Fernando Machado

Blog

Nos tempos das Passarelas

Há 63 anos, acontecia no Hotel Quitandinha em Petrópolis, no Rio de Janeiro, a segunda edição do concurso de Miss Brasil, sob o patrocínio dos Diários Associados. A vencedora foi Maria Emilia Correa Lima, do Ceará, que foi coroada pela Miss Brasil de 1954, a baiana Martha Rocha. Em segundo lugar ficaram empatadas  Annete Stone do Amazonas, Ingrid Schmidt do Estado Rio e Ethel Chiaroni de São Paulo e no terceiro lugar ficou Maria Gilda de Medeiros do Pará. Pernambuco foi representado por Alba Souza Leão Carneiro.

Maria Emilia, Annete Stone, Maria Emilia, Ethel Chiaroni, Ingrid Schmidt e Gilda Mederios (Foto: O Cruzeiro)

Ana Cristina sendo coroada pela Miss U-65, Aspa Hongsakula e pela Miss B-65 Maria Raquel (Foto: Manchete e O Cruzeiro)

Há 52 anos, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, Ana Cristina Ridizi (1947/2015), representante do Estado da Guanabara, foi eleita Miss Brasil de 1966 e foi coroada por Maria Raquel de Andrade, Miss Brasil de 1965. O Top 8 foi formado por Francy Carneiro Nogueira (Ceará), Ana Cristina Ridzi (Guanabara), Marluce Manvailler (Mato Groso), Virginia Barbosa (Minas Gerais), Clara Cunha (Rio Grande do Sul), Ana Maria Façanha Gaspar (Rondônia), Glaucia Zimermann (Santa Catarina) e Tania Maria Zattar (São Paulo). O resultado final: 4º lugar Virginia Barbosa de Souza, em 3º lugar Francy Carneiro Nogueira, em 2º lugar Marluce Manvailler Rocha. Miss Pernambuco foi Raiolanda Castelo Branco.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.