Fernando Machado

Blog

novembro 2013

Notícias da Bahia

Entre os dias 22 e 24 de novembro, o Cerimonial Rainha Leonor promove a primeira edição da ExpoChic, evento voltado para empreendedores de diferentes ramos no seguimento de festa. E Marcelo Barros Imagem Digital, empresa que atua no mercado de filmagem digital estará presente no evento. Para a ExpoChic, o local contará com 75 estandes com produtos e serviços do segmento festa.

O evento contará, também, com desfiles de moda, apresentações de novos produtos e tendências, apresentações temáticas, palestras, oficinas de capacitação. Toda renda será revertida às obras sociais da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, que contemplam 800 crianças e centenas de jovens e adultos em centros de Educação Infantil, promoção e capacitação profissional.

Parabéns

Hoje, 01, Dia de Todos os Santos e dos Frevos de Blocos, aniversariam o roteirista Gilberto Braga, o advogado José Carlos Robalinho, os executivos Sérgio Zuanella e Eline Araújo, o atleta Artur Boeckmann de Araújo,

pedro-luiz-roberto-pereira-jr

O radialista Pedro Luiz (Foto: Roberto Pereira)

lazaro-ramos

O ator Lazaro Ramos (Foto: Divulgação)

De volta para o passado

joão-vicente-monteiro

Há 163 anos, o medico e jornalista João Vicente Monteiro fundava no Recife, o Gabinete Português de Leitura.

margareth-schimidt-cruzeiro-53

Há 52 anos, caia na Fazenda Modelo, em Pernambuco, o avião da Panair do Brasil, que vinha de Portugal. A bordo estavam 85 passageiros e 9 tripulantes. Morreram 70 passageiros e entre eles a Rainha dos Jogos da Primavera do Rio de Janeiro de 1961, Margareth Schmidt.

elza-maxwell

Há 20 anos, morria nos Estados Unidos, a temida colunista social de Hollywood Elza Maxwell, que nasceu no dia 24 de abril de 1883.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, o jornalista Edson Cacho Borges, que nasceu no dia 15 de julho de 1928.

ima-sumac

Há cinco anos, morria nos Estados Unidos, a soprano peruana Yma Sumac, que nasceu no dia 13 de setembro de 1922.

Pausa Poética

“Existem verdades que a gente só pode dizer depois de ter conquistado o direito de dizê-las”. Jean Cocteau