Fernando Machado

Blog

Tag concurso

Ana Maria Costa é a Miss Pernambuco de 1964

Faz 55 anos hoje que seis jovens disputavam o titulo de Miss Pernambuco de 1964 e ao surgiram na passarela do Clube Náutico Capibaribe o publico foi a loucura. O apresentador foi Aldemar Paiva que anunciou na madrugada do domingo que a sucessora de Vera Lúcia Bezerra, que também representou o Clube Náutico Capibaribe, era a carioca Ana Maria Costa do clube alvirrubro.

Sonia Malta, Ana Maria Costa Caldas e Carmen Lucia Veloso; cinco das seis candidatas (Reprodução DP)

Participaram do concurso Noely Sales de Souza (Clube dos Oficiais da PMPE), Maria do Céu Rodrigues(América Futebol Clube), Joan de Castro Serrano (Clube Internacional do Recife), Carmen Lucia Veloso(Circulo Militar do Recife), Sônia Malta Mendes (Clube da Aeronáutica) e Ana Maria Costa Caldas (Clube Náutico Capibaribe).

Sonia Malta Mendes, Ana Maria Costa Caldas e Carmen Lúcia Veloso (Foto: O Cruzeiro)

A nova Miss Pernambuco, Ana Maria Costa Caldas era belíssima e ficou mais ainda quando surgiu na passarela com um modelo branco e prata do estilista Victor Moreira, confeccionado por Inês Peixe. Ela tinha 1m68 de altura, busto e quadril 95 cm, 55 kg cintura 60 cm, coxa 58 cm e tornozelos 22 cm.

Ana Maria saindo da piscina do Náutico e na capa da revista O Cruzeiro (Fotos: O Cruzeiro)

O segundo lugar ficou com Sonia Malta Mendes by Marcilio Campos, em terceiro lugar ficou Carmen Lucia Veloso, em quarto lugar Joan de Castro Serrano, em quinto lugar Noeli Sales de Souza e em sexto lugar Maria do Céu RodriguesAna Maria Costa é outra miss que desapareceu. Meu Deus do céu por anda Ana Maria Costa. Missologos descubram seu paradeiro.

Martha Rocha: Miss Brasil de 1954

Manuel Bandeira quando entregava a faixa para Martha Rocha como Miss Brasil de 1954 (Foto: O Cruzeiro)

Há 65 anos, Martha Rocha era eleita no Quitandinha, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, Miss Brasil de 1954, o primeiro concurso oficial de Miss Brasil, dos Diários Associados. Participaram do conclave apenas seis candidatas Martha Rocha (Bahia), Patrícia Lacerda (Distrito Federal), Dorama Cury Nasser (Goiás), Zaida Souza Saldanha (Rio de Janeiro), Lygia Carotenuto (Rio Grande do Sul) e Baby Lomani (São Paulo).

Beatriz, Zaida, Martha, Lygia, Patricia e Baby (Foto: Manchete)

O festival de beleza de 1954 foi promovido pelo Diário Carioca e a Folha de São Paulo e teve na comissão julgadora o poeta Manuel Bandeira, o artista plástico Santa Rosa, o romancista Armando Fontes, a escritora Helena Silveira, os jornalistas Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Pompeu Souza. Primeiro, as seis candidatas desfilaram de maiô e na sequencia de traje de noite.

Martha Rocha, Zaida Saldanha e Lygia Carotenuto (Foto: O Cruzeiro)

A vencedora representou o Brasil no concurso de Miss Universo de 1954 que aconteceu em Long Beach, na Califórnia, e voltou com o segundo lugar. O Miss Brasil de 1954 teve o seguinte resultado: Primeiro lugar ficou com a baiana Martha Rocha; o segundo foi para Zaida Saldanha do Rio de Janeiro e o terceiro para Lygia Beatriz Carotenuto do Rio Grande do Sul.

Patricia Lacerda, Dorama Nasser e Baby Lomani (Foto: O Cruzeiro)

A carioca Patrícia Lacerda que era uma das favoritas não gostou do resultado criou a maior confusão. Disse que teve marmelada porque ela era neta do escritor Coelho Neto, parece que Manuel Bandeira tinha certa mágoa dele. Como sempre não deu em nada. Patrícia Lacerda virou atriz de cinema, mas sem muito sucesso.

As candidatas diante da comissão julgadora (Foto: O Cruzeiro)

Zaida Souza Saldanha tinha participado do concurso de Miss Distrito Federal e perdera para Patrícia Lacerda, mais um motivo para deixá-la furiosa. O fato é que Maria Martha Hacker Rocha do alto dos 1m70 de altura, 95 cm de busto, 60 cm de cintura, 100 cm de quadris, 58 cm de coxa, 21 cm de tornozelo, 57 kg e 21 anos, é para quem entende de Miss a Mulher do Século.

Mister Rio de Janeiro de 2019

Misteres Felipe Damazio de Búzios e Leandro Ludson Rangel de Macaé (Fotos: Concurso)

Hoje, às 16h, no Wyndham Hotel da Barra da Tijuca, será realizado o concurso de Mister Rio de Janeiro CNB 2019. Vão participar 22 candidatos. O mais alto é Mauricio Andrade de 2m02 de altura e o mais baixo é Vinicius Domingo Gomes com 1m65 de altura. O mais velho é Leandro Ludson Rangel e Leonardo Fernandes com 30 anos.

Misteres André Belfort de Belford Roxo e Bruno Krause de Niterói (Fotos: Concurso)

Os candidatos são: Wendel Medeiros (Angra dos Reis), Gabriel Pereira Fonseca (Barra do Pirai), Vinicius Ribeiro (Barra Mansa), Andre Belfort (Belford Roxo), Felipe Damázio (Búzios), Renato Miguel (Cabo Frio), João Elias Monthé (Campos dos Goytazes), Matheus Alencar (Duque de Caxias), Thales Andrade (Itaborai), Mauricio Andrade (Itaguai), Leandro Ludson Rangel (Macaé).

Os misteres Diogo Gomes de Nilópolis e Mauricio Andrade de Itaguai (Fotos: Concurso)

Ainda Vinicius Domingo Gomes (Mangaratiba), Diogo Gomes (Nilópolis), Bruno Krause (Niterói), Redson Freitas (Nova Iguaçu), Lucas Figueiredo (Petrópolis), Vinicius Marçal (Resende), Bernardo Ribeiro (Rio das Pedras), Leonardo Fernandes (Rio de Janeiro), Luan Luiz (Teresópolis), Tony Santos (Três Rios) e Renan Carvalho (Volta Redonda).

Renato Miguel Mister Cabo Frio (Foto: Concurso)

Fatos Diversos

A Debron Bier, dos sócios Raimundo Dantas, Thomé Calmon e Eduardo Farias, arrematou três medalhas no renomado concurso cervejeiro, Australian International Beer Awards, na Austrália:  prata com a NutIpa e bronze com a Imperial Stout e Vienna Lager. A Debron foi a única cervejaria do nordeste a conquistar medalhas na competição.

Ricardo Bello Dias estará no talk em Nova York (Foto: Divulgação)

Amanhã, Ricardo Bello Dias, arquiteto e diretor de arte Ornare, participa do talk Brazilian Design: Aesthetics and Tecnique, evento realizado na ICFF New York. O painel moderado pelo jornalista Andrew Joseph conta também com outros grandes nomes da arquitetura e design brasileiros: o Guto Indio da Costa, Guilherme Wentz e Jader Almeida.