Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Tu és, divina e graciosa estátua majestosa do amor, / por Deus esculturada e formada com o ardor, / da alma da mais linda flor”. Pixinguinha (1897/1973)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.