Fernando Machado

Blog

Tag alma

Anotações do Cotidiano

A revista GQ Brasil, em parceria com o uísque Jack Daniel’s, movimentou um churrasco especial, sexta-feira, para celebrar o Dia dos Pais em São Paulo. O encontro foi dos mais movimentados e entre as presenças destacamos Thaíde, Chay Suede, Leandro Lima Le e Nego Bala foram alguns dos nomes que passaram por lá.

Chay Suede e Leandro Lima Le no churrasco da GQ Brasil (Fotos: David Mazzo)

A artista plástica e designer paulistana Camila Klein vai além dos limites das formas para materializar os ecos de sua alma em arte. Cria com a missão de deixar as mulheres mais belas e imprime ousadia em suas obras para incentivá-las a manifestar esse olhar em si mesmas e viverem uma vida mais corajosa.

O Carnaval Inesquecível de Gustavo Krause

O carnaval é uma marca da alma pernambucana. Não por acaso, a nossa terra, de forte personalidade cultural tem música própria – o frevo – e uma dança singular – o passo. O frevo-canção serve como melodia para versos românticos ou satíricos; o frevo de rua, com belos arranjos de sopros e metais, arrepia as ruas e ferve o sangue dos foliões; o frevo de bloco incorpora cordas plangentes que emociona nossos corações. Por sua vez o passo é uma acrobacia rítmica com a estética de um sofisticado balé.

O folião Gustavo Krause no Galo da Madrugada (Foto: Internet)

Este sentimento transformou o carnaval parte da minha vida e o que ficou definitivamente gravado na minha memória foi em 1980. Era Prefeito da Cidade do Recife. Bem cedinho, fui para a Padre Floriano, e me juntei com pouco mais de uma centena de “almas” e mascarados. Uma orquestra de frevo. Era os primeiros passos do gigantesco Galo da Madrugada que inscreveu Pernambuco no livros do recordes: uma cidade inteira submersa na folia do maior bloco de rua do mundo.

Gustavo Krause de senador romano no carnaval da AACD de 2006 (Foto: Tom Cabral/JC Imagem)

Pois não é que o grande repórter da Rede Globo, Francisco José, com seu faro jornalístico admirável, descobriu que um dos mascarados era uma “autoridade”. Encostou e disse, mais ou menos o seguinte: ao meu lado, esta “alma” é o Prefeito do Recife. Tremi. Gosto de fantasia e o rosto coberto era para e evitar, entre outras, a pecha de demagogo, populista. E ordenou: “Prefeito tire a máscara”. A emissora estava no ar. Fui entrevistado. Desde então, não uso máscaras. As pessoas compreenderam o lado humano do Prefeito e eu aprendi a lição de que na vida pública não há espaço para disfarces. Gustavo Krause

Caixero é Santa Cruz de Corpo e Alma

O desportista e tricolor de corpo e alma, João Caixero de Vasconcelos, deu um presente aos que gostam de futebol, principalmente aos torcedores do Santa Cruz. Estamos nos referindo na maravilhosa coleção Eu Sou Santa Cruz de Corpo e Alma. São três volumes bem produzidos. Caixero reuniu profissionais de primeira linha para transformar a idéia surgida na década de 80 nessa notável obra. Ele não se esqueceu de outro idealizador da enciclopédia, Aristófanes de Andrade.

sc-joao-caxeiro

João Caixero na noite de autógrafos do seu livro na sede do Santa Cruz (Foto: Fernando Machado)

Os textos jornalísticos foram de Claudemir Gomes, José Neves Cabral e Lenivaldo Aragão. E outros dos já falecidos Givanildo Alves, Helio Pinto e Julio José Bezerra. A diagramação foi de Deusdedith Antônio da Silva, as ilustrações do chargista Humberto Araújo e o prefácio é de Leonardo Dantas Silva. No primeiro volume temos a história do Santinha, desde sua ata de fundação até o campeonato de 2015. No recheio fotos e mais fotos do seu 12º segundo jogador, e o mais importante: a torcida.

sc-livro-santa-cruz2

Santa Cruz de Corpo e Alma numa edição histórica (Foto: Fernando Machado)

O segundo volume está dedicado aos depoimentos, incluindo um nosso. E finalmente no terceiro e último, temos pequenas biografias dos ídolos do Santa Cruz. Quando destacamos a estrela negra do Arruda, Sebastião da Virada. E não podemos esquecer a Embaixada Suicida. Devido a uma crise financeira, em 1943, a diretoria resolveu fazer uma excursão ao Norte do Brasil. Nessa aventura o time voltou com dois desfalques que morreram de febre tifo: o goleiro King e o atacante Papeira. Um livro entra para a história do Mais Querido.

Anotações do Cotidiano

Hoje, à noite, na Toyolex, na Avenida Rui Barbosa, teremos o vernissage da mostra Imagens e seus Argumentos. Na ocasião, Paula Limongi, embaixadora de Chivas, promove degustação da bebida e palestra para um grupo de artistas, quando citaríamos Nara Cavalcanti, Roberto Botelho, Dayse Pontes, Badida Campos, Mosh, Rikia Amaral, Ferreira, Murilo Santiago, Marco Monaldi e Beatriz Brenner. Na coordenação está a arquiteta Verônica Lima.

paula-limongi-clelio-thomaz

A embaixadora Paula Limongi (Foto: Divulgação)

A Memphis sabe que as mulheres não possuem apenas uma característica, que elas vivem a deliciosa liberdade de serem muitas, todos os dias, sempre que quiserem. E foi inspirada neste turbilhão de sentimentos e emoções que existem dentro de cada uma, que a empresa criou a Alma de Mulher, uma coleção de banho especial composta de Sabonete Hidratante Perfumado, Loção Hidratante Iluminador e a Geleia Esfoliante.

  • 1 2