Fernando Machado

Blog

Tag reforma

Esquinas do Mundo

Rocco Forte Hotels comemora o “renascimento” do Hotel Savoy com a inauguração do seu maravilhoso hotel florentino na imponente Piazza della Republica. Depois de seis meses de uma extensiva reforma, o hotel, construído há 125 anos, reabre oficialmente suas portas. Diretora de Design, Olga Polizzi aperfeiçoou a elegância atemporal do Savoy, usando temas contemporâneos, elementos da Renaissance, moda florentina e os melhores artesãos de Florença.

Um panorama abrangente da arte brasileira, com trabalhos dos mais importantes artistas nacionais. Com esse mote, a Fundação Marcos Amaro inaugura a exposição permanente O tridimensional na coleção Marcos Amaro: frente,fundo, em cima, embaixo, lados. Volume, forma e cor,em sua sede, na Fábrica de Arte Marcos Amaro, em Itu, a partir de 23 de junho. A curadoria é de Ricardo Resende.

Pedro Augusto, comenta a Reforma trabalhista

Pedro Augusto Almeida ao lado da mãe, Tinane e da irmã Lelê da Fonte (Foto: Fernando Machado)

Quinta-feira, na Livraria Imperatriz, no Shopping Recife, o advogado Pedro Augusto Almeida Neto, lançou seu livro Comentários à Reforma Trabalhista. À tarde que entrou noite adentro de autografo foi muito concorrida e prestigiada. O livro nasceu das primeiras anotações que ele fez quando começou a estudar a Reforma Trabalhista, a partir do início de agosto passado. Em seguida, ele sentiu a vontade de preparar um pequeno manual, que servisse de orientação aos departamentos de pessoal, RH e contábil das empresas que são minhas clientes.

Marilda Maliconico e Suely Miranda (Foto: Fernando Machado)

“E continuei escrevendo. Em sequência, verifiquei que a matéria era muito vasta, e que o manual ultrapassaria em muito a quantidade de páginas pretendida, que seria em torno de 50. Comecei com 80 e terminei com 140, enfim, estava me deparando com uma infinidade de informações que julgava necessárias, e ainda longe de chegar ao final. Por fim, optei por fazer um tipo de apostila, que a esta altura seria distribuída entre os amigos e advogados mais próximos. Fiz então uma correlação entre os artigos da lei da Reforma Trabalhista, e a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, que seria atingida de alguma forma pela mesma”.

Pedro Augusto Almeida Neto e Roberto Maia (Foto: Fernando Machado)

– Engrossei mais o número de páginas, e vi que havia escrito um livro, e não mais um manual como pretendido. Mas continuei com o propósito de distribuí-lo entre as empresas clientes e os advogados mais próximos. Fui então incentivado por várias pessoas a publicar a obra. No início refutei a idéia. Até porque não julguei que o conteúdo escrito fosse merecedor de publicação. Não passava pela minha cabeça. Mas a insistência dos amigos foi grande, inclusive por parte dos meus colegas da OAB/PE, sub seccional de Jaboatão dos Guararapes e Moreno, onde sou Conselheiro.

Pedro Augusto Almeida e Giovani Oliveira (Foto: Fernando Machado)

E prossegue: “Diante de tanta insistência, resolvi distribuir alguns volumes, aos advogados mais próximos, tanto na forma impressa, como na forma eletrônica em PDF. Apenas pedi a opinião sincera de todos em relação à qualidade do que estava escrito, e se seria merecedor de uma publicação. Para minha surpresa, a receptividade foi unânime, e a partir daí, o número de pessoas a me instigar a publicar cresceu de forma absurda. Resolvi então publicar a obra, mas mesmo assim, com um pé atrás, pois jamais me olhei como autor de algum livro, e muito menos de um livro técnico, sobre uma matéria tão nova, relevante e polêmica como é a Reforma Trabalhista”.

Tinane Almeida, Monica Rios Rodrigues, Eliane Pompeu e Thereza Bitu Canuto (Foto: Fernando Machado)

E conclui: “Elogiada por muitos, e odiada por tantos outros. Enfim, enviei para a editora e mandei produzir o livro. Ficaram prontos na editora no dia 21 de dezembro de 2017, e já no início de janeiro recebi as caixas com os livros impressos. Marquei o lançamento da obra, a dedo, pois completou, neste mesmo dia, 33 anos de casado com a minha esposa Penha. Seria (e foi) uma dupla comemoração. E por fim, senti-me muito honrado com a presença maciça dos meus familiares, amigos e clientes, que pacientemente esperam em longas filas para levarem a obra autografada por mim. A todos, serei eternamente grato, por ter tornado uma simples sessão de autógrafos quase em uma festa. E como diria o velho Chicó, de Ariano Suassuna, “não sei, só sei que foi assim”.

Penha e Pedro Augusto ao lado dos filhos Felipe e Letícia (Foto: Fernando Machado)

Noticias de Sergipe

O IV Festival Sergipano de Artes Cênicas continua com inscrições abertas para grupos e artistas do teatro, circo e dança, sendo que nesta edição novas categorias poderão concorrer. Dessa vez, todos os participantes, sem exceções, serão definidos por intermédio do edital que, além das categorias tradicionais para artistas e grupos de Sergipe, receberá propostas de espetáculos de outros estados do país. Outra novidade é a categoria Demanda Espontânea. Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe, o Festival acontece de 27 de março à 30 de abril. Informações no secultse@gmail.com, ou pelo telefone: (79) 3198-7806.

Falta pouco para que os sergipanos possam conhecer as novas instalações do Centro de Turismo, ponto de visitação localizado na Praça Olímpio Campos, no coração de Aracaju. A obra de reforma e revitalização será inaugurada no dia 1° de fevereiro, beneficiando, além dos frequentadores e turistas, os 28 lojistas e artesãos que trabalham no local. A iniciativa é do governo de Sergipe via a Secretaria de Estado do Turismo. O prédio histórico em que hoje se localiza o Centro de Turismo, que remonta ao início do século XX, abrigava a tradicional Escola Normal. A obra de recuperação está sendo realizada com recursos da ordem de R$ 1,345 milhão, originários do Prodetur.

Variedades

Começa hoje o trabalho de reforma da Matriz de Casa Forte. Foram 10 anos sem grandes obras e o tempo foi implacável. No dia 24 de dezembro passado, logo após a missa de Natal, o padre Deyvson lançou a campanha Mutirão do Amor com o intuito de arrecadar dinheiro para esse serviço. A Igreja foi reconstruída em 1916. Quem nos informa é a jornalista Vera Ferraz.

Com crescimento de 3,3% ao ano de 2002 a 2015, o Nordeste, juntamente com Norte, que teve 4,3% de incremento e Centro-Oeste, com 4,1%, foram as regiões que mais aumentaram suas participações no PIB. Sudeste e Sul também cresceram, 2,6% e 2,4%, respectivamente, o que levou a média nacional para 2,9% nos anos abordados na pesquisa.