Fernando Machado

Blog

Mãe, ó mãe, abre teus braços e acolhe o Recife!

Um céu estava sem estrelas, e uma lua, quarto minguante, testemunharam, ontem, o encerramento da 314ª Festa de Nossa Senhora do Carmo. São Pedro que é assim com a Padroeira do Recife fez chover e como, muitos fiéis. Acho que mais 150 mil devotos invadiram as Avenidas Nossa Senhora do Carmo e Martins de Barros, a Praça da República, Rua do Sol e as Avenidas Guararapes e Dantas Barreto para louvá-la. Caso tenha sido menos, boato a favor não se desmente. Dom Antônio Fernando Saburido presidiu, pela primeira vez, a Missa Campal. No palco montado em frente a Basílica do Carmo o público dividia seus olhares para o Arcebispo de Olinda e Recife, o Padre Reginaldo Manzotti e Frei Damião Silva.

c-antonio-fernand0saburido-paulo-fernando-de-moura
Dom Antônio Fernando Saburido e Frei Paulo Fernando de Moura (Fotos: Fernando Machado)

Também estavam no palco o Prior Provincial dos Carmelitas, Frei Francisco Sales e o Reitor da Basílica, Frei Paulo Fernando de Moura, entre outros sacerdotes. Como tudo no Brasil, a Missa Campal atrasou uns 40 minutos, mas os fiéis não estavam nem ai. Já estava anoitecendo quando o andor de Nossa Senhora do Carmo, belíssimo, surgiu no Pátio do Carmo com todo esplendor. Ele flutuava naquele mar de gente parecia até a passagem bíblica de Jesus sobre o mar. Três trios elétricos precederam o cortejo da procissão, incluindo aquele de Frei Damião e os Guerreiros na Fé.

c-andor-soldados
Marinheiros e Soldados do Exército conduziram o andor

Na sua homilia Dom Antônio Fernando Saburido destacou seu repúdio ao aborto e passou um pito nos políticos ao lembrar a tragédia que tomou conta de algumas cidades do interior de Pernambuco e Alagoas. Somente quem tem intimidade com os céus pode fazer essa advertência. Frei Sales apresentou o Pálio que Dom Antônio Fernando recebeu do Papa Bento XVI, inicio do mês. Não esquecer que repousava no palco uma imagem de Nossa Senhora do Carmo trazida pelos primeiros Carmelitas espanhóis que chegaram ao Recife.

c-procissao
O belíssimo andor de Nossa Senhora do Carmo entrando no Pátio do Carmo

O andor de 5m20 por 4m50 foi confeccionado pelo artista plástico Carlos Ivan Vieira de Melo e homenageava à Basílica do Carmo. Quando destacamos o altar mor incluindo as imagens dos Santos Elias e Eliseu, feitos por artesões de Tracunhaém e de Nossa Senhora do Carmo e São Simão Stock assinadas pelo santeiro Inácio Cabral, datada dem 1950, sobressaindo entre 12 mil flores, rosas, lírios, monsenhores, angélicas e margaridas chá. Parabéns, Carlos Ivan!

c-reginaldo-manzotti
Padre Reginaldo Manzotti num close especial, feito no camarim, para o blog

Quando a procissão retornou para o Pátio do Carmo aconteceu a liturgia de encerramento da festa e a Consagração do Recife à Nossa Senhora do Carmo, por Dom Antônio Fernando Saburido, foi realizado o show com Padre Reginaldo Manzotti. Será que preciso dizer que o público foi ao delírio? Padre Reginaldo Manzotti deve ter dormido o sono daoconsagração. Esse blog também parabeniza Frei Paulo Fernando e Jairo Chaves pela bonita programação da Festa de Nossa Senhora do Carmo. Se Deus quiser, e ele vai querer, no próximo ano tem mais.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.