Fernando Machado

Blog

Tag simpatia

Silvia Ramasco vence o Miss Brasi de 1967

Ana Cristina coroando Carmen Silvia e Sonia Ohana, Carmen Silvia e Wilza Rainato (Fotos: O Cruzeiro)

Hás 50 anos 25 jovens desfilavam no Maracanãzinho, perante um público de 30 mil pessoas, no Rio de Janeiro, em busca da coroa de Miss Brasil de 1967. Foi a 14ª edição do concurso e a vencedora foi Carmen Silvia de Barros Ramasco, de São Paulo, que foi coroada pela Miss Brasil de 1966, Ana Cristina Ridzi. A segunda colocada, Wilza Oliviera Rainato, representou o Brasil no Miss Mundo, e depois por conta da renuncia de Carmen Silvia, para se casar ela a substituiu. A Miss Simpatia foi Claudia Maria Saraiva Cesar, do Ceará.

Maria Hortensia de Góes e Ana Cristina Ridzi recebendo bastão da coordenadora do Cocurso Maria Augusta  (Fotos: O Cruzeiro)

Participaram do festival da Beleza 25 candidatas. Os apresentadores Paulo Marx e Marly Bueno depois dos desfiles em traje típico, vestido e maiô, anunciaram o Top 8: Anisia Gasparina (DF), Vera Lucia de Castro (GB), Maria Juliana Garcia (MG), Maria da Graça Kuri (Rio), Wilza Oliveira Rainato (PR), Sonia Maria Ohana (PA), Ujara Gudrun Jatahy (SC) e Carmen Silvia Ramasco (SP).

Raimunda Nogueira da Silva, Maria de Lourdes de Barros e Nelma Ramos Batista (Fotos: O Cruzeiro)

Vera Lucia Martinez da Mota, Anísia Gasparina da Fonseca e Cláudia Maria Cesar (Fotos: O Cruzeiro)

Já era madrugada do dia 2 de julho quando Finalmente foi anunciada a classificação final. Em 4º lugar ficou a favorita Anisia Gasparina (Brasília), o 3º lugar foi para Sonia Maria Ohana (Pará), em 2º lugar ficou Wilza Oliveira Rainato (Paraná) e a vencedora foi Carmen Silvia Ramasco de São Paulo. É bom lembrar que Carmen Silvia de Barros Ramasco a primeira Miss São Paulo a vencer um Miss Brasil.

Gislene Haddad Tapias, Mary Pinto Borba e Vera Lucia de Castro (Fotos: O Cruzeiro)

Rosimar Guimarães, Regina Helena Gomes e Maria Juliana da Costa (Fotos: O Cruzeiro)

Participaram do concurso Maria de Lourdes Barros (Alagoas), Nelma Ramos Batista (Amazonas), Vera Lucia Martinez da Mota (Bahia), Anisia Gasparina da Fonseca (Brasilia), Claudia Maria Saraiva Cesar (Ceará), Gislane Haddad Tapias (Espirito Santos), Mary Pinto Borba (Goiás), Vera Lucia de Castro (Guanabara), Rosimar Silva Gonçalves (Maranhão), Regina Helena Correia (Mato Grosso), Maria Juliana da Costa (Minas Gerais).

 

Maria Laura Lins, Wilza de Oliveira Rainato e Sônia Maria Ohana (Fotos: O Cruzeiro)

Vera Maria Silva, Anamaria Gonçalves e Maria Isabel Nóbrega Freire (Fotos: O Cruzeiro)

Ainda Sonia Maria Ohana (Pará), Maria Laura Lins Vieira (Paraíba), Wilza de Oliveira Rainato (Paraná), Vera Maria Silva (Pernambuco), Anamaria Gonçalves (Piaui), Maria da Graça Kuri (Rio de Janeiro), Maria Isabel da Nóbrega (Rio Grande do Norte), Terezinha Weiss (Rio Grande do Sul), Nadia Solane Garios (Rondônia), Mariza da Costa Velho (Roraima), Ujara Gudrun Jatahy (Santa Catarina), Carmen Silvia Ramasco (São Paulo) e Maria Hortensia de Góes (Sergipe).

Terezinha Weis, Maria da Graça Kuri e Náia Solange Garios Alves (Fotos: O Cruzeiro)

Mariza da Costa Velho, Carmen Silvia Ramasco e Ujara Gudrun Jatahy (Fotos: O Cruzeiro)

Miss Brasil de 1972

Hoje, faz 45 anos, que acontecia no Maracanãzinho, o concurso de Miss Brasil de 1972. Participaram do festival da beleza 26 candidatas. A vencedora foi Rejane Vieira Costa, Miss Rio Grande Sul, que foi coroada pela Miss Brasil de 1971, Eliane Parreira Guimarães. Em 2º lugar ficou Ângela Maria Favi (SP) que representou o Brasil no Miss Mundo, e em 3º Jane Vieira Macambira (GB), que representou o Brasil no Miss Internacional, também foi eleita Miss Simpatia. O show foi com Elza Soares, Beth Carvalho, Osmar Milito e o Quarteto Forma.

As candidatas desfilando na passarela (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora do Miss Brasil de 1972 (Foto: Manchete)

Rejane Vieira Costa nasceu no dia 15 de novembro de 1954 e faleceu no dia 26 de dezembro de 2013. Era vendedora de uma loja de sapatos quando foi convidada para ser Miss Pelotas. Ficou em segundo lugar no Miss Universo. Foi atriz da TV Globo nas novelas Ti, Ti, Ti, Felicidade, A Viagem, e Era Uma vez e cinema, quando atuou ao lado de Grande Otelo, no filme O Negrinho do Pastoreio. Casou com Rubens Goulart e Italo Granato. Deixou dois filhos Rodrigo e Julia.

Dois momentos da coroação: Eliane passando a faixa e a coroa para Rejane (Fotos: Manchete)

O júri foi presidido pelo Secretario de Turismo do GB, Rui Pereira da Silva e integrado pelos costureiros Marcilio Campos e Flávio Delgado, da modista Nicole de La Riviere, dos jornalistas Jorge Audi e Justino Martins, da Miss Brasil de 1958 Adalgisa Colombo, das senhoras Maria Cecília Mendonça Mello e Maria Helena Brito, Felinto Rodrigues Netto, José Eduardo de Mello, Jorge Ferreira, deputado gaucho Victor Facioni, e o ator Jece Valadão.

Rejane de traje típico e com as misses Ângela Favi e Jane Macambira (Fotos: Manchete)

Depois dos desfiles de traje típicos, vestidos e maiôs Catalina, o júri escolheu o Top 8: Maria Bayma Souza Keth (CE), Maria Gariglio (ES), Jane Vieira Macambira (GB), Hilma Nascimento (MG), Maria Madalena Jácome (PE), Rejane Vieira Costa (RS), Marlene Machado (SC) e Ângela Maria Favi (SP).  Em 5º lugar ficou Maria Garigilio, em 4º Maria Madalena Jácome, em 3º Jane Vieira Macambira, em 2º Ângela Maria Favi e em 1º Jane Vieira Costa.

Jane Macambira, Hilma Nascimento e Madalena Jácome (Fotos: Manchete)

Ana Maria do Rosário Lerner (Alagoas), Kátia Mara Houat (Amapá), Maria Suely Souza (Amazonas), Maria Adélia Junqueira (Bahia), Maria Bayma Souza (Ceará), Maria Célia Coelho Pereira (Distrito Federal), Maria Imaculada Gariglio (Espírito Santo), Maria Tereza Azevedo (Goiás), Jane Vieira Macambira (Guanabara), Fátima Elaine da Silva (Maranhão), Ivone de Barros (Mato Grosso), Hilma Nascimento (Minas Gerais).

Maria da Glória Carvalho, Miss Internacional de 1968; Rejane Vieira Costa e Lucia Tavares Petterle Miss Mundo de 1971 (Foto: Manchete)

Ainda Erinete Menezes Costa (Pará), Bernardete Fernandes Martins (Paraíba), Maria Dolores Peres Bordin (Paraná), Maria Madalena Jácome (Pernambuco), Carlota Maria de Carvalho (Piaui), Marli Pereira Carneiro (Rio de Janeiro), Tázia Bezerra de Sá (Rio Grande do Norte), Rejane Vieira Costa (Rio Grande do Sul), Kátia Fernanda Oliveira (Rondonia), Dacilda Socorro Amora (Roraima), Marlene Machado (Santa Catarina), Ângela Maria Favi (São Paulo), Jocenyr Monteiro Santos (Sergipe).

 

Rubén Castillero é o Mr Espanha 2017

Os candidatos fazendo a abertura do desfile de banho (Foto: MIE)

Aconteceu sábado, à noite, em Matalascañas, em Almonte, Huelva, a escolha do Mister Espanha Internacional, um evento que mexeu com a sociedade local. Participaram do concurso 56 candidatos e o vencedor foi Rubén Castillero, de Bizkaia, que recebeu a faixa do Mister Espanha Internacional de 2016, Christian Perez.  Ele vai disputar o titulo de Mister Internacional de 2017, que deverá acontecer em Bancoque, na Tailandia, em dezembro. O local do Mister Espanha Internacional de 2018 deverá ser no Alegria Palácio, em Mojacan.

O s candidatos em traje típico (Foto: MIE)

Tivemos vários prêmios, mas destaco o de Mister Fotogenia que foi para Jorge Hernand (Segovia), o Mister Alegria e Elegância foram para Antônio López (Huelva), o Mister Simpatia ficou com Antônio Junqueira (Cadiz) e o Mister Sunga foi para Alexander Calvo (Malaga). Os apresentadores do Mister Espanha Internacional de 2017, Ares Texidó e Verónica Hidalgo, depois de uma maratona de desfiles, quando incluíram trajes típicos, sungas e ternos, apresentaram o Top 26.

Verónica Hidalgo e Ares Texidó fazendo a apresentação dos candidatos (Foto: MIE)

Os 26 semifinalistas foram Alexander Calvo (Malaga), Alejandro Cifo (Extremadura), Alejandro González (Las Palmas), Alejandro Picazo (Guadalajra), Alfonso Rodríguez (Badajoz), Alonso Trujillo (Melilla), Antonio Junqueira (Cadiz), Antônio López (Huelva), Carlos Andrade (Madrid), Carlos Contreras (Com. Valencia), Christian Urquizar (A Coruña), Efraim Batallé (Gerona), Gabriel Carro (Valladolid).

Rubén Castillero, Mister Espanha Internacional, de sunga e terno (Fotos: MIE)

Ainda Guillermo Bernat (Valencia), Javier Achaga (Navarra), Josep Pérez (Barcelona), José Zaragoza (Alicante), Manuel Fernandez (Sevilla), Manuel Morell (Tenerife), Mário Guillén (Soria), Mário Orellana (Castellón), Pablo Martínez (Salamaca), Ricardo Lorenzo (Pontevedra), Rodrigo Escanciano (León), Rubén Castillero (Bizkaia) e Victor Gálvez (Andalucia).

Gabriel Carro, Rubén Castillero e Alejandro Cifo (Foto: MIE)

No Top 12 ficaram Alexander Calvo (Malaga), Alejandro Cifo (Extremadura), Alejandro González (Las Palmas), Alonso Trujillo (Melilla), Antonio Junqueira (Cadiz), Carlos Contreras (Com. Valencia), Gabriel Carro (Valladolid), Josep Pérez (Barcelona), Manuel Morell (Tenerife), Ricardo Lorenzo (Pontevedra), Rubén Castillero (Bizkaia)  e Victor Gálvez (Andalucia).

Christian Pérez, Mister Espanha de 2016 e Gabriel Carro abraçando Rubén Castillero visivelmente emocionado (Foto: MIE)

E finalmente a classificação final: Em 6º lugar Josep Pérez (Barcelona), em 5º lugar Alexander Calvo (Malaga), em 4º lugar Victor Gálvez (Andalucia), em 3º lugar Alejandro Cifo (Extremadura), em 2º lugar Gabriel Carro (Valladolid) e o vencedor Rubén Castillero (Bizkaia). Pelo vídeo o segundo colocado era mais bonito ainda do que o vencedor. O blog estende o tapete vermelho para este encontro de beleza onde os homens eram lindos de machucar.

Estes oito candidatos também foram premiados pelo concurso (Foto: MIE)

Equador vence o Miss Terra 2016

Sábado no Mall Asia Arena, de Pasay City, no Metro Manila, nas Filipinas, aconteceu o Miss Terra 2016. A vencedora foi Katherine Spin, do Equador, que foi coroada pela Miss Terra de 2015, Angelina Ong. Os apresentadores foram Marc Nelson e Rovilson Fernandez. Participaram do concurso 83 candidatas. A brasileira, Bruna Zanardo foi eleita Miss Fogo, enquanto Michelle Gomez da Colômbia foi a Miss Ar, e  Stephanie de Zorzi da Venezuela foi a Miss Água.

mt-top4

Bruna Zanardo, Katherine Spin, Michelle Gomez e Stephanie de Zorzi (Foto: Divulgação)

O Top 16 foi composto por Nozipho Magagula (África do Sul), Lyndl Kean (Austrália), Bruna Zanardo (Brasil), Michelle Gómez (Colombia), Chae-Young Lee (Coreia), Katherine Espin (Equador), Corrin Stellakis (Estados Unidos), Luissa Burton (Inglaterra), Julieann McStravic (Irlanda do Norte), Denise Frigo (Itália), Clover Zhu (Macau), Paola Astudillo (México), Aleksandra Cherepanova (Rússia), Cloie Skarne (Suécia), Stephanie de Zorzi (Venezuela) e Nguyễn Thị Lệ Nam Em (Vietnã).

mt-katherine-espinangelina-ong

Katherine Espin sendo coroada por Angelina Ong (Foto: Divulgação)

No Top 8 ficaram Bruna Zanardo (Brasil), Michelle Gómez (Colombia), Katherine Espin (Equador), Corrin Stellakis (Estados Unidos), Aleksandra Cherepanova (Rússia), Cloie Skarne (Suécia), Stephanie de Zorzi (Venezuela) e Nguyễn Thị Lệ Nam Em (Vietnã). A Miss Simpatia foi Candisha Rolle (Bahamas), os melhores trajes típicos foram para Priscilla Achieng (Uganda), Itzel Paola Astudillo (México) e Atcharee Buakhiao (Tailandia). A Miss Fotogenia foi Nguyễn Thị Lệ Nam Em (Vietnã).