Fernando Machado

Blog

O Galo da Madrugada

O artista plástico Demazinho Gomes comentou o facebook que o Galo da Madrugada foi criado há 35 anos no Bairro de São José. Lá havia uma casa na Rua Padre Floriano onde moravam duas irmãs de Éneas Freire, Neinha, chamada Albertina e Célia. A primeira confeccionava roupas de palhaços maravilhosas. A segunda era professora e proprietária do Instituto Joaquim Nabuco na mesma rua. Esta escola foi a primeira sede do Galo.

Um sábado de carnaval Neinha está choramingando e dizendo que no Zé Pereira não tinha o que fazer. A mulher de Eneas Freire, Carminha sugeriu a criação de um bloco de mascarados que sairia as cinco da manhã e retornaria da Rua Nova às 11h. E ela concluiu afirmando que a sua proposta exigia a participação feminina. “Era tudo muito lírico. Os políticos descobriram o bloco que virou uma enorme fábrica de fazer dinheiro e arranjar votos. Um mascarado que deu sangue ao bloco foi Gustavo Krause. A primeira vez do bloco nas ruas contou com 42 pessoas”, completou Demazinho.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.