Fernando Machado

Blog

Notícias da Bahia

Mais de 55 mil fiéis lotaram a Arena Fonte Nova, domingo, para acompanhar a primeira missa no Brasil em homenagem à Santa Dulce dos Pobres, após a sua canonização. Nas camisas, nos olhos, nos corações tudo remetia à Irmã Dulce dos Pobres. O local virou um verdadeiro templo. A cantora Margareth Meneses também participou da homenagem. Esse evento ficou na história dos Católicos baianos.

Santa Irmã Dulce sendo reverenciada pelos sacerdotes (Foto: Mateus Pereira)

A cerimônia religiosa foi presidida pelo arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, recordou os motivos pelos quais irmã Dulce se tornou conhecida e amada ainda em vida: seu amor e trabalho em prol dos mais pobres. O título que também a fez conhecida – o “Anjo Bom da Bahia” – não passou despercebido na homilia de Dom Murilo.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.