro (Foto: Fernando Machado)

Subiram ao altar Edmilson Antônio Carvalho e Maria do Carmo Alves Carvalho; Cícero Mariano da Silva e Maria Aparecida da Silva; Joedson de Souza Lins e Elaine Cristina da Silva Lins; Jose Vicente da Costa Filho e Maria Dalva Silva da Costa; Braz José Pereira da Cunha e Marinalva Cavalcante; Jose Carlos da Silva Júnior e Juceane Débora Pereira de Lima; Jefferson Pires Pessoa e Maristela Gadelha de Mota; Waldeck Rodrigues Alves e Maria Adriana da Silva; Kleber Augusto Garnier da Cruz e Priscila Jares Garnier da Cruz.

a-maria-dalva-da-silva-josefa-eraldina-araujo-silva

As noivas Maria Dalva da Silva Costa e Josefa Eraldina Araújo Silva (Foto: Fernando Machado)

a-priscila-jares-roseane-dos-santos-maria-do-carmo-de-carvalho

Priscila Jares Garnier da Cruz, Roseane Laura dos Santos e Maria do Carmo de Carvalho (Foto: Fernando Machado)

Ainda Edson Franco dos Santos Júnior e Josefa Eraldina Araújo da Silva; Thiago Michel Siqueira Dias e Rosângela Souza de Santana; Diego Jorge Carvalho Bezerra de Lima e Claudia Allyne Gomes de Melo Bezerra de Lima; Jose Franklin Barros do Nascimento e Maria do Livramento de Oliveira; Davi Ferreira da Silva e Roseane Laura dos Santos Silva; Josias Santiago da Silva e Andreia Valdina de Macedo; Gerson José da Costa e Cláudia Pereira dos Santos Costa; e Geneci Martins da Silva e Juliett Albuquerque de Souza.

a-jeane-ferreira-silvana-ribeiro-cynthia-bormanni-paloma-de-paula

Jeane Ferreira, Silvana Ribeiro, Cynthia Bormanni e Paloma de Paula (Foto: Fernando Machado)

Anotações do Cotidiano

Sobem, hoje, às 20h, ao altar da Igreja de Nossa Senhora da Saúde, em Poço da Panela, Gabriela Barros Lins Maranhão e Daniel Guimarães Asfora. A cerimônia será presidida pelo padre Tiaraju e o ministério musical será com a Orquestra Bravo de Alexandre Lemos. Gabriela usará um modelo de Lúcia Spessatto e Daniel by Ricardo Almeida. Os noivos receberão os cumprimentos na Usina Dois Irmãos.

Hoje, às 8h30, na FIEPE, vamos ter o II Encontro Econômico Baden- WürttembergSoluções Inovadoras para a Infraestrutura, patrocinado pelo Consulado Geral da Alemanha. Os palestrantes são: Gerold Hafner, Eduardo Casilda, Thomas Eggers, Paulo Roberto Pagani, Udo Götsschel, Alexander Koeninger, Susanne Schatzinger, Uwe Menzel, Uwe Habermann e Miriam Haag.

Padre Paulo Sergio: Pároco da Soledade

b-igreja-matriz-da-soledade

A fachada atual da igreja matriz e a pintada em 1984, pelo pintor Lauro Valladares (Foto: Fernando Machado)

b-francisco-apolonio-salles

O primeiro pároco Monsenhor Francisco Apolônio Salles (Foto: Fernando Machado)

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Soledade, está situada na Praça da Soledade, na Boa Vista. Em 28 de setembro 1716 o senhora Eusébio de Oliveira Monteiro e sua esposa Maria da Cunha Fonseca, doaram um terreno para sua construção da Capela de Nossa Senhora da Soledade e nesta data foi assentada a pedra fundamental, pelo governador do bispado, padre Antônio Manoel. Ela foi reconstruída em 1845, em 1871 sofreu outra reforma e 1897, passou por grandes reparos, sob o comando dos comerciantes Álvaro Ramos e Eugenio Barreto.

b-altar2

O presbitério e a parte da assembleia (Foto: Fernando Machado)

b-altar-mor

A imagem de roca de Nossa Senhora da Soledade (Foto: Fernando Machado)

A história da capela passou um hiato de 81 anos, mas no dia 14 de janeiro de 1928, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Miguel Lima Valverde a transformou em Igreja, quando nomeou como pároco, o padre Francisco Apolônio Jorge Salles, que nasceu no dia 17 de fevereiro de 1902, onde ficou à frente até o dia 19 de abril de 1978, data do seu falecimento. O estilo do templo é um pouco indefinido, externamente ela cor de chumbo, no seu interior encontramos predominância neoclássica, passando pelo ecletismo até alcançar os traços neogóticos.

b-dom-fernando-saburido

O arcebispo Dom Fernando Saburido diante da imagem de roca de N. S. da Soledade (Foto: Fernando Machado)

b-dom-antonio-tourinho

O arcebispo auxiliar de Olinda e Recife Dom Antônio Tourinho (Foto: Fernando Machado)

Antes uma divisória que separava o altar-mor da assembleia. Outro detalhe importante da Igreja. Nela temos sete vitrais, contando a história das sete dores de Nossa Senhora. É bom lembrar que desde 1939, por solicitação do arcebispo Dom Miguel de Lima Valverde, acontece o Círio de Nazaré, surgido em Belém do Pará, em 1793. Foi o Monsenhor Francisco Salles quem primeiro celebrou a missa e presidiu a procissão do Círio pelos arredores da Igreja Matriz da Soledade.

b-dom-genival

O bispo emérito de Palmares Dom Genival Saraiva de França (Foto: Fernando Machado)

b-paulo-sergio-vieira-leite-nilson-lourenço-da-silva

Padre Paulo Sérgio e o seu antecessor Nilson Lourenço da Silva (Foto: Fernando Machado)

Pois bem, foi neste local repleto de história religiosa que o Padre Paulo Sergio Vieira Leite tomou posse como pároco e Vigário Episcopal do Vicariato Recife Norte 1. Foi sem dúvida, uma solenidade belíssima e prestigiada. Por exemplo lá estavam o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido; seu bispo auxiliar Dom Antônio Tourinho e o bispo emérito da diocese de Palmares, Dom Genival Saraiva de França, além de 20 sacerdotes.

b-cortejo

O cortejo com acólitos, seminaristas e sacerdotes (Foto: Fernando Machado)

b-frei-frança

O reitor da Basílica da Penha, Frei Luiz de França Fernandes (Foto: Fernando Machado)

A cerimônia começou com a procissão de entrada e incensação do Altar. O ministério musical foi com o Ensemble Vocal Cantamus, de Gilson Celeino, que apresentou um setlist desconhecido para este cronista. Depois Dom Fernando Saburido entregou ao novo pároco a Igreja e os lugares fundamentais do exercício do ministério paroquial; A cadeira presidencial, indicando que o pároco é o guia e o mestre da comunidade paroquial e que ele a preside em nome de Cristo.

b-frei-paulo-sergio-bezerra

Frei Paulo Sérgio Bezerra, capelão do Hospital Português (Foto: Fernando Machado)

b-misa-lilioso-padre-paulo-sergio-vieira

Misa Lilioso e o padre Paulo Sérgio Vieira (Foto: Fernando Machado)

– O tabernáculo, no qual se conserva a sagrada Reserva Eucarística. A vida da Igreja é alimentada por este Santíssimo Sacramento e o pároco deve zelar para que a Eucaristia seja o centro da vida e da ação pastoral da paróquia. – O batistério, lugar onde nascem os novos filhos de Deus, incorporados a Cristo e membros da sua Igreja e finalmente o confessionário, de onde o pároco administra o Sacramento da Penitencia, abrindo aos pecadores arrependidos o tesouro da infinita misericórdia de Deus. A primeira leitura foi proclamada por Marina Silva e o Salmo foi cantado por Roberto Amorim e Ivete Viana leu a segunda leitura.

b-altar4

Os sacerdotes reunidos no presbitério diante do alta-mor da Igreja da Soledade (Foto: Fernando Machado)

b-altar7

De outro ângulo os sacerdotes no presbitério diante do altar-mor (Foto: Fernando Machado)

A oração da Assembleia coube a Sonia Marina de Oliveira. Coube ao novo pároco proclamar o Evangelho e na sequencia tivemos a homilia de Dom Fernando Saburido. Ainda tivemos alocução do novo pároco, assinatura e avisos, benção e despedida, além dos cumprimentos ao novo pároco e ao Vigário Paróquia. A Igreja Matriz da Soledade estava lotada de fiéis, principalmente pelos da Paróquia de Nossa Senhora das Candeias.

b-presbiterio-altar-cruz2

Lindo esse crucifixo no primeiro plano no presbítero (Foto: Fernando Machado)

b-hudson-filho-paulo-robertomoraes-jefferson-brendo

Os acólitos Hudson Filho, Paulo Roberto Moraes e Jefferson Brendo (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 8