Fernando Machado

Blog

Tag aeroporto

Não Podemos esquecê-los

O jornalista Edson Regis de Carvalho (Foto: Diário da Manhã)

A partir de hoje vamos lembrar as 120 pessoas mortas pelos comunistas ou terroristas entre 1964 e 1974. É um tributo em memória a 31 de março de 1964. É como escreveu Marcelo Torreão, “caso o comunismo triunfasse no Brasil, essa lista certamente seria multiplicada por milhares, como atestam os exemplos históricos.”

O corpo do almirante Nelson Gomes Fernandes no Aeroporto dos Guararapes (Foto: Manchete)

Em 1964 mataram o vigia Paulo Macena, em 1965 o sargento do Exercito Carlos Argemiro Camargo, em 1966 o jornalista Edson Regis de Carvalho e o almirante Nelson Gomes Fernandes. Em 1967, o fazendo Zé Dico e o bancário Osíris Motta Marcondes. Não podemos esquecer estes heróis que deram a vida pela democracia.

O sargento do Exercito Carlos Camargo (Foto: Internet)

De volta para o passado

Há 65 anos, transitavam pelo Aeroporto do Ibura, para o I Festival de Cinema do Brasil, em São Paulo, Bárbara Ruthrying (Alemanha), Monica Clay e Augusto Fraga (Portugal), Mur Otis (Espanha), Coselta Greco, Lia Amando, Flavie Goliani e Leonora Ruffo (Itália).

Há 50 anos, passava pelo Aeroporto dos Guararapes, para o Carnaval carioca, a modelo e atriz Veruschka (Glothiebe Von Lehondonff).

Há 10 anos, morria em São Paulo, o diretor artístico Abelardo Figueiredo, que nasceu no dia 27 de novembro de 1931.

Brigitte Bardot no Recife

Há 55 anos, transitava pelo Aeroporto Internacional dos Guararapes, via Panair, a atriz ícone dos anos setenta Brigitte Bardot, que estava acompanhada do playboy marroquino Bob Zagury. Eles seguiam até o Rio de Janeiro. BB criou muitos problemas na Cidade Maravilhosa.

Brigitte Bardot e Bob Zagury no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

O jornalista Talis Andrade foi posto para fora da aeronave, assim como o fotografo João Pedrosa, que foi agredido indo direto para a delegacia. Ela não desceu. Somente o cônsul da França Marcel Morin falou com ela, mas não conseguiu que BB desse uma entrevista à imprensa. Foi um rebu.

Noticias de Sergipe

Com a chegada do verão, os 163 quilômetros de extensão do litoral de Sergipe, associados aos atrativos históricos, os Cânions do São Francisco e as belezas da capital, serão um dos itens mais cobiçados pelos turistas que buscam praia, sol e tranquilidade em terras sergipanas. A Infraero estima um crescimento de cinco mil passageiros comparado ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Infraero, o Aeroporto Internacional Santa Maria, de Aracaju, é esperado até 6 de janeiro de 2019, um acréscimo de 6% no número de passageiros.

A taxa de homicídios de Sergipe vem reduzindo a cada ano. Sexta-feira, o Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal divulgou números parciais que apontam que, no balanço anual, 2018 terá a menor taxa de homicídios dos últimos cinco anos. O número deste ano é o menor desde 2013, quando a média de homicídios foi de 2,7 por dia. Em 2018 – até o dia 20 de dezembro-, foram registrados 918 crimes, o equivalente a uma média de 2,6.