Fernando Machado

Blog

Para o Imperador Naruhito

O Imperador Akihito, de 85 anos, abdicou sua função em prol do filho o Principe Naruhito, de 59 anos, encerrando a Era Heisei, que agora é o novo Imperador do Japão e abre uma nova era em 200 anos. A Reiwa, que em português significa bom ou ordem e harmonia. E por conta deste gesto o cônsul geral do Japão no Nordeste do Brasil, Jiro Maruhashi, abriu as portas do seu apartamento na Avenida Boa Viagem, para uma recepção petit comité.

O cônsul geral Jiro Maruhashi e o cônsul Tadao Furukawa (Foto: Fernando Machado)

Durante o encontro tivemos três falas: a do cônsul geral Jiri Maruhashi, a da embaixadora Katia Gilaberte, Chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores para o Nordeste, (lembrou que sua primeira missão diplomática foi no Japão e que testemunhou as três eras) e a do próprio Imperador Naruhito, via  por sinal seu primeiro discurso após ascender ao trono na cerimônia Sokui-go-Choken-no-gi.

A embaixadora Katia Gilaberte e a cônsul geral da Alemanha Maria Köenning de Siqueira Rregueira (Foto: Fernando Machado)

Asssim falou o Imperador: “Eu sucedi ao trono conforme estipulado pela Constituição do Japão e pela Lei de Medidas Especiais sobre a Lei da Casa Imperial. Quando penso nas grandes responsabilidades que assumi, me sinto repleto de um sentimento solene. Refletindo sobre o passado, Sua Majestade, o Imperador Emérito, orou pela paz no mundo e felicidade do povo japonês por mais de 30 anos”.

O Superintende da Policia Federal Carlos Henrique Sousa e o cônsul geral dos EUA John Barrett (Foto: Fernando Machado)

-Sua Majestade compartilhou da felicidade e tristeza do povo em todos os momentos, mostrando grande dedicação por meio de suas próprias ações, e cumpriu cada um de seus deveres com sinceridade. Eu gostaria de expressar meu profundo respeito e gratidão pela atitude que Sua Majestade, o Imperador Emérito, demonstrou como símbolo do Estado. Conforme sucedo ao trono, estou refletindo profundamente sobre o caminho tomado por Sua Majestade, o Imperador Emérito.

O major Kazuhita Toda, o mar-e-guerra Mauricio Bravo, o general Carlos Duarte Pontual de Lemos e o brigadeiro César Farias Guimarães (Foto: Fernando Machado)

E conclui: “Terei em mente os feitos dos Imperadores no passado, e irei me esforçar para me aperfeiçoar. Juro cumprir meus deveres, como símbolo do Estado e da unidade do povo, em conformidade com a Constituição, sempre pensando sobre a população e a apoiando. Eu desejo sinceramente a felicidade do povo, o crescente desenvolvimento da nação, e a paz em todo o mundo”.

O cônsul de Portugal Marco Ferreira de Melo, a jornalista Jô Mazzarolo e colunista social João Alberto (Foto: Fernando Machado)

Na sequencia foi servido um jantar tipicamente japonês, assinado pelo chef japonês Maruyama, que contou de sushi-niguiri (salmão / atum / carpacho de camorim / tamagoyaki (ovo frito) / ovo de peixe voador), gunkan de salada, futomaki de atum e de abacate com cobertura de gengelim, hosomaki de pepino; tempra de camarão, yakisoba de frutos do mar, berinjela cozido com espinafre, tofu frito e nozes Salada.

A superintendente da Infraero Elenilda Cunha e a cônsul da Venezuela Sonia Rossel (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa foi servida torta de chocolate e chocolate branco com cobertura de matcha, bolo de goiaba com cobertura de creme de baunilha, pudim, frutas variadas (melancia/melão/ uva/ abacaxi). Tudo isso regado sake de Koimari, cachaça de ameixa e chá verde. Sem dúvida uma noite histórica para o mundo que marca a nova era Reiwa. A diva da imprensa Jô Mazzarolo esteve recentemente no Japão e voltou encantada com tudo que viu.

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.