Fernando Machado

Blog

Gabriela e o Nordeste

Foram horas entre o céu e a terra até chegar ao lugar perfeito para o começo das gravações de Gabriela: a Serra das Confusões, dentro do Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí. Mauro Mendonça Filho é o diretor-geral da obra escrita por Walcyr Carrasco, inspirada no romance homônimo de Jorge Amado, e com direção de núcleo de Roberto Talma. Ao todo foram 16 dias de gravações pelo nordeste brasileiro com mais de 200 profissionais envolvidos e quatro caminhões transportando equipamentos, figurino, cenografia e produção de arte.

Gabriela
Juliana Paes é a Gariela (Fotos: Estevam Avellar)

Depois do Piauí, a primeira parada foi a Bahia. Elenco e equipe chegaram, então, no Junco do Salitre, sertão de Juazeiro. Foi lá, no meio da caatinga nordestina, que foram gravadas as cenas nas quais Gabriela (Juliana Paes) se despede de sua casa e foge com seu Tio Silva (Everaldo Pontes) da seca que assolava o lugar. Na busca por uma vida menos sofrida na famosa Ilhéus, Gabriela e seu tio esbarram com outros retirantes, Clemente (Daniel Ribeiro) e Negro Fagundes (Jhe Oliveira).

gabriela-mateus-nelson-xavier-solano-estevam-avellar-globo
Mateus Solano e Nelson Xavier

Outra cena gravada em Canavieiras foi a chegada pelo mar de Mundinho Falcão (Mateus Solano), com Príncipe Sandra (Emilio Orciollo Netto) e Anabela (Bruna Linzmeyer), até porto. Em terra eram esperados por Douglas (Jackson Costa) e Dr. Pelópidas (Ilya São Paulo). A última parada: Ilhéus. As fazendas de cacau, ainda existentes na cidade, serviram de paisagem para as cenas com o coronel Melk Tavares (Chico Diaz), Negro Fagundes (Jhe Oliveira), Clemente (Daniel Ribeiro), Coronel Altino (Nelson Xavier) e Mundinho Falcão (Mateus Solano).

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.