Fernando Machado

Blog

Categoria Moda

Miss Pernambuco de 1958

Hoje faz 55 anos que a mulata grau 10 Sonia Maria Campos, Miss Santa Cruz, vencia no Clube Português, o concurso de Miss Pernambuco de 1958. Desfilaram no festival da beleza nove candidatas para um publico estimado em cinco mil pessoas. Era o tempo do glamour das misses, que nunca mais voltará, apenas deste tempo restaram as fofocas.  

pe-58-misses 58

As misses na pergula da piscina do clube Português (Foto: Correio da Manhã)

As candidatas foram Josefina Barreto do America, Ligia Villar do Cabanga, Maria Helena Padilha do Circulo Militar, Silvia Martins de Almeida Internacional, Maria de Lourdes Costa do Jet, Louise Brendell do Náutico, Sonia Maria Campos do Santa Cruz, Iara Portella do Clube dos Universitários e Ingrid Hoffmann do Português.

pe-58-sonia-maria-campos-maio

Sonia Maria Campos desfilando de maiô (Foto: Arquivo)

O concurso de Miss Pernambuco foi coordenado por Alex, que também fez parte do júri. As misses foram maquiadas por Alberto Zampolioni, Hemê Pessoa e Mucio Catão. Os penteados foram grifados pelos cabeleireiros Alécio, Alberto Zampolioni, Ernane e Aparecida. As misses tiveram como personal trainer Otavio Catanho.

pe-58-zaira-sonia-campos-louise-brandell-josefina-barreto-helena-padilha-silvia-martins-dealmeida-lourdinha-costa-iara-portela

Zaira Pimentel, Sonia Maria Campos, Louise Brendell, Josefina Barreto, Helena Padilha, Silvia Martins de Almeida, Lourdinha Costa e Iara Portella (Foto: Correio da Manhã)

Já era manhã do domingo quando Zayra Pimentel, Miss Pernambuco de 1957 passou a faixa de Miss Pernambuco de 1958 para Sônia Maria Campos que usava um modelo criado por Marcilio Campos e confeccionado por Cecília Campos. No segundo lugar ficou Ingrid Hoffmann que nasceu na Paraíba e o terceiro com Louise Brendell recém chegada da Alemanha, que usou um modelo de Victor Moreira.

pe-58-miss-dp

Reprodução do Diário de Pernambuco do dia 3 de junho de 1958

A vitória de Sônia foi contestada por ser mulata e ter vencido duas loiras. O cronista social Altamiro Cunha, que não participou da comissão julgadora torceu por Sonia Maria Campos. Já o sociólogo Gilberto Freyre do júri não escondia que Sônia era a candidata mais pernambucana de todas.

Miss Pernambuco de 1988

Faz hoje 25 anos, que Ana Maria Guimarães, do Clube Rodoviário de Pernambuco, era eleita Miss Pernambuco de 1988. A noite que consagrou a deusa do ébano aconteceu nos salões do Clube Internacional do Recife. O evento foi promovido pela Empresa Jornal do Commercio. Em segundo lugar ficou Andréa Minelli (Internacional) e em terceiro Valérie Nielsen (Sport).

m-candidatas-miss-pernambuco88-roberto-paixão

As candidatas num click oficial no Mar Hotel (Foto: Roberto Paixão)

Participaram do concurso 34 candidatas e elas não pagavam taxas de inscrições que ficaram hospedas no Mar Hotel. Tempo bons aqueles. Na coordenação estavam Alex, Fernando Machado, Muciolo Ferreira e Maria Eunice Mergulhão, Miss Pernambuco de 1968. Os apresentadores foram José Mário de Austregesilo e Maria Rossitter. A coreografia foi assinada por Romildo Alves.

m-ana-maria-guimarães-isis-barbalho

Ana Maria Guimarães by Nícia Barbalho e penteada por Almir da Paixão (Foto: Geraldo Guimarães)

As 10 semifinalistas foram Ana Cláudia Romão (Wanderley Cabeleireiros), Ana Maria Guimarães (Clube Rodoviário), Ana Paula Menezes (Explanada), Andrea Minelli (Internacional), Denir de Melo Santos (Itamaracá), Ivana Kalin Galvão (Vitória de Santo Antão), Maria Eimar Rodrigues (Bandepe), Rosemary Pinto (Voga), Tereza Cristina Coelho (The New Look), e Valérie La Verne Nielsen (Sport). 

m-ana-maria-guimaraes

Ana Maria Guimarães (Foto: Geraldo Guimarães)

 Na comissão julgadora estavam o prefeito Jarbas Vasconcelos, o desembargador Mauro Jordão Vasconcelos, os executivos Eduardo Lemos e Jaildo Dantas, as consulesas Dulce Barbe e Iara Dubeux, a jornalista Zenaide Barbosa, o pintor Bernardo Dimenstein, as senhoras Helena Pessoa de Queiroz Gomes, Luiza Azambuja, Madalena Seixas e Tuti Moury Fernandes,  a chefe do Cerimonial do Estado Inah Lins, o empresário Assis Farinha, o estilista Marcilio Campos e o odontologo Geovane Tenório.

Moda Recife 2012


Quando José Alves desfilou by Rush Praia a turma alegre começou a cantar “ai, ai, se eu ti pego” (Foto: Anisio Neto)

A CasaCor de Pernambuco ficou entupido de fashionistas no primeiro dia do Moda Recife. O talk show Agora é Moda abriu o evento. O fotógrafo Renato Filho e o produtor de Moda Nestor Mádenes falaram sobre como é feito um editorial de moda e todo o processo até a publicação nos veículos. Sem dúvida Ricardo Coller está de parabéns.


O modelo André Alves desfilou Manoel Ozi (Foto: Anisio Neto)

Pela passarela passaram Frederico Ferreira da Pinna, Rush Praia (mostrando a beleza das tribos apache com adereços em pele e franjas), Manoel Ozi (que brincou com os comprimentos, utilizando ainda tecidos fluidos e muito cropped), Romildo Nascimento, Club Noir, Sankara e os novos estilistas Dihrôh Monteiro e Hallie Miller.


O deus de ébano, Bruno Ribeiro, desfilou Hallie Miller (Foto: Anisio Neto

A Chic Gloria Kalil

Ontem, à noite, na Arcádia de Boa Viagem, tivemos uma palestra com a consultora de moda paulista Glória Kalil. Sua conferencia durou 20 minutos e mais 30 minutos de perguntas da platéia foi um grande sucesso. Fui pensando que seria um programa de índio, pois a de Costanza Pascolato foi de uma chatura sem limites.

g-vanessa-wander-gloria-kalil
Vanessa Wander e Glória Kalil (Foto: Fernando Machado)

Glória Kalil estava em irrepreensível num deux pièces, a túnica branca by Printing e a calça cumprida preta, não deu aquele showzinho de esnobismo, apesar de está no mercado há 30 anos. Foi empresária e dona da marca Fiorucci. Escreveu quatro livros: Chic, Chic Homem, Alô, Chics!, e Chic(érrimo) e em outubro lança Viajante Chic.

g-tinane-almeida
A elegante senhora Tinane Almeida (Foto: Fernando Machado)

Elegantemente destacou três elos de uma cadeia ligada ao setor. O primeiro foi o das indústrias, o segundo o do consumidor, e o terceiro a da comercialização. Lembrou que as duas classes que mais cresceram no Brasil foram a A A (luxo) e a C e D. Confidenciou que a única grife brasileira que é reconhecida no mundo são as sandálias havaianas.

g-angela-agra
Angela Agra Galvão eternamente miss (Foto: Fernando Machado)

Glória Kalil veio ao Recife graças ao showroom da VestesBR, leia-se Vanda Wander, uma plataforma de negócios onine voltada a lojsitas de moda de todo o Brasil. O objetivo do evento é apresentar aos lojistas um meio inovador de abastecer os estoques, via a versão 2.0 da plataforma online. Nove capitais estão na lista para receber o showroom: Curitiba, Porto Alegre, Cuiabá, Brasilia, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém.

g-debora-schwarz-luna-andrade-thiago-falcao
Débora Schwarz, Luna Andrade e Thiago Falcão (Foto: Fernando Machado)

A meta da empresa é comercializar R$ 1 milhão a cada evento. Os lojistas que comparecerem ao showroom, que termina hoje, terão acesso a um Caderno de Tendências assinado por Glória Kalil, com indicações de produtos das marcas que fazem parte da VestesBR. Entre as presenças destacamos a Miss Pernambuco de 1978, Angela Galvão e a diva Tinane Almeida.