Fernando Machado

Blog

A Seresta Junina de Misa e Cira

A tradicional Seresta de São João que Misa Lilioso ao lado da irmã, Waldecira Lucena, movimenta todos os anos na sua casa da Encruzilhada, aconteceu sábado, com muita animação. Participaram do arraial junino Padre Paulo Queiroz, o seminarista Wesly de Souza, Socorro e Nei Pinto, Maria José Queiroz, Rachel Suassuna, Walmira Carvalho, Emilia França, Fatima Souza, Emerson Jorge da Silva, Fábio Leonardo de Lima e Paulo Melo. A fogueira foi armada nos arredores da Praça Dom Miguel Valverde.

Emerson Jorge da Silva, Wesly de Souza, Misa Lilioso e Padre Fábio Queiroz (Foto: Fernando Machado)

Os jardins da casa estavam decorados com balões, bandeirolas, e sobre uma mesinha imagens de Santo Antônio, São João São Pedro. Na primeira parte, pois a festa foi dividida em dois momentos. No primeiro apenas degustação das comidas da época, bolo pé-de-moleque, pamonha, canjica, milhos verde (cozido e assado), bolo de macaxeira, além de salsicha de frango e carneiro assadas tendo uma farofa dos deuses como acompanhamento. Este ano São Pedro estava assim, como Misa, pois não choveu.

Emilia França, Fábio Leonardo de Lima e Rachel Suassuna (Foto: Fernando Machado)

Rachel Suassuna trouxe cachorro quente que não deu para quem quis. Depois das 22 horas, começou a segunda parte, com a chegada do padre Fabio Queiroz, e do seminarista Wesly de Souza. Os dois tem vocês maravilhosas. Foi ai que a seresta começou de fato. Teve Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Elba Ramalho, entre outros.

Paulo Melo, Valdecira Lucena e Misa Lilioso (Foto: Fernando Machado)

No set list “Fumo de rolo, arreio de cangalha / Eu tenho pra vender, quem quer comprar / Bolo de milho, broa e cocada / Eu tenho pra vender, quem quer comprar / Pé de moleque, alecrim, canela / Moleque sai daqui me deixa trabalhar / E Zé saiu correndo pra feira de pássaros / E foi passo-voando pra todo lugar / Tinha uma vendinha no canto da rua / Onde o mangaieiro ia se animar / Tomar uma bicada com nambu assada / E olhar pra Maria do Juá”.

Misa Lilioso, Nei e Socorro Pinto (Foto: Fernando Machado)

Não esquecer “Riacho do Navio / Corre pro Pajeú / O rio Pajeú vai despejar / No São Francisco / O rio São Francisco / Vai bater no mei do mar / O rio São Francisco / Vai bater no mei do mar / Riacho do Navio / Corre pro Pajeú / O rio Pajeú vai despejar / No São Francisco / O rio São Francisco / Vai bater no mei do mar / O rio São Francisco / Vai bater no mei do mar / Ah! se eu fosse um peixe / Ao contrário do rio / Nadava contra as águas / E nesse desafio / Saía lá do mar pro / Riacho do Navio / Eu ia direitinho pro / Riacho do Navio”.

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.