Fernando Machado

Blog

Parabéns, Elisa Castro!

Monica Rios Rodrigues, Elisa Castro e Avelina Ferraz (Foto: Fernando Machado)

As amigas da senhora Elisa Castro by Andrea Lins, da Maison Santinna, movimentaram almoço, de adesão, ontem, no The Black Angus, em Boa Viagem, para comemorar seu aniversário. O encontro teve como tema Os Anos 60. O DJ Thiago Carvalho, arrasou nas picapes apresentando um set list dos anos do twist, rock, etc. Ouvimos Gal Costa, Nelson Gonçalves, Golden Boys, Roberto Carlos.

Alizete Maynard, Cristina Vita e Lucia Cunha (Foto: Fernando Machado)

A decoração estava simples mais bonita. Sobre a imensa mesa vários jarros de flores do campo. E como contraponto discos de vinil de Roberto Carlos, Ney Matogrosso, Luiz Ayrão, Francisco Petronio, Cartola. Às 16 horas um coral de 30 vozes cantou os tradicionais parabéns para você e depois Elisa cortou o bolo grifado por Mariana Vita.

Ana Carazzai, Lourdes Barreto e Márcia Carneiro (Foto: Fernando Machado)

Quando Gal Costa cantou Chuva de Prata, criou-se um alvoroço. Todas cantaram “Se tem luar no céu / Retira o véu e faz chover / Sobre o nosso amor / Chuva de prata / Que cai sem parar / Quase me mata / De tanto esperar / Um beijo molhado de luz / Sela o nosso amor / Basta um pouquinho / De mel prá adoçar / Deixa cair / O seu véu sobre nós / Oh Lua! / Bonita no céu / Molha o nosso amor”.

Eliane Pompeu, Germana Monteiro de Carvalho e Lidia Lopes (Foto: Fernando Machado)

E depois o DJ atacou com “De que vale o céu azul e o sol sempre a brilhar / Se você não vem e eu estou a lhe esperar / Só tenho você, no meu pensamento / E a sua ausência, é todo meu tormento / Quero que você, me aqueça neste inverno / E que tudo mais vá pro inferno / De que vale a minha boa vida de playboy / Se entro no meu carro e a solidão me dói / Onde quer que eu ande, / tudo é tão triste / Não me interessa, o que de mais existe / Quero que você, me aqueça neste inverno / E que tudo mais vá pro inferno”.

Tania Spinelli, Fátima Peixoto e Djamari Pedrosa (Foto: Fernando Machado)

Quando sai de lá estava o fundo musical era com Noel Rosa: “Quando eu morrer, não quero choro nem vela / Quero uma fita amarela gravada com o nome dela / Se existe alma, se há outra encarnação / Eu queria que a mulata sapateasse no meu caixão / Não quero flores / nem coroa com espinho / Só quero choro de flauta, violão e cavaquinho / Estou contente, consolado por saber / Que as morenas tão formosas a terra um dia vai comer. / Não tenho herdeiros, não possuo um só vintém / Eu vivi devendo a todos mas não paguei a ninguém”.

Elisa de Castro (Foto: Fernando Machado)

1
2 Discussions on
“Parabéns, Elisa Castro!”
  • Querido amigo Fernando Machado, fiquei muito feliz com a sua presença na comemoração do meu aniversario. Agradeço imensamente essa sua reportagem divulgada hoje em seu Blog que é de grande repercussão para toda a nossa sociedade . Obrigada Estrela pelo seu carinho e amizade!

  • Fernando ficaram lindas as fotos, você como sempre, excelente profissional o qual temos orgulho de seu profissionalismo, sua atenção para com nossa sociedade, beijo amigo, obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.