Fernando Machado

Blog

Tag Oscar

Oscar de 1929

A festa da entrega do primeiro Oscar aconteceu no dia 16 de maio de 1929. Tudo aconteceu durante jantar no Blossom Room, do Hollywood Roosevelt Hotel. A cerimonia que durou de 15 minutos foi a mais curta da sua história. Cerca de 250 pessoas compareceram no local, pagando 5 dólares. Diferente das futuras edições, os vencedores eram anunciados meses antes da cerimônia e divulgados pela imprensa. Os envelopes selados somente surgiram a partir de 1941. Foi a única edição em que não houve transmissão ao vivo.

o-festa-Oscar29

A elegante entrega do Oscar no Hollywood Rooselvet Hotel (Foto: Divulgação)

O júri formado por cinco pessoas escolhiam os melhore nas 12 categorias, além de premios especiais para os Irmãos Warner, por produzirem o primeiro filme falado da história do cinema, The Jazz Singer, e para Charles Chaplin, por atuar, escrever, dirigir e produzir o filme The Circus. The Jazz Singer não concorreu ao Oscar de Melhor Filme porque a Academia de Artes e Ciências Cinematograficas, fundada em 11 de maio de 1927, por considerar injusto que um filme falado concorresse com filmes mudos. Chaplin foi impedido de concorrer ao de Melhor Ator, pelo fato do júri favorecer os filmes dramáticos em detrimento dos cômicos.

o-emil-jammings

Emil Jannings ganhou o Oscar de Melhor ator  (Foto: Divugação)

Naquela noite de 1929 foi apresentado o Melhor Filme para Asas, o Melhor Filme (Produção de Qualidade Artística) foi para Aurora, o melhor Diretor (Drama) para Frank Borzages por Sétimo Céu, o Melhor Diretor (Comedia)  para Lewis Milestone por Dois Cavaleiros Árabes. A estatueta de melhor ator foi Emil Jannings por Tentação da Carne e The Last Command e a de melhor atriz foi para Janet Gaynor por Sétimo Ceu, Anjo da Rua e Aurora.

o-douglas-fairbanks-janet-gaynor

Douglas Fairbanks entrega o Oscar para Janet Gaynor (Foto: Divulgação)

Na seqüência tivemos como Melhor Roteiro Original o de Ben Hecht, o Melhor Roteiro Adaptado o de  Benjamin Glazer por Sétimo Céu, a Melhor Entretilagem coube a Joseph Farnham, o prêmio de Melhor Engenharia de Efeitos foi para Roy Pomeroy por Asas, a de Melhor Fotografia foi para Charles Rosher e Karls Struss de Aurora e finalmente o Oscar de Melhor Direção de Arte foi para William Cameron Menzie por The Dove e Tempestade.

Anotações do Cotidiano

Estão abertas as inscrições de filmes de produção brasileira de longa metragem que queiram participar do processo de seleção destinado à indicação do filme nacional que concorrerá ao Oscar 2013 – 85ª Premiação Anual promovida pela Academy of Motion Picture Arts and Sciences. Informações no www.cultura.gov.br.

Quatro companhias aéreas vão construir novas rotas entre as cidades do interior e as capitais do Nordeste: Azul/Trip, Passaredo, Avianca e Voa Brasil, conforme acordado em reunião de terça-feira, na sede da Sudene, no Recife. O centro das rotas (HUB) será Petrolina (PE), onde acontecerão trocas de aeronaves. Na Paraíba, Campina Grande e Patos serão as cidades beneficiadas. A próxima reunião acontecerá no dia 13 de setembro.

Um Oscar sem glamour

A decoração do Kodak Theatre, em Los Angeles, onde aconteceu a cerimônia da entrega do Oscar, estava bonita, mas não me empolgou. Senti falta das divas. Aquelas atrizes que transformaram o cinema em magia. Apenas uma dos anos dourados estava lá: Lauren Bacall. A 82ª edição do Oscar não me fascinou. Entre os atores destacamos a elegância de George Clooney (mas estava meio Diaghliev) e Zac Efron. Já Robert Downey Jr estava terrível com uma gravata turquesa.

cameron-diaz-getty-images
A atriz Cameron Diaz, by Oscar de la Renta, estava esplêndida (Foto: Getty Images)

As atrizes Helen Mirror, Maggie Gylenhaad, Jeniffer Lopez, by Armani; Sandra Bullock by Marchesa, Sarah Jessica Parker by Chanel, Demi Moore, by Versace; Kate Winslet by Yves Saint Laurent e Rachel McAdams, Helen Mirren by Mischka, Charlize Theron by Dior, deram um toque de beleza à noite. A mulher de James Cameron, Suzy Amis deve estar anoréxica.

E Oscar vai para…

Todas as atenções desta noite estarão voltadas para a entrega do Oscar que acontece em Hollywood. Os cinéfilos para conferir se os premiados foram corretos. Os colunistas sociais para sentir o cheiro do glamour do tapete vermelho. Os estilistas para conferir o guarda-roupa dos astros. Esta magia será transmitida pela TV Globo, depois do BBB e pela TNT, a partir das 22h com a chegada dos astros pelo tapete vermelho. Independente da Academia de Artes e Ciências Cinematograficas o Oscar vai para…

O critico de cinema e colunista social Ralph, ou Alex, daria o Oscar para O Leopardo de Luchino Visconti (Filme), Bette Davis (Atriz) e Lawrence Olivier (Ator). A diva Tereza Lapa Carneiro de Albuquerque daria para Doutor Jivago de David Lean (Filme), Bette Davis (Atriz) e Anthony Quinn (Ator). Para o jornalista Paulo Sérgio Scarpa a estatueta vai para Como Era Verde Meu Vale de John Ford (Filme), Katherine Hepburn (Atriz) e Lionel Barrymore (Ator).

Para a executiva e socialite Márcia Souto Carvalho o Oscar vai para E o Vento Levou de Victor Fleming, Mel Gibson (Ator) e Meryl Streep (Atriz). A Editora de Jornalismo da TV Globo Nordeste, Jô Mazzarolo entrega a estatueta para Dersu Uzala de Akira Kurosawa (Filme), Vittorio Gassman (Ator) e Catherine Deneuve (Atriz). Já para o executivo Paulo D’Arce o Oscar vai para Gritos e Sussurros de Ingmar Bergman (Filme), Anthony Quinn (Ator) e Bette Davis (Atriz).

O estilista Gilson Guedes deu o Oscar para E o Vento Levou de Victor Fleming (Filme), Cary Grant (Ator) e Katherine Hepburn (Atriz). Eu dou meu Oscar para Quanto Mais Quente Melhor de Billy Wilder, Paul Newman (Ator) e Marilyn Monroe (Atriz).