Fernando Machado

Blog

A Marcha da Família

Uma avenida remetendo a brasilidade (Foto: Divulgação)

A Avenida Boa Viagem virou, ontem, um mar de gente, de verde e de amarelo, fazendo um contraponto com o verde do mar. Foi sem dúvida uma tarde consagradora para os coordenadores do Vem Prá Rua e do Movimento Brasil Livre. A Marcha #PTNão, remeteu ao amor pelo país, que está sem rumo e sem respeito à família. Tivemos um momento de prece, com a citação do Padre Nosso. A estimação dos lideres da marcha era que cerca de 150 mil manifestantes, entre crianças, adolescentes, mulheres e homens, prestigiaram o ato cívico.

Essa tribo acredita num novo Brasil (Foto: Divulgação)

No final às 17h, no II Jardim, foi cantando o Hino Nacional que os petistas odeiam, por coral de 100 mil vozes, pois muitos tinham deixado o local. A manifestação deu uma demonstração clara de apoio ao Bolsonaro e de amor ao Brasil. Sem qualquer incidente, com muita paz e alegria. Três trios elétricos fizeram a animação. Edu Cabral em cima do primeiro trio puxava palavras de ordem como Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha, Eu Vim de Graça, etc. O Capitão impossibilitado de sair de casa por conta uma facada dada por mineiro, recebeu imagens ao vivo da ação e se emocionou. E mandou uma mensagem do Rio de Janeiro.

Uma visão da Marcha pelo Brasil Livre (Foto: Divulgação)

Entre outras coisas frisou, Bolsonaro: “Só estou nessa porque acredito em vocês e vocês acima de tudo acreditam no nosso Brasil. Um só povo, uma só raça e é, muito importante, uma só bandeira verde e amarela. Amigos do Nordeste, juntos colocaremos o Brasil no seu devido lugar. Sem distinção, sem preconceitos, sem divisões entre nós. Acredito no povo brasileiro e acredito em Deus acima de tudo. O Nordeste, Pernambuco, Recife, um grande abraço e, juntos, se Deus quiser, seremos vitoriosos no próximo domingo e começaremos a escrever uma nova história em nosso querido Brasil”.

Essa visão é do Segundo Jardim (Foto: Divulgação)

1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.