Fernando Machado

Blog

Anotações do Cotidiano

Pedro Castro posta no seu face que o notável violonista Henrique Annes, não se apresentou quarta-feira no Festival de Inverno de Garanhuns, porque a coordenação desvalarizou seu caché em mais de 50 por cento. Agora o blog pergunta será os dos cantores estrangeiros foram desvalorizados? Essa Fundarpe não tem jeito não. Acho estranho o secretario Gilberto Freyre Neto aceitar a desculpa esfarrapada da Fundarpe, porque Henrique cobrou um preço simbólico para tocar no Conservatório Pernambuano de Musica. Acontece ele foi homenageado pela entidade. Foi gesto de agradecimento.

Hoje e amanhã, na Faculdade Nova Roma, no Bongi, acontecerá X Congresso Estadual de Profissionais de Pernambuco, do Crea-PE, cujo presidente é Evandro Alencar. Os encontros, que têm como eixo central Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional, buscam o debate de sugestões para mudanças nos normativos do Sistema Confea/Crea/Mútua com vistas no desenvolvimento regional e nacional, a partir de cinco eixos temáticos: inovações tecnológicas, recursos naturais, infraestrutura, atuação profissional e atuação das empresas de Engenharia.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.