Fernando Machado

Blog

Deus, Pátria e Família  

O Brasil está vivendo um momento muito grave e de falta de respeito para com a família e as Igrejas. Os repórteres que cobriram a Marcha da Família com Bolsonaro, domingo, não ouviram o Pai Nosso ser rezado 15 vezes e a execução do Hino Nacional 20 vezes. Porém, um funk, de um carro que não fazia parte do projeto, tocou uma única vez e foi motivo de repudio da mídia e até a OAB.

Uma semana antes na Parada Gay realizada no mesmo local, o que mais se ouvia era a tribo funk cantando músicas de baixo escalão, deixando os moradores da Avenida Boa Viagem, arretados. Pois bem, a mídia e a OAB deve ter achado tudo aquilo normal. A imprensa não poupou elogios aos palavrões da “turma alegre”, incluindo sons que ridicularizavam Bolsonaro.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.