Fernando Machado

Blog

Tereza by Bruno e Montez by Olivia

Hoje, às 19h, no Museu do Estado pela Coleção Memória, da Cepe, teremos o lançamento dos livros Tereza Costa Rêgo: Uma Mulher em Três Tempos segundo o jornalista Bruno Albertim e Montez Magno: Poeta, Artista, Camaleão, escrito pela jornalista Olívia Mindêlo. Sobre Tereza Costa Rego me lembro da sua fase de socialite, quando era casada com o Procurador do Trabalho, José Gondim, de quem teve duas filhas Tereza e Laura.

Minha amiga Tereza Costa Rego (Foto: Reprodução)

Figurou vários anos nas listas de elegantes dos cronistas sociais Altamiro Cunha e Alex (Jornal do Commercio). Depois virou ativista para seguir Diogenes Arruda Sampaio, esta página eu deixo para Bruno e agora a artista plástica, residindo num sobrado centenário em Olinda. Só mais tarde, já confortavelmente aboletada em seu sobrado em Olinda, “onde vive até hoje, tem sido Tereza, a artista do vermelho, dos gatos e dos corpos femininos”. A obra tem a apresentação do também artista plástico José Claudio.

Montez Magno ainda jovem (Foto: Reprodução)

De Montez Magno conheço apenas seu excelente trabalho com suas pinceladas abstracionistas e suas poesias. Do alto dos seus 83 anos artista plástico “é um defensor da liberdade de experimentação, sempre avesso a movimentos e grupos, mas nunca indiferente a tudo o que o cerca. Acabou por se tornar um colecionador, um acumulador de objetos, livros, papéis… Tudo o que esse poeta-pintor viu e leu já virou arte ou poesia”. A jornalista Olivia Mindêlo passeia pela sua vida e não se esqueceu da sua juventude boemia e brigão.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.