Fernando Machado

Blog

Christiane Martel: Miss Universo de 1953

Há 65 anos, acontecia no Long Beach Municipal Auditorium, na Califórnia, a eleição da Miss Universo 1953, com a participação de 26 candidatas e estados norte-americanos em uma edição realizada conjuntamente com o Miss USA 1953. No final do evento, a atriz Julie Adams coroou a Christiane Martel, da França, como Miss Universo de 1953. A Miss Universo de 1952, Armi Kuusela, da Finlândia, renunciou ao titulo para se casar.  Depois do desfile de maiô Catalina e traje de gala, o host foi Bob Russell, apresentou o Top 16.

O top 5 ficou assim em 5º lugar ficou Maxime Morgan da Australia, em 4º lugar Ana Bertha Lepe Jimenez do México, em 3º lugar Kinuko Ito  do Japão, em 2º lugar Myrna Rae Hansen dos Estados Unidos e em primeiro conforma já escrevemos foi a Miss França, Christiane Martel. O Brasil não teve representantes este ano. A partir de 1954 ele aterrisa em Long Beach com notável Martha Rocha.

Christiane Martel sendo coroada por Julie Adams (Foto: O Cruzeiro)

Ingrid Rita Mills (Africa do Sul), Christel Schaack (Alemanha), Lore Felger (Austria), Maxime Morgan (Australia), Thelma Elizabeth Brewis (Canadá), Jytte Olsen (Dinamarca), Myrna Rae Hansen (Estados Unidos), Christiane Martel (França), Rita Stazzi (Itália), Kinuko Ito (Japão), Ana Bertha Lepe Jimenez (Mexico), Synnoeve Gulbrandsen (Noruega), Emita Arosemena Zubieta (Panamá), Mary Ann Sarmiento (Peru), Ayten Akyol (Turquia), Ada Alicia Ibánez Amengual (Uruguai).

Rita Stazzi, Christel Schaack, Christiane Martel, Doretta Xirou e Danielle Oudnet (Foto: O Cruzeiro)

Participaram do concurso: Ingrid Rita Mills (Africa do Sul), Muriel Hagberg (Alasca), Christel Schaack (Alemanha), Maxime Morgan (Australia), Lore Felger (Austria), Elayne Cortois (Belgica), Thelma Elizabeth Brewis (Canadá), Jytte Olsen (Dinamarca), Myrna Rae Hansen (Estados Unidos), Teija Anneli Sopanen (Finlandia), Christiane Martel (França), Doretta Xirou (Grécia).

As misses de trajes típicos no Aeroporto de Los Angeles (Foto: Internet)

Ainda Aillen Lauwae Stone (Havaí), Rita Stazzi (Itália), Kinuko Ito (Japão), Ana Bertha Lepe Jimenez (México), Synnoeve Gulbrandsen (Noruega), Emita Arosemena Zubieta (Panamá), Mary Ann Sarmiento (Peru), Wanda Irizarry (Porto Rico), Ulla Sandkler (Suecia), Danielle Oudnet (Suiça), Ayten Akyol (Turquia), Ada Alicia Ibánez Amengual (Uruguai) e Gisela Bolaños Scarton (Venezuela).

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.